O CARNAVAL DE GUAMARÉ FOI MARCADO PELA PRESENÇA DE VÁRIOS RITMOS




Não foi só a Bahia que teve vez no carnaval de Guamaré. Ritmos nordestinos além Salvador tomaram conta da capital energética do estado. A banda Grafith sacudiu a galera grafiteira por aqui, o frevo foi tocado em trios e no palco da praia de Aratuá. Tudo previsto, a intenção foi agradar a todos, independente da idade ou preferência musical, ritmos de todos os gostos passaram por Guamaré.

“O prefeito Mozaniel de Melo pediu um carnaval eclético, que agradasse todas as tribos, com música pra todos os gostos, foi o que tentamos fazer”, esclarece o secretário de turismo Vladimir Câmara, que só foi descansar no final do último trio na quarta feira de cinzas.

No total a festa contou com 19 bandas, as principais atrações foram Netinho, Chikerê, Banda Bandana, Mina, Arreio de Ouro, Serginho, Grafith e Cavaleiros Elétrico. Sem falar no ritmo contagiante de Lane Cardoso que arrastou uma multidão no corredor do “mela”e também as bandas da região que foram prestigiadas. “ Eu nunca pensei disso acontecer, eu dancei até rock no carnaval de Guamaré e também beijei muito”, afirma já com saudades a natalense estudante de direito Paula nascimento.

PCdoB convida Carlos Eduardo a ingressar na legenda

O ex-prefeito de Natal, Carlos Eduardo Alves (PSB), presente à reunião do Comitê Estadual do PCdoB-RN, foi saudado pelo presidente, Antenor Roberto, que ressaltou o caráter democrático do PCdoB, “um partido sem grupos, mas que constrói sua história com o esforço coletivo e, por isso, teria grande honra de contar com a participação do ex-prefeito”.

“Sem criar constrangimento para o PSB, que respeitamos muito, quero dizer aqui, publicamente, no calor da reunião, que Carlos Eduardo seria muito bem-vindo ao nosso partido”, garantiu Antenor Roberto.

O ex-prefeito, após cumprimentar os presentes, fez um pequeno histórico da organização partidária no Brasil, dizendo que “o PCdoB, desde sua fundação, em 1922, sempre adotou a mesma linha política, evidentemente se atualizando com o natural avanço da sociedade. É um partido que não foi inventado, mas que tem história, deu ao Brasil sua participação consciente, democrática, progressista”, afirmou.

Carlos Eduardo também falou da falta de cultura partidária no país e lamentou a falta de identificação dos eleitores com os partidos e seus programas, afirmando que o país precisa de instituições fortes, com raízes na sociedade, tradição que o Brasil ainda não tem. “Por isso, venho com vocês fazer uma reflexão, o PCdoB inspira isso, em toda a sua história, porque abraça um ideal, abraça idéias.”

A experiência de seis anos administrando Natal também foi abordada pelo ex-prefeito, que lembrou ter tido como auxiliares membros do PCdoB em “pastas vitais para a administração”, como Justina Iva, que foi secretária de Educação e Urbano (?), diretor da Agências de Águas de Natal.

Por fim, Carlos Eduardo afirmou que é uma “delicadeza” o convite para ingressar no PCdoB. “Antenor, ouvir vocês dizerem que poderiam discutir nossa presença no seu partido, isso para mim é uma honra”, garantiu, e finalizou: “É hora de debater, sempre é hora de discutir o futuro, as alianças, analisar os perfis daqueles que se propõem aos cargos de liderança, mas vamos fazer a política com P maiúsculo, levantando as questões do município, do Estado, do Brasil, com posicionamento claro e não com politicagem. E é isso que vejo no PCdoB.”

PATU: AMANHÃ SERÁ O TIRA TEIMA- EVILÁSIA( PSB) OU XANXAN( PMDB)

ONTEM 28/02- FOI O COMÍCIO DE EVILÁSIA ( PSB)
DIA 27/02 FOI REALIZADO O COMÍCIO DE XANXAN(PMDB)
Domingo Patu ficará sabendo quem será seu novo prefeito pelos próximos quatro anos.
Foto: Marlio Forte


Governador em exercício garante ampliação da assistência técnica e extensão rural do RN

O governador em exercício, Iberê Ferreira de Souza, se reuniu na manhã desta sexta-feira (27) com o secretário nacional da Agricultura Familiar, Adoniram Peraci, e garantiu a ampliação da assistência técnica e extensão rural do Estado.Uma parceria entre o governo do RN e o Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) destinará recursos da ordem de R$ 13 milhões para universalizar o atendimento às 50 mil famílias potiguares beneficiadas pelo programa Território da Cidadania.
A Secretaria da Agricultura, da Pecuária e da Pesca, através da Emater, irá agregar aos quadros mais 235 extensionistas rurais para levar assistência técnica a todos os agricultores familiares pertencentes aos Territórios da Cidadania de Assu-Mossoró, Mato Grande e Sertão do Apodi. Atualmente, o Governo do Estado disponibiliza assistência técnica para mais de 23 mil famílias nestas localidades.
Os recursos serão aplicados ainda na aquisição de computadores, carros e na capacitação dos técnicos.Estavam presentes ainda na reunião, o secretário estadual da Agricultura, Francisco das Chagas; o secretário de Administração, Paulo César Medeiros; o diretor da Emater, Luís Cláudio Macêdo; o diretor da Emparn, Henrique Santana; e o delegado do Ministério da Agricultura, Hugo Manso.

TRE julga recurso eleitoral proveniente de Fernando Pedrosa

Ainda na tarde de ontem (26) o TRE julgou à unanimidade e em consonância com o parecer do Ministério Público o recurso nº 8378/2008, proveniente de Fernando Pedrosa, interposto pela “Coligação Unidade Democrática Social”, que pedia a reforma da decisão de primeira instância que negou a ação pedindo a condenação de Gondenário de Paula Miranda por condutas vedadas (art. 73, inciso V, c, da Lei nº 9.504/97).
O relator do processo, juiz Fábio Hollanda (foto), votou pelo conhecimento e improvimento do recurso, alegando que não houve publicidade institucional extemporânea, como alegada na representação inicial pela coligação Unidade Democrática e Social. O juiz também julgou improcedente a alegação dos recorrentes que a decisão de primeiro grau merecia reforma por ausência de amparo jurídico. Os demais membros da Corte acompanharam o voto do relator.

PATU: TSE REJEITA RECURSO DO PMDB CONTRA A DECISÃO DA CORTE ELEITORAL POTIGUAR E A ELEIÇÃO SUPLEMENTAR ESTA MANTIDA PARA 1° DE MARÇO

O ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) Arnaldo Versiani manteve a data da eleição suplementar em Patu (RN), marcada para este domingo (1º de março). O ministro negou mandado de segurança proposto pelo Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB) que pretendia suspender a eleição para a escolha do novo prefeito da cidade.

Com 7.851 eleitores, Patu (RN) volta às urnas neste domingo, porque o candidato mais votado para prefeito teve seu registro de candidatura indeferido após a eleição de outubro, já que suas prestações de contas de verbas federais foram reprovadas pelo Tribunal de Contas da União (TCU).

O PMDB, a coligação União e Trabalho e o seu candidato, Alexandrino Suassuna Barreto Filho, pediam ao TSE a concessão de liminar para modificar o julgamento do Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte (TRE-RN) que manteve as eleições para o dia 1º.

Em sua decisão, a Corte Regional afirmou que não há razões suficientes que justifiquem o adiamento da eleição, já que a Justiça Eleitoral e as polícias militar, civil e federal já estão atuando na cidade para garantir a segurança pública.

Os autores do mandado de segurança alegaram que o adiamento era necessário por causa do clima de instabilidade social vivido na cidade por conta da “conturbada eleição” para a mesa diretora da Câmara de Vereadores.

O ministro Arnaldo Versiani afirma, em sua decisão, que, se o próprio Tribunal Regional, que está mais próximo da realidade vivenciada no município, considerou não haver motivos para o adiamento da eleição, inclusive por causa da mobilização de forças de segurança pública para garantir a tranqüilidade do pleito, não há como, por meio da via excepcional do mandado de segurança, acolher esse pedido.

Acrescenta ainda o ministro que a liminar concedida pela juíza da Comarca de Patu, que determinou a realização da eleição para presidente da Câmara Municipal, foi suspensa pelo Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte, "razão pela qual não se poderia, com base nesse argumento, sustentar a instabilidade para a realização do pleito na localidade".

Veja a decisão na íntegra:

O Diretório Municipal do Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB) de Patu/RN, a Coligação União e Trabalho e o candidato a Prefeito Alexandrino Suassuna Barreto Filho impetram mandado de segurança, com pedido de liminar, contra decisão do egrégio Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte que, em sede de agravo regimental no Processo Administrativo nº 148/2009, denegou pedido de adiamento das novas eleições marcadas para 1º.3.2009 no Município de Patu/RN.

Alegam que os fundamentos que motivaram o mencionado pedido de adiamento foram principalmente o estado de instabilidade social instalado na cidade após a conturbada eleição para a Mesa Diretora da Câmara Municipal de Patu/RN.

Argumentam que, "a despeito de tais fatos, o TRE/RN compreendeu não haver motivos suficientes para, nesse momento, realizar o adiamento da eleição suplementar em referência, amparado na justificativa de que a Justiça Eleitoral e as instituições de segurança pública, tais como as polícias militar, civil e federal já estão atuando na cidade" (fl. 3).

Sustentam que, apesar dessas informações, há um clima de insegurança e intranquilidade política e social na localidade, mais precisamente em relação às pessoas envolvidas no processo eleitoral, acometidas com intimidações e ameaças.

Narram diversos fatos de modo a comprovar a instabilidade existente no município.

Por intermédio do Protocolo nº 3.806/2009, Evilásia Gildênia de Oliveira e a Coligação Justiça e Paz, que concorrem na eleição suplementar de Patu/RN, manifestaram-se sobre o pedido formulado no mandamus.

Em síntese, alegam que "(...) os argumentos que fundamentam o presente mandado de segurança não tem sustentação no plano fático, e mais que isso, não se prestam ao manejo da ação de mandado de segurança, porque não foram comprovados com a inicial e demanda realização de instrução probatória, o que não cabe na espécie processual eleita".

Decido.

Inicialmente, observo que o mandado de segurança ataca decisão do TRE/RN que, em sede de agravo regimental no Processo Administrativo nº 148/2009, teria indeferido o pedido de adiamento das eleições municipais em Patu/RN previstas para 1º.3.2009.

Compulsando os autos, verifico que neles não há cópia do referido acórdão regional, mas tão-somente da decisão do ilustre Presidente da Corte de origem, que entendeu haver perda de objeto do requerimento, porquanto "(...) não mais persiste a decisão liminar proferida pela Juíza da Comarca de Patu/RN, ensejadora da formulação do presente pedido" (fl. 295).

Consta que a liminar concedida pela referida magistrada - determinando a realização de eleição para Presidente da Câmara de Vereadores - foi suspensa pelo TJ/RN, razão pela qual não se poderia, com base nesse argumento, sustentar a instabilidade para a realização do pleito na localidade.

A despeito da ausência de cópia do acórdão regional, os próprios impetrantes afirmam que "(...) o TRE/RN compreendeu não haver motivos suficientes para, nesse momento, realizar o adiamento da eleição suplementar em referência, amparado na justificativa de que a Justiça Eleitoral e as instituições de segurança pública, tais como as polícias militar, civil e federal já estão atuando na cidade" (fl. 3).

Se a Corte de origem - mais próxima da realidade vivenciada no município e ciente das circunstâncias averiguadas no caso concreto - entendeu não haver razões para o adiamento da eleição, até porque já estariam sendo mobilizadas as forças de segurança pública necessárias à tranquilidade do pleito, tenho que não há como, por meio da via excepcional do presente mandamus, acolher a pretensão deduzida pelos impetrantes.

Por isso, nego seguimento ao mandado de segurança, com base no art. 36, § 6º, do Regimento Interno do Tribunal Superior Eleitoral.

Proceda-se a juntada do Protocolo nº 3.806/2009.

Publique-se.

Intimem-se.

Brasília, 26 de fevereiro de 2009.

Ministro Arnaldo Versiani

Relator
Fonte: TSE

Carnaval de Apodi supera sucesso das edições anteriores



Mais uma vez o carnaval de Apodi superou as expectativas dos organizadores e foi marcado pela alegria e a paz que garantiu a maior festa para os milhares de foliões que participavam durante as tardes dos arrastões puxados pelo Trio Elétrico e as noites pulavam no corredor da folia e nos camarotes ao som de varias bandas que se apresentavam.

A festa que foi totalmente organizada e patrocinada pela Prefeitura Municipal de Apodi e foi considerado como um dos melhores e maiores carnavais do Médio e Alto Oeste Potiguar. A folia em Apodi ficou sob das Bandas Pimenta Nativa, Bafafá, Felipão Elétrico, Bakulejo, Dona Doida, Inala, Timbale Elétrico, Swing Arretado, Na Pisado Elétrico e Danilo Nikson, com arrastões todas as tardes e a noite festa no famoso corredor da folia.

Em Apodi a folia foi marcada pela paz e por muita chuva. A festa de momo começou logo na sexta-feira quando a prefeita Gorete da Silveira Pinto (PMDB) fez a entrega da chave da cidade ao Rei Momo Jorge Henrique e a Rainha Adriana Carla no corredor da folia.



O carnaval de Apodi realizado na rua ao “ar livre” garantindo assim espaço igual para todos as camadas sociais que desejem participar da folia. “A nossa preocupação e o nosso desejo foi sempre o de oferecer um melhor conforto para os foliões seja ele de Apodi ou visitante”, comentou entusiasmada a prefeita Gorete Pinto.

Todos os dias a festa tinha inicio nas primeiras horas das tardes e as programações seguiam até o dia amanhecer. Toda programação foi transmitida ao vivo pela Radio AM Vale do Apodi que atingi mais de 100 municípios das regiões Oeste Potiguar, Vale do Jaguaribe no Ceara e Alto Sertão Paraibano.

A estrutura da festa era composta Corredor de Folia, 50 camarotes com capacidade para acomodar cerca de 30 pessoas cada um, amplo estacionamento com a presença de seguranças particular, praça de alimentação e bares e banheiros químicos em pontos estratégicos para garantir a presença do folião dentro do corredor da folia.




Tranqüilidade marca o encerramento do carnaval de Apodi


Como sempre. O carnaval de Apodi foi marcador pela tranqüilidade dos foliões que fizeram do Corredor da Folia um local de harmonia e paz e muita folia atem o dia amanhecer.

Apesar da Prefeitura Municipal de Apodi ter montado um esquema de segurança juntamente com o comando da 3ª Companhia de Policia Militar comandada pelo tenente Aderlan Bezerra Araújo e a Policia Civil que tem como delegado o bacharel Célio Fonseca a festa foi marcadas pela tranqüilidade sendo registradas pequenas prisões por embriagues.

Além da participação das Policias Militar e Civil a segurança ainda contou com a participação de cerca de 100 seguranças particulares que ficaram responsáveis pelos estacionamentos, desvios de trânsitos e pela segurança dos próprios foliões no corredor da folia.

CHUVAS EM NATAL: MORADOR DE CAPIM MACIO DESABAFA SOBRE A SITUAÇÃO DAS CHUVAS NO BAIRRO




Leitor do blog manda e-mail para relatar situação do bairro de Capim Macio após as chuvas que caíram na capital, veja o e-mail na íntegra:

Caros Amigos jornalistas,
Escrevo na segunda-feira de carnaval ilhado em minha casa,
cujos muros transformei em represa. Estou literalmente como
na marchinha: "Daqui não saio, daqui ninguém me tira." Assim,
improviso também outra marchinha: "Ô abre águas, que eu quero passar."
Mas, enquanto as águas não se abrem, a situação é essa: garagens alagadas,
casas prestes a ser invadidas pela água e gente preocupada.
É isso: a Rua Industrial João Motta, Capim Macio, onde moro, com as últimas
chuvas assumiu aspecto de dilúvio. Por instantes tive a impressão
de ver a arca de Noé. Não era: era um carro quase tragado
pelo dilúvio urbano.
Na Prefeitura, já falei com deus-e-o-mundo, mas ninguém atendeu
ao meu alerta. Dias antes do aguaceiro entrei em contato com
a administração municipal, pedindo que uma máquina fizesse
retirada da areia do leito da rua. Adverti que, sem isso, haveria
perigo de casas serem alagadas. A Prefeitura não deu atenção.
O IPTU, aqui, é de mais de mil reais. A Prefeitura não me deu atenção.
Alagamento é assunto para a Semov, a Semov é da Prefeitura.
Só que há um problema: a Semov não se move...
Carros que tentam superar o açude enguiçam, gente entra em
desespero, pessoas ficam no prejuízo. O meu carro está
há três dias ao relento. Tive que tirá-lo da garagem
para dar espaço à água.
Agora, só me resta pedir apoio aos amigos da imprensa. Espero
com isso sensibilizar alguém da Prefeitura. Espero sensibilizar Micarla.
Mas, se nem ela me der atenção, voltarei meus pedidos para o
Cacique Cobra Coral, entidade espiritual que cuida dos ventos e
das tempestades. Tem até uma Fundação, a Fundação
Cacique Cobra Coral, que trata desses assuntos: mandar chuva a quem precisa
e tirá-la de quem esteja em meio às ondas.
Quem sabe, dele tenha alguma ajuda.

Um grande abraço,
Emanoel Barreto
PS: Aos ambientalistas fundamentalistas: como
fica o bicho-homem? Gente também é parte da natureza.

Nota do Blog:
Com a Palavra a Prefeitura Municipal de Natal.

Jardim do Seridó:Durante as comemorações dos 150 Anos da Câmara Municipal será realizado o Programa Cozinha Brasil




Leitor do blog manda e-mail para relatar situação do bairro de Capim Macio após as chuvas que caíram na capital, veja o e-mail na íntegra:

Caros Amigos jornalistas,
Escrevo na segunda-feira de carnaval ilhado em minha casa,
cujos muros transformei em represa. Estou literalmente como
na marchinha: "Daqui não saio, daqui ninguém me tira." Assim,
improviso também outra marchinha: "Ô abre águas, que eu quero passar."
Mas, enquanto as águas não se abrem, a situação é essa: garagens alagadas,
casas prestes a ser invadidas pela água e gente preocupada.
É isso: a Rua Industrial João Motta, Capim Macio, onde moro, com as últimas
chuvas assumiu aspecto de dilúvio. Por instantes tive a impressão
de ver a arca de Noé. Não era: era um carro quase tragado
pelo dilúvio urbano.
Na Prefeitura, já falei com deus-e-o-mundo, mas ninguém atendeu
ao meu alerta. Dias antes do aguaceiro entrei em contato com
a administração municipal, pedindo que uma máquina fizesse
retirada da areia do leito da rua. Adverti que, sem isso, haveria
perigo de casas serem alagadas. A Prefeitura não deu atenção.
O IPTU, aqui, é de mais de mil reais. A Prefeitura não me deu atenção.
Alagamento é assunto para a Semov, a Semov é da Prefeitura.
Só que há um problema: a Semov não se move...
Carros que tentam superar o açude enguiçam, gente entra em
desespero, pessoas ficam no prejuízo. O meu carro está
há três dias ao relento. Tive que tirá-lo da garagem
para dar espaço à água.
Agora, só me resta pedir apoio aos amigos da imprensa. Espero
com isso sensibilizar alguém da Prefeitura. Espero sensibilizar Micarla.
Mas, se nem ela me der atenção, voltarei meus pedidos para o
Cacique Cobra Coral, entidade espiritual que cuida dos ventos e
das tempestades. Tem até uma Fundação, a Fundação
Cacique Cobra Coral, que trata desses assuntos: mandar chuva a quem precisa
e tirá-la de quem esteja em meio às ondas.
Quem sabe, dele tenha alguma ajuda.

Um grande abraço,
Emanoel Barreto
PS: Aos ambientalistas fundamentalistas: como
fica o bicho-homem? Gente também é parte da natureza.

Nota do Blog:
Com a Palavra a Prefeitura Municipal de Natal.

Foliões do bloco Os Cão invadem o mangue na Redinha

Os foliões já começam a invadir o mangue do Rio Potengi no tradicional bloco Os Cão que promete mais uma vez agitar as ruas da praia da Redinha. O mela mela teve início às 9 horas, quando as primeiras pessoas chegaram ao já conhecido ponto de concentração para sujar o corpo de lama.

Há 17 anos marcando presença no bloco, Arlene Cdaô, foi uma das primeiras a chegar no ponto de concentração. Esbanjando disposição quando o assunto é melar o corpo de lama, ela contou como teve início a sua paixão pelos "Cão". "Uma amiga me convidou e desde esse dia todo ano eu saio no bloco. Não perco de jeito nenhum".

Animados pelo grupo Pau e Lata e por uma banda de metais, Os Cão se preparam agora para partir em direção à Rua do Cruzeiro, de onde voltam para a chamada 2ª melada. Depois o bloco parte para a praia de Santa Rita, onde a folia deve continuar.
Texto: TN

CARNAVAL 2009: CAICÓ É O DESTINO ESCOLHIDO POR MUITOS







Caicó está em festa. A cidade foi o destino escolhido por muitos foliões para passar o carnaval. Com isso, a cidade bateu recor de público em 2009.

Carnaval de Caicó tornou-se refúgio de políticos do RN

Durante os sete dias de folia o Carnaval de Caicó, além de atrair milhares de foliões de todas as partes do mundo, vem se tornando o refúgio de muitos políticos do Rio Grande do Norte. Pelo menos três pré-candidatos ao Governo do Estado desfilaram por Caicó. O primeiro a chegar foi o deputado federal João Maia (PR), seguido pelo presidente da Assembléia Legislativa, Robinson Faria (PMN) e pelo governador em exercício, Iberê Ferreira (PSB).

Seridoense de Jardim de Piranhas, João Maia está na região desde a noite da última sexta (20). No sábado prestigiou o Carnaval de Caicó, visitando camarotes e sendo cumprimentados pelos foliões. No domingo e na segunda-feira dedicou sua tarde à Jardim de Piranhas e Acari e na terça-feira encerra os festejos em Alexandria.

Já Robinson Faria, presidente da Assembléia Legislativa do Rio Grande do Norte veio à Caicó no sábado à tarde. Acompanhado dos deputados Gilson Moura (PV) e Raimundo Fernandes (PMN), além de assessores, Robinson acompanhou o Bloco do Magão, mas por problemas de saúde com uma de suas filhas, teve que retornar cedo para a Capital do Estado.

Um fato que mereceu atenção é que nenhuma autoridade de Caicó esteve no aeroporto para recepcionar a comitiva de deputados, que acabou sendo recepcionada por assessores e repórteres da Rádio Caicó AM.

Já Iberê Ferreira de Souza (PSB), depois de assumir interinamente o Governo do Estado, escolheu Caicó para iniciar uma série de visitas à municípios onde existe Carnaval. Iberê veio acompanhado de autoridades do Governo.

Além dos três pré-candidatos, deputados como Fábio Faria (PMN), Poti Júnior (PMDB), Vivaldo Costa (PR) e outros também prestigiam, desde o início o Carnaval de Caicó.

Fonte: Marcos Dantas

Virgens resistem à chuva e caem na folia em Pirangi

A chuva que cai em Natal e no litoral do estado nesta segunda-feira de Carnaval não impediu que os foliões brincassem no tradicional Bloco das Virgens, em Pirangi. Famílias e grupos de amigos marcaram presença na Avenida Márcio Marinho, onde aconteceu, por volta das 17h, a concentração para a largada da festa. O Bloco das Virgens registrou atraso na saída, mas o clima era um só: descontração.
Homens vestidos de mulher, com acessórios, perucas e roupas chamativas, e até mulheres vestidas como rapazes, com camisetas de times de futebol e barbas improvisadas. O economista Ricardo de Medeiros, de 49 anos, vestido de "virgem", estava acompanhado da esposa e do filho de oito anos, Mateus, também fantasiado.
Ele afirmou que participa do carnaval de Pirangi desde os 14 anos de idade e que o pai, Amaury Medeiros, foi um dos fundadores do bloco. "Tô muito feliz, e essa chuva só ajuda", disse. Além da família, o economista carregou consigo uma turma de colegas, incluindo o gerente de vendas Fabrício, que mora em Petrolina. Pela primeira vez em Pirangi, o pernambucano se diz satisfeito com a festa, onde estréia como "virgem". "O clima tá ótima, e a festa muito tranquila", ressaltou. Música
Ainda na concentração, um locutor anunciou, do trio elétrico, que a Banda do Cajueiro, que não se apresentou ontem por causa da forte chuva, tocaria hoje para animar o Bloco das Virgens.
O grupo iniciou a festa com muito frevo e axé, animando os foliões.

As virgens de Pirangi..

Hoje à tarde, apesar da chuva ter prolongado o sono dos veranistas de Pirangi a animação tomou conta da praia logo quando começaram as movimentações das "virgens", um tradicional bloco de carnaval que a mais de vinte anos sai pelas ruas de Pirangi, onde os homens se vestem de mulher com roupas inusitadas e trazem animação para o carnaval. Antes mesmo de começar a festa a nossa equipe flagrou alguns desses personagens ireverentes. ..















..

Carnaval em Natal

Quem saiu de casa hoje, em Natal, teve algumas opções. Além dos cinemas estarem abertos, e a programação das praias da redinha, o natalense pôde conferir mais uma edição do Praia Carnaval, do Praia Shopping.
E um membro de nossa equipe esteve lá para conferir tudo.
Marchas carnavalescas "de ontem"....e a animação marcante dos jovens.."de hoje"

veja as imagens...




Chuvas atrapalham folia em Natal

As fortes chuvas que caíram em Natal trouxe transtornos a pedestres e o motoristas em alguns pontos da cidade neste domingo, além de atrapalhar a folia de momo. Na Ribeira, o temporal atrapalhou o desfiles das escolas de sambas em alguns momentos e fez com que o público tivesse que se 'esconder' embaixo de coberturas para escapar das águas.
Na Bernardo Vieira e na Salgado Filho, alguns trechos também ficaram empoçados momentaneamente, exigindo uma atenção maior dos motoristas. Na Centro da Cidade, o baile das Kegas terminou antes da entrega da faixa a campeã, também devido as fortes chuvas.
Um trecho da Prudente de Morais, próximo ao Macdonalds também acumulou bastante água, dificultando o fluxo de veículos por volta das 22h30. Em Ponta Negra, o clima chuvoso também afastou os foliões. Por volta das 19h30, o poló Ponta Negra da folia praticamente não tinha movimento.

Polícia Militar confirma recorde de público no Carnaval da Ilha de Santana

Foi durante as apresentações das bandas Cavaleiros do Forró (Elétrico) e Pawlera do Brasil, neste domingo (22) que a Polícia Militar confirmou recorde de público no Complexo Turístico Ilha de Santana.

De acordo com Coronel Antônio Cipriano de Almeida, comandante do 6º Batalhão Dinarte Mariz, aproximadamente 70 mil pessoas compareceram a Ilha de Santana, superando, inclusive, o público registrado no sábado (21), quando a PM já estimava mais de cinqüenta mil foliões.

Por algumas horas o próprio Comandante chegou a ficar preocupado com tanta gente no local, e principalmente o fluxo de veículos registrados dentro do estacionamento da Ilha e nas proximidades do local.

Durante o dia, em alguns trechos da cidade, o trânsito chegou a ficar caótico e os engarrafamentos viraram cenas corriqueiras. O comandante acredita que esta previsão de público permaneça até a terça-feira de carnaval.

Governadora Wilma de Faria prestigia Carnaval de Pirangi

A governadora Wilma de Faria, que embarca amanhã para um período de repouso em São Paulo, prestigiou o carnaval de Pirangi neste sábado. Vestindo a camiseta do Burro Elétrico e acompanhada de familiares, ela percorreu o Corredor da Folia, acenou para a multidão e tirou fotos com foliões de outros blocos. A governadora elogiou a estrutura montada pela Prefeitura de Parnamirim para receber os foliões e oferecer uma festa tranqüila. “Quero parabenizar os organizadores desta festa linda e principalmente de paz. A organização é que permite isso”, disse ela.
O Burro Elétrico foi o segundo bloco a desfilar. E nem mesmo a chuva fina que caía conseguiu diminuir o brilho e a alegria dos foliões. O bloco tradicional, que integra os festejos de Pirangi e que entrou na Avenida Márcio Marinho por volta das 21 horas, foi criado por um grupo de jornalistas. Com o passar dos anos, o bloco se expandiu e hoje reúne não apenas o pessoal da imprensa, mas famílias inteiras, especialmente de veranistas do Litoral Sul.É o caso da família Morais, que há 35 anos veraneia em Pirangi do Norte e faz questão de participar do carnaval. Mesmo preso a uma cadeira de rodas, seu João Morais diz que enquanto puder vai continuar participando da festa. “Isso aqui é maravilhoso.
Todo mundo se conhece e se torna uma grande confraternização familiar. Parnamirim está de parabéns por proporcionar um evento como esse”, disse João, ao lado da mulher Antônia e do filho Jorian.Depois de participar do Saúde Folia, o prefeito Maurício Marques, também fez questão de prestigiar o bloco Burro Elétrico. Ao lado auxiliares, o prefeito brincou, cantou, dançou e cumprimentou os veranistas e a população de Parnamirim.
Encerrando a programação do sábado haverá show na Praça São Sebastião com a Banda Pimenta Nativa. No domingo, a movimentação começa às 13 horas com o show do Verdadeira Chama na praia. A partir das 15h30, a Secretaria Municipal de Trânsito e o Detran bloqueiam a passagem de veículos pela Avenida Márcio Marinho, que se transforma no Corredor da Folia para o desfile dos blocos “Ô Povinho Feio”, Banda do Cajueiro, Xibiu com Açúcar, Orquestra de Frevo nas Ruas, Unidos do Samba. No final da noite haverá show com a Banda Pura Tentação.

Democracia? que democracia?: Câmara mantém o veto de Maurício Marques ao projeto de eleições diretas nas escolas por 7 x 2

Em sessão ordinária que encerrou agora há pouco, a Câmara Municipal de Parnamirim manteve o veto do prefeito Maurício Marques (PDT) ao Projeto de Lei 046/2008, que antecipava a democratização nas escolas do município em duas etapas - 2009 e 2010.O projeto era de autoria do vereador Gildásio Figueiredo (PSB), atual líder da oposição.
O parecer da relatoria da Comissão de Constituição, Legislação e Redação Final, emitido pela vereadora Walkíria Fonseca Diniz foi pela manutenção do veto.Em plenário, a matéria recebeu 7 votos pela manutenção do veto, contra apenas dois.
A votação foi secreta mas, ao final, os vereadores Paulo Barbosa e Gildásio Figueiredo confirmaram o voto pela derrubada do vetoAo defender a derrubada do veto, o vereador Gildásio Figueiredo disse que as justificativas apresentadas pelo Poder Executivo, “não tinham fundamentos e eram incoerentes”.
A favor da matéria, o líder da situação Valério Felipe Santiago, disse que a sua bancada não era contrária a matéria, mas, sim “defendemos que haja um trabalho de implantação desse sistema nas escolas da rede municipal de forma lenta e gradual”.
Estiveram presentes à sessão os seguintes vereadores: Siderley Bezerra (PV), Clênio Santos (PV), Valério Santiago (PDT), Walkiria Fonseca (PRB), Lucinha Thiago (PRB), Elienai Cartaxo (PMDB), Kátia Carvalho (DEM), Gildásio Figueiredo (PSB) e Paulo Barbosa (PSB). Os trabalhos foram presididos pelo vereador Rosano Taveira da Cunha (PRB).
Os vereadores Manuel Diniz e Sérgio Andrade estiveram ausentes.
Texto: PN

Deputada e emissora de Mossoró recebem multa de R$ 4 mil


Em um outro julgamento nesta quinta feira(19), o TRE/RN decidiu manter a aplicação de multa a deputada federal Sandra Rosado (PSB) e a emissora Rádio Resistência, de Mossoró, mas reduzindo dos R$ 21.282,00, estabelecidos pela 33a Zona Eleitoral, para R$ 4.000,00, observando o princípio da Proporcionalidade. A decisão foi proferida pela Corte Eleitoral durante sessão ordinária, em julgamento do Recurso Eleitoral 8435/2008, sob relatoria da juíza Lena Rocha.O entendimento do Tribunal acompanhou, parcialmente, o parecer da Procuradoria Regional Eleitoral, que opinava pela manutenção do valor determinado em primeira instância.
Prevaleceu a posição da maioria pela redução da multa.Votou, de forma divergente, o juiz Fábio Hollanda, acompanhando o parecer da Procuradoria, em favor da sanção pecuniária de R$ 21.282,00.No dia 3 de junho, ou seja, antes do prazo permitido pela legislação eleitoral (5 de julho), a deputada ao apresentar o programa “É Hora de Falar” enalteceu a então pré-candidata a prefeitura e sua filha, Larissa Rosado, pelo trabalho “em defesa dos mais pobres” e suas ações como secretária estadual da Agricultura.
Sandra e a rádio alegaram que em nenhum momento fizeram propaganda antecipada em favor de Larissa.

TRE/RN nega pedido para adiamento da eleição de Patu


O Tribunal Regional Eleitoral (TRE/RN) negou, hoje (19),o pedido do candidato a prefeito de Patu, Alexandrino Suassuna Barreto Filho (PMDB) para adiamento da eleição suplementar naquele município. A data da eleição está mantida pelo TRE/RN e vai acontecer no domingo, 01 de março. A Justiça Eleitoral e as instituições de Segurança Pública como as Polícias Federal, Militar e Civil já estão atuando na área de Patu e relatam que o clima na cidade é de tranquilidade, ao contrário do que foi relatado pelo candidato.
Uma equipe com delegado e agentes da PF já está no município. A presença da PM foi ampliada e a delegacia de Polícia Civil em Mossoró está de sobreaviso para atuação em Patu, caso haja necessidade. A decisão do TRE/RN foi pelo improvimento do agravo regimental, interposto pelo PMDB municipal e por Alexandrino, referente ao Processo Administrativo 148/09.
O entendimento dos juízes do TRE/RN pela rejeição ao pedido de adiamento da eleição foi unânime e em consonância com o parecer do procurador regional eleitoral, Fábio Venzon. O presidente da Corte Eleitoral, desembargador Expedito Ferreira de Souza, destacou durante a sessão desta quinta-feira (19) que “não há clima de instabilidade” em Patu. “As policias estão na área e nos relatam que nada há de anormal na cidade, apenas uma pessoa tem falado em clima de intranquilidade”, observa.
O procurador Venzon manifestou-se, dizendo que contatou a Superintendência Regional da Polícia Federal para saber sobre a situação da campanha em Patu. “Pelas informações recebidas da juíza da 37a Zona Eleitoral e do superintendente da PF, já existe uma equipe de policiais federais na cidade e não há necessidade de reforço, por enquanto, por isso deve ser improvido o agravo regimental”, enfatiza o representante do Ministério Público Eleitoral na Corte.
Alexandrino encabeça a coligação “União e Trabalho” (PMDB,PDT,PP,PMN,PC do B, PPS) e disputa o cargo de prefeito com Evilásia Gildênia de Oliveira (PSB), candidata da coligação “Justiça e Paz” (PSB-PV-PT-DEM e PR) e esposa de Ednardo Moura, que teve o registro cassado pelo TSE após vencer o pleito municipal em Patu, no dia 5 de outubro.
Fonte: Ascom TRE

Irresignação de Wilma pode representar recado

O tom de reclamação imposto ontem pela governadora Wilma de Faria (PSB) durante a leitura da mensagem anual na Assembleia Legislativa, ontem, 16, poderá representar um recado explicito da governadora às pretensões de Robinson Faria (PMN), presidente daquela Casa de Leis, que pretende ser candidato ao governo do Estado, e o pedido do presidente Lula da Silva para que ela apoiasse a candidatura do deputado federal Henrique Eduardo Alves a sua sucessão em 2010, feito durante uma viagem de helicóptero na semana passada, de Ceará - Mirim para Natal.
O recado foi dado em vários momentos da fala da governadora, quando ela reclamou das modificações feitas pelos parlamentares: "Desejo ressaltar a importância da harmonia dos poderes (...) Alerto a todos os parlamentares que as mudanças feitas na Lei do Orçamento Estadual desconfiguraram pontos importantes para a nossa administração (...) A crise financeira mundial se agravou e temos que manter o pleno funcionamento do Estado (...) O ano de 2009 será dedicado à administração para melhorar a vida do povo (...) A política eleitoral estará fora de minha pauta este ano (...) A pressa em política pode representar um retrocesso das soluções (...) Caminharemos para a vitória em favor de um novo Rio Grande do Norte, mas repito, não é hora agora de política eleitoral (...) O governo precisa administrar sem amarras".Logo em seguida a fala da governadora, o presidente da Assembleia Legislativa quebrou o protocolo para responder de forma altiva.
"A senhora não sofreu uma só derrota neste plenário. Em nenhum momento os deputados tentaram obstacular o Rio Grande do Norte, porque respeitamos o governo Wilma de Faria, mas esperamos, da mesma forma, o mesmo respeito", sentenciou.Robinson usou da máxima de que 'ninguém recebe ninguém em sua casa para receber críticas'. E, ele sabe que a governadora do Estado não aceita críticas e talvez por isso mostrou-se com a mesma característica, após o imbróglio causado por causa da poda que a Assembleia fez com a rubrica que deixava livre um percentual significativo para transporte de verbas de uma pasta para outra, conforme a vontade do governo, ou necessidade.
Wilma ficou completamente insatisfeita porque isso quebra a dinâmica do governo para realizar adaptações financeiras consideradas normais pelos gestores públicos e o evento da troca de farpas está sendo considerado como um dos mais importantes da política do Rio Grande do Norte com relação à pavimentação das eleições de 2010, porque Robinson Faria era quem sempre estava ao lado de Wilma.
Ele sabe que não seguirá Lula, que quer a candidatura de Henrique Eduardo apoiado por Wilma, numa repetição do quadro de 2008, quando a governadora seguiu a orientação de Lula e o desejo de Carlos Eduardo Alves, para apoiar Fátima Bezerra (PT) para concorrer a Prefeitura Municipal de Natal. Depois dos discursos de ambos, as farpas continuaram, quando Wilma provocou:- Convoque uma Audiência Pública, vamos ao debate.- Vamos ao debate! Respondeu Robinson Faria.Depois, as conversas de bastidores davam conta que Robinson estaria disposto, motivado pela irritação, a sair candidato até mesmo sem o aval de Wilma de Faria, que não gosta de ser contrariada.
Robinson poderá ter dado o "start" para Wilma apoiar Henrique, ser o alvo histórico de sua mágoa, mas ela depende dele para aprovar projetos importantes na Assembleia Legislativa. Nesse momento a situação é séria e Iberê Ferreira, o vice-governador, que não se manifestou, foi o único vencedor da confusão. O 'candidato natural' faturou um espaço que não esperava, caso Wilma não atenda a Lula. Ficou mais 'natural' do que nunca."O Executivo estipula e o Legislativo tem o direito de discordar", diz Wagner Araújo
O Secretário de Planejamento do Governo do Estadual, Wagner Araújo, explicou hoje durante entrevista a uma emissora de rádio da capital que o remanejamento de verbas era importante de uma rubrica para outra. "O Orçamento do Estado é uma Lei que é aprovada todos os anos, para vários setores. O executivo estipula e o legislativo tem o direito de discordar e fazer modificações; este ano a Assembleia fez várias alterações, mas a Lei do orçamento tem uma série de requisitos estabelecidos pelo governo federal que estipula, por exemplo, 25% para a Educação, 12% para a Saúde, 60% para despesas com pessoal e por aí vai... A Assembleia tem também que se adequar às normas constitucionais e por isso a governadora vem tentado conversar com o poder legislativo para poder organizar essas obrigatoriedades que ela tem que respeitar", ensinou.
E, com relação à afirmação do presidente Robinson Faria, que afirmou ter a Assembleia mexido em apenas R$ 50 milhões do total de R$ 7 bilhões do orçamento, o secretário discordou. "Na verdade a AL mexeu em 68 milhões. O fato é que a AL tem esse direito, mas tem normas a serem cumpridas e se o poder legislativo retirar dinheiro de algumas ações, obras ficam comprometidas. Por exemplo, a reconstrução da ponte que caiu em Macau e que praticamente isolou a cidade. A ponte está em obras e foi tirado dinheiro da construção da obra; é como se a Assembleia tirasse dinheiro da obra para outra coisa.
Eu acho até que a forma como esse orçamento ser debatido termina fazendo com que nem todos os deputados compreendam bem o teor da questão. Mas, essa é uma situação que pode ser resolvida mediante o diálogo entre os poderes", enfatizou. "Desde Montesquieu nos idos de 1740, quando o filósofo estabeleceu a harmonia entre os poderes, pressupõe o debate em torno da democracia. Mas, mesmo diante desse inusitado, em que houve o imbróglio, logo em seguida Robinson Faria e Wilma voltaram a se encontrar na missa de aniversário dela e depois, no mesmo carro, viajando para J Câmara e Jardim de Angicos", disse.(O secretário se referiu à obra de Montesquieu "A Teoria da Separação dos Poderes" contida no livro O Espírito das Leis (1748), que visou moderar o Poder do Estado dividindo-o em funções, e dando competências a órgãos diferentes do Estado).
Matéria Publicada no Correio da Tarde ( na íntegra).

Ao apreciar recurso de coligação de Alto do Rodrigues, TRE/RN afasta aplicação de multa

Em virtude da impossibilidade jurídica do pedido contido no recurso, o TRE/RN à unanimidade e em consonância com o parecer da Procuradoria Regional Eleitoral, extinguiu o processo referente ao Recurso Eleitoral 8508/2008, com origem em Alto do Rodrigues, município pertencente a 47ª Zona Eleitoral de Pendências.
No recurso, a coligação “A Vez do Povo” (PMDB / PSC / PMN / PT) tentava reverter decisão de primeira instância da 47 ZE que julgou improcedente representação formulada contra a coligação adversária, a “Vitória do Povo” (DEM / PP / PSB / PC do B), por entender não caracterizada a realização de showmício, prática vedada pelo art. 39, §7º, da Lei nº. 9.504/97.
A “Vez do Povo” alegou que a coligação recorrida realizou showmício disfarçado, promovendo comício a poucos metros do local onde ocorreu show com os artistas Sirano e Sirino, contratado com dinheiro público. Sustentou ainda a recorrente que a apresentação da banda atraiu público para o comício, em razão da proximidade espacial e temporal dos eventos e que durante o show foi realizada propaganda institucional da Prefeitura de Alto do Rodrigues, por meio de recursos audiovisuais.
Além de pedir a cassação do registro de candidatos da “Vitória do Povo”, a coligação recorrente também pleiteava que fosse aplicada multa entre R$ 20 mil e R$ 50 mil contra a coligação recorrida. O relator, juiz Fábio Hollanda e o procurador regional eleitoral, Fábio Venzon, convergiram para o entendimento de que o pedido recursal é impossível pois não existe previsão legal para aplicação de multa em casos como este.
“O juízo da 47a Zona Eleitoral não se equivocou na decisão, por isto levanto a preliminar de impossibilidade jurídica do pedido presente no recurso”, enfatizou Hollanda.“A previsão legal aponta a proibição e o poder de polícia para casos de showmício, mas não existe a figura da multa para aplicação nessas situações”, explicou o procurador Venzon.

Raimundo Fernandes afirma que orçamento foi "mal construído"

O deputado Raimundo Fernandes, relator do projeto do Orçamento Geral do Estado, disse que o projeto do Orçamento Geral do Estadoi foi mal construído.
Ele negou que as emendas feitas ao Orçamento comprometam as metas do Governo. “Falaram que tiraram dinheiro dos presos. Sabe quanto tinha? R$ 16 milhões. Sabe quanto a Assembleia tirou? R$ 1 milhão. O orçamento foi mal construído pelo Governo e aqui a Assembleia fez um grande trabalho”, afirmou Raimundo Fernandes.
O parlamentar destacou ainda que o orçamento precisa ser construído a partir do mês de maio. “O Governo tem que convocar a sociedade para discutir, sendo assim não haverá tumulto. O governo nunca chamou um deputado para discutir”, completou.

Prefeita lê mensagem anual e fala de seu plano de governo na Câmara de Apodi


A prefeita Gorete da Silveira Pinto (PMDB), fez a leitura da mensagem anual na manha de ontem na primeira sessão da Câmara dos Vereadores de Apodi e projetou seu governo para os próximos quatro anos.
Ela também agradeceu os votos recebidos da população apodiense, e defendeu harmonias entre os Poderes Executivo e Legislativo, pedindo o apoio das bancadas situacionista e oposicionista para juntos lutar pelo desenvolvimento de Apodi e realizar as obras que o município tanto precisa e afirmou que em sua administração as pessoas estarão sempre em primeiro lugar. "Vamos fazer um governo de transparecia, independência e pautado no futuro, no desenvolvimento, na melhoria da qualidade de vida do apodiense da cidade e do campo", garantiu Gorete Pinto que foi eleita a primeira mulher para governar os destinos da segunda maior cidade da região Oeste Potiguar.
A mensagem anual do prefeito é um rito que determina a Lei Orgânica do Município para a abertura da sessão do Legislativo. Nele, o prefeito faz um breve relato de seus objetivos e de seu programa de governo.
Gorete Pinto ressaltou que uma de suas prioridades é investir em saúde, educação, social e dotar o município de excelente infra-estrutura. Mas uma das coisas que prejudicara a gestão da prefeita Gorete Pinto são as dividas com precatórios que chegam a cerca de 4 milhões de reais. Isso inviabiliza a Prefeitura do Apodi de realizar varias obras importantes para a comunidade.
A prefeita da segunda maior cidade do Oeste, falou sobre a importância da união do Legislativo e Executivo, o importante é deixarmos os problemas políticos para o passado e pensar no futuro, sou a prefeita de todos os apodienses. "Estamos adequando a Prefeitura de Apodi às novas realidades da sociedade globalizadas. Afirmou que vai investir em educação, saúde e em outros setores para melhorar a qualidade de vida da população", disse Gorete.
A sessão foi presidida pelo vereador João Evangelista e contou com a participação dos vereadores Junior Souza (PMDB), Helio Machado (PR), Paulo Telercio (PPS), Arnaldo Costa (PP), Ângelo Suassuna (PV), Francisco França "Chico de Marinete (PCdoB), Genivan Varela (PCdoB), Junior Carlos (PSB). O plenario do legisaltivo apodiense ficou lotado por representantes de igrejas, associações, sindicatos, secretários e assessores da prefeita, dentre vários outros importantes segmentos da sociedade apodiense.

Rosalba cobra ao Governo Federal soluções para municípios

A senadora Rosalba Ciarlini (DEM) fez pronunciamento no Senado afirmando que o governo federal não apresentou soluções para as reivindicações, muitas delas antigas, dos municípios. A crítica foi feita tendo como pano de fundo o Encontro Nacional dos Prefeitos com o presidente Lula, essa semana em Brasília.
Rosalba cobrou soluções para os recursos da saúde, que ainda não chegaram nos municípios devido à não regulamentação da Emenda nº 29, aprovada no ano passado. Ela pediu também mais recursos para a educação infantil. ‘‘A meta do PAC da Educação era que chegássemos a 2009 com 50% das nossas crianças no ensino infantil.
Mas o percentual é de apenas 16%’’, disse. Rosalba afirmou que o sentimento dos prefeitos era de muita expectativa quanto ao discurso do presidente Lula, especialmente num momento no qual o país amarga as consequências da crise financeira mundial e no qual o FPM está caindo. ‘‘Nós precisamos é que nessa reforma tributária ocorra condições para que os municípios tenham maior participação sobre tudo que é arrecadado para os cofres do Tesouro Naciona”, disse.

Apodi ganha Escola de Inclusão Digital e Cidadania

Uma parceria da Prefeitura Municipal de Apodi com a EMATER/RN firmaram garantira a implantação de uma Escola de Inclusão Digital e Cidadania (EIDC), no município de Apodi que é detentor de uma área geográfica de 1.600 Km e mais de 100 comunidades rurais.
O projeto, que tem como alvo principal o homem do campo e a agricultura familiar, objetiva beneficiar a população no aprendizado de informática, na democratização do acesso à internet, na educação, entretenimento, criação de comunicação virtual para melhoria da qualidade de vida e atividades relacionadas ao empreendedorismo e desenvolvimento sustentável da comunidade, bem como na utilização dos serviços públicos on-line, agilizando o relacionamento entre cidadão e o Estado.

De acordo com o coordenador do projeto, Denilton Silveira, que participou em Apodi do lançamento de apresentação do projeto para algumas autoridades do município, principalmente, para lideranças ligadas ao movimento da Agricultura Familiar. Denilton ressaltou a importância da implantação dessa escola, pois o projeto pretende informatizar o homem do campo, abrindo novos horizontes e trazendo novos conhecimentos e com isso promover a inclusão digital e a cidadania, possibilitando a diminuição das desigualdades sociais, criando novas condições de negócios, geração de emprego e renda.

Com a implantação desse projeto, A Prefeitura de Apodi via Secretaria de Agricultura dão mais um passo importante rumo ao desenvolvimento da agricultura familiar.

A prefeita Gorete Pinto (PMDB) tem amplo projeto no campo da agricultura que contempla vários setores da Agricultura Familiar. Nesses primeiros dias de administração a prefeita já lançou o Programa de Corte de Terras "Apodi, planta e cresce".

Apodi ganha Escola de Inclusão Digital e Cidadania

Uma parceria da Prefeitura Municipal de Apodi com a EMATER/RN firmaram garantira a implantação de uma Escola de Inclusão Digital e Cidadania (EIDC), no município de Apodi que é detentor de uma área geográfica de 1.600 Km e mais de 100 comunidades rurais.
O projeto, que tem como alvo principal o homem do campo e a agricultura familiar, objetiva beneficiar a população no aprendizado de informática, na democratização do acesso à internet, na educação, entretenimento, criação de comunicação virtual para melhoria da qualidade de vida e atividades relacionadas ao empreendedorismo e desenvolvimento sustentável da comunidade, bem como na utilização dos serviços públicos on-line, agilizando o relacionamento entre cidadão e o Estado.

De acordo com o coordenador do projeto, Denilton Silveira, que participou em Apodi do lançamento de apresentação do projeto para algumas autoridades do município, principalmente, para lideranças ligadas ao movimento da Agricultura Familiar. Denilton ressaltou a importância da implantação dessa escola, pois o projeto pretende informatizar o homem do campo, abrindo novos horizontes e trazendo novos conhecimentos e com isso promover a inclusão digital e a cidadania, possibilitando a diminuição das desigualdades sociais, criando novas condições de negócios, geração de emprego e renda.

Com a implantação desse projeto, A Prefeitura de Apodi via Secretaria de Agricultura dão mais um passo importante rumo ao desenvolvimento da agricultura familiar.

A prefeita Gorete Pinto (PMDB) tem amplo projeto no campo da agricultura que contempla vários setores da Agricultura Familiar. Nesses primeiros dias de administração a prefeita já lançou o Programa de Corte de Terras "Apodi, planta e cresce".

Buraco em via pública causa acidente e gera indenização

Um fotógrafo vai receber 15 mil reais de indenização, por ter sofrido acidente ao cair num buraco em via pública. O acidente que provocou ruptura do baço e hemorragia ocorreu no Bairro Bom Pastor, rua Jerusalém, na Zona Norte de Natal quando ele estava dirigindo uma moto à caminho do trabalho.

O município do Natal recorreu da decisão buscando diminuir o valor da indenização, mas a 3ª Câmara Cível manteve todos os termos da decisão de 1ª grau. Os desembargadores ressaltaram que a indenização tem caráter compensatório, levando em consideração o abalo psicológico da vítima e dos seus familiares, além da conduta negligente do município: “a omissão em deixar um buraco aberto em via pública, resultou num acidente, levando o recorrido a se submeter à cirurgia, tratamento médico e a suportar dores físicas, sendo inegável o sofrimento causado pelo evento danoso”. Destacaram os desembargadores.

Para des. Amaury Moura, relator do processo, o ato omissivo do município deve ser punido como forma de prevenir outros acidentes dessa natureza. “Seguindo a lógica recomendada pela doutrina e jurisprudência, entendo que o valor do dano moral deve ser mantido em 15 mil reais, por ser medida que, ao meu ver, demonstra uma valoração justa e proporcional ao sofrimento, mágoa, tristeza, angústia e dor suportados pelo apelado e a conduta danosa do ente municipal, sem, contudo, acarretar enriquecimento indevido do recorrido e um decréscimo patrimonial do apelante”.

A Câmara foi unânime em manter o valor da indenização, fazem parte da 3ª Câmara Cível os desembargadores Amaury Moura, Saraiva Sobrinho e a desa. Célia Smith. A procuradora é dra. Branca Mariz. Processo número 20080029138.
NOTA: Se todo mundo tivesse a mesma atitude deste cidadão, talvéz não teriamos tanto descaso com as vias públicas de nossa cidade. Como diz o ditado a prefeitura ia "sentir no bolso".
Fonte: Tjrn

Secretário de Saúde do RN chega a Caicó prometendo manter funcionários no Hospital Regional

O Secretário Estadual de Saúde do Rio Grande do Norte, George Antunes, está em Caicó. Ele veio acompanhado de uma equipe técnica da Secretaria, e acompanhado do prefeito Bibi Costa, do Secretário Municipal de Saúde, Nildson Medeiros Dantas, do deputado estadual Vivaldo Costa e de outras autoridades, visitou as instalações do Hospital Regional (SESP) e do Hospital do Seridó.

O objetivo da visita, de acordo com George Antunes é agilizar o processo de estadualização do Hospital Regional, marcado para o dia 16 de março deste ano, e além disso estudar possibilidades de implantação de outros serviços em Caicó e no Seridó.

"Caicó já tem uma boa assistência, percebemos isso pela pouca demanda enviada para Natal, mas aqui tem um potencial muito grande e pode dar muito pela cidade e região. Viemos avaliar o Hospital Regional que vai passar para a gestão do Governo do Estado e avaliar outras formas de incentivo para que Caicó avance mais na área de saúde", ponderou.

Dentre as novidades que Caicó receberá nos próximos meses estão as Unidades de Pronto-Atendimento, e que de acordo com o Secretário Estadual de Saúde, a instalação no município seria uma das prioridades do Governo do Estado, sem contar a vinda do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), que já se consagrou nas capitais brasileiras como um atendimento de urgência e emergência em qualquer lugar: residências, locais de trabalho e vias públicas. O socorro é feito após chamada gratuita, feita para o telefone 192.

Servidores
George Antunes garantiu que a pretensão do Governo do Estado é não mexer com os funcionários que já trabalham no Hospital Regional. Quando o Hospital começar a funcionar, de acordo com Antunes, esses servidores serão avaliados e se houver necessidade de remanejamento de alguns, serão poucos, até pela avaliação que já se tem hoje do Hospital.

A forma para mantê-los no quadro já vem sendo estudada pela Governadora Wilma de Faria, já que sem Concurso Público eles não podem ser contratados.

"Contratação pelo Estado só de dá através de Concurso Público. Nós vamos ver de que forma essas pessoas poderão continuar. Mas contratado pelo Estado, só através de Concurso. Isso é claro, está na lei e a não existe outra modalidade de contratação. Nós vamos avaliar a situação individual de cada servidor, qual a relação trabalhista que tem hoje com a Instituição", explicou.
Concurso Público
O Secretário Estadual de Saúde justificou o déficit de servidores da Saúde no Rio Grande do Norte por causa da ausência de Concurso Público para a área. "Há 12 anos não fazíamos um Concurso Público. Mas estamos chamando os aprovados no mais recente, e após a lotação de todos esses servidores, vamos fazer mais uma avaliação para ver a necessidade ou não de um outro concurso", finalizou.
Fonte: Marcos Dantas

LULA NO RN: Visita dura apenas três horas


A visita do presidente Luiz Inácio Lula da Silva ao Rio Grande do Norte durou apenas três horas. Ele desembarcou no início da tarde de hoje na Base Aérea de Natal, foi para Ceará-Mirim de helicóptero.
No assentamento Canudos visitou o projeto do Pólo de Tilápia e em seguida, também de helicóptero, foi para Base Aérea. Nesse momento, o presidente já viaja rumo a Brasília.
Foto: Junior Santos
Texto: Panorama Político

LULA NO RN: Presidente defende diversificação da produção rural

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva Lula defendeu a diversificação da produção e ressaltou que a produção de tilápia também encontra mercado externo, inclusive com a venda do couro do peixe.

“É preciso que a gente consiga diversificar o que a gente produz. Não é plantar apenas uma coisa. É plantar muitas coisas ao mesmo tempo. Um peixe como esse serve não só para vender no mercado externo, muitas pessoas ficam chiques usando sapatos do couro da tilápia. Ficam chiques as madames na Europa usar roupa do couro da tilápia”, afirmou.

O presidente Lula fez referência ao trabalho desenvolvido no assentamento de Ceará-Mirim e disse que lá está sendo desenvolvida “uma nova lógica de como ocupar o espaço brasileiro”.
texto: Panorama político

LULA NO RN: Presidente traz apenas um ministro para o RN, Dilma falta

A visita do presidente Luiz Inácio Lula ao Rio Grande do Norte foi rápida. Ele desembarcou às 12h30 em Ceará-Mirim.

A comitiva veio apenas com um ministro, o da Pesca, Altemir Gregolim. A "ausência surpresa" foi a ministra chefe da Casa Civil, Dilma Roussef.

Ela, que é pré-candidata a presidente da República, participou da visita do presidente em Recife, mas não veio ao Estado potiguar.

Ministério das Cidades assegura verba para obra do Passo da Pátria

A prefeita de Natal Micarla de Sousa conseguiu a garantia de que as obras de reurbanização da comunidade Passo da Pátria terão R$ 5 milhões do Governo Federal. A confirmação foi dada a prefeita Micarla de Sousa, durante audiência ministro das Cidades, Márcio Fortes de Almeida.

A prefeita também discutiu com o ministro outros pontos como a questão da relocação da comunidade do Maruim nas Rocas, que requer R$ 3 milhões para sua implementação, o aumento dos convênios para área da habitação.

A prefeitura do Natal diminuirá o défict habitacional da capital, que atualmente chega a 24 mil unidades. Em Brasília Micarla de Sousa solicitou ainda recursos para construção de 12 mil casas, além de R$ 100 milhões para obras de macro drenagem em vários pontos de Natal.

PATU: DECISÃO RELÂMPAGO CONCEDE EFEITO SUSPENSIVO A SENTENÇA DA JUIZA QUE ANULOU A ELEIÇÃO DA MESA DIRETORA

A eleição em Patu, município do oeste potiguar, está sendo decidida tanto na justiça eleitoral quanto no judiciário.
E hoje, Patu assistiu a mais um capítulo desta batalha, travada nas ruas e nos tribunais.
Em menos de 24 horas da publicação da decisão da Juiza Gisela Besch, que anula a eleição da mesa diretora e consequentemente tiraria o vereador Alexandrino Suassuna(PMDB) da condição de prefeito interino, o Tribunal de Justiça, na pessoa de seu presidente, em uma decisão relâmpago suspendeu os efeitos da sentença prolatada pela Juiza.
Com isso, como divulgado aqui hoje, a confiança dos partidários de Alexandrino foi confirmada. Assim, Xanxan como é mais conhecido permanece como prefeito.
O mérito ainda vai ser discutido pelo Tribunal , mais uma coisa é quase certa, a decisão definitiva para este caso não sairá antes do dia 01/03/2009, data das eleições suplementares de Patu.
Veja uma parte da decisão do desembargador Rafael Godeiro:
"No caso em apreciação, o quadro fático delineado do município de Patu/RN que se encontra sem um prefeito eleito, nas proximidades de realização de eleição suplementar designada para o próximo dia 1° de março, estando a administração municipal à cargo do Presidente da Câmara, que, em virtude da decisão que tornou nula a eleição para a Mesa Diretora, se tornou inexistente, sem dúvida, é grave e revela a possibilidade de lesão à ordem pública.
De fato, a questão da instabilidade administrativa destacase de pronto, mostrando-se, igualmente, de grande relevância a ofensa a autonomia legislativa.
No exame sumário inerente a esta etapa processual, verifica-se que a decisão vergastada determina uma mudança no comando da administração municipal de Patu/RN, num momento crítico daquela cidade, apta a gerar instabilidade administrativa e insegurança jurídica.
Tem-se que a decisão atacada pode vir a interferir no processo eleitoral designado para ocorrer nos próximos dezessete dias, desequilibrando o pleito diante da comoção social que este tipo decisão sempre causa no eleitorado.
Ocorre que a decisão ora objurgada, diante do quadro atual em que se encontra o município de Patu, gerou no mínimo uma situação delicada e instável, e assim mantida, pode conduzir - como, pelas notícias acostadas, efetivamente já ocorre -, ao caos social, político e administrativo. Daí, evidente que a tutela buscada pelo Requerente reveste-se de natureza urgente.
E ainda, seja pela excepcionalidade das hipóteses de afastamento dos titulares de cargos públicos, seja pela ofensa a autonomia interna da Casa Legislativa, tem-se que, de modo inegável, o direito em questão, por sua relevância, merece ser acautelado mediante determinação judicial.
Ante o exposto, defiro o pedido para suspender os efeitos da decisão liminar proferida pela Juíza de Direito da Vara Única da Comarca de Patu/RN, nos autos do Mandado de
Segurança n° 141.09.000001-3.
Comunique-se, imediatamente, à Excelentíssima Senhora Juíza de Direito da Comarca de Patu/RN o inteiro teor desta decisão.

Publique-se e Intime-se.
Natal, 11 de fevereiro de 2009.
Desembargador RAFAEL GODEIRO
Presidente"

TRABALHO DA PM GARANTE SEGURANÇA EM GUAMARÉ

Completamente abandonada, foi assim que o comandante do destacamento da Polícia Militar de Guamaré encontrou o município.

O segundo sargento Luiz Carlos de Souza, afirma que estavam vendendo droga livremente dentro da cidade. Um trabalho do setor de inteligência da Polícia Militar identificou 14 traficantes de drogas no município, a estratégia foi montar campanas próximas as "bocas" para efetuar as prisões.

Quatro traficantes foram presos e enquadrados no artigo 33, da lei 11343/06, que trata do tráfico de entorpecentes, os outros traficantes acabaram fugindo de Guamaré, onde não encontraram mais espaço para "trabalhar". A ação da Polícia Militar teve como base uma pesquisa realizada em setembro de 2008, onde a população colocou a falta de segurança como um dos maiores problemas da cidade.

Esse trabalho foi realizado graças a uma ação conjunta da prefeitura com a polícia militar." A prefeitura disponibilizou o combustível, a alimentação dos policiais e o conserto das viaturas, o que foi fundamental para o sucesso de nossas operações", afirma o comandante Carlos.

O trabalho como o comandante define agora é ostensivo e preventivo, gerando um clima de tranqüilidade no município, as rondas foram intensificadas nos distritos e um telefone para emergências foi disponibilizado para funcionar 24 horas. Além disso, está em fase de conclusão o destacamento de Baixa do Meio o maior distrito da cidade. Guamaré conta hoje com 12 policiais e até o final de março, o efetivo deve estar completo com 15 policiais militares.

A preocupação do comandante agora é a segurança dos foliões que devem lotar Guamaré durante o carnaval, a exemplo do que aconteceu dia 08 de fevereiro na primeira prévia do Carnaval de Guamaré, onde mais de 8 mil pessoas estiveram na praia de Aratuá. Estamos tranquilos,pois, não foi registrado nenhum incidente no último domingo, afirma com tranquilidade o comadante Carlos.

Para o carnaval Guamaré terá 100 policiais militares e mais 02 viaturas cedidas pela prefeitura, além de todo esquema de segurança montado pela empresa Destaque Promoções.Além disso o comandante da primeira CIPM(COMPANHIA INDEPENDENTE DE POLÍCIA MILITAR), capitão Alex, garantiu que Guamaré terá a sua disposição ainda mais policiais se for necessário.

 
biz.