Pinterest

Advertise

Notícias do RN


Prefeito de Cruzeta assume presidência da Associação dos Municípios do Seridó Oriental e realiza primeira reunião de 2019

A Associação dos Municípios do Seridó Oriental (AMSO) reuniu os prefeitos, na última terça-feira (19), na primeira reunião de 2019. De posse da nova diretoria o presidente Sally (PSD), que é prefeito de Cruzeta, abriu os trabalhos e falou sobre as principais demandas da entidade que atende 17 municípios associados. Além da secretária executiva Albanita Macedo, técnicos de alguns municípios também estiveram presentes.



"Apresentamos um planejamento para todo este ano junto com os prefeitos e as equipes. Somos conscientes que precisamos trazer mais conhecimento para fazermos grandes administrações nas cidades seridoenses. Ser prefeito hoje tem que ter vocação porque são muitas as dificuldades", destacou Sally.








O município de Campo Redondo recebeu na manhã desta quarta-feira (20) mais um veículo destinado ao transporte escolar. A secretária de Educação Simone Cortez e o secretário de Finanças Robson Medeiros, receberam as chaves do novo ônibus que é dotado de acessibilidade. A aquisição do transporte foi realizada através do Programa Caminho da Escola, por meio do PAR – Plano de AES Articuladas.



O veículo é equipado com plataforma elevatória, padronizado com toda segurança necessária e exigida pela legislação para transporte escolar. O ônibus será utilizado exclusivamente para transporte de estudantes dentro do município. "Estamos felizes com esta conquista. A chegada deste novo ônibus com acessibilidade garantirá mais segurança e qualidade do transporte para estudantes, além de contribuir para a redução da evasão escolar, ampliando o acesso e permanência dos estudantes na escola, principalmente na educação básica", destacou Simone Cortez.



O retorno das atividades escolares da Rede Municipal de Ensino acontecerá dia 25 de fevereiro, próxima segunda-feira.
Imagem: Facebook 

Rápida:


Patu-RN - Em uma cidade que respira política 24 horas um encontro/reunião aparentemente informal deu o tom das conversas para a sucessão municipal daquele município. Se encontraram em uma churrascaria o bancário Atimar Godeiro, Possidônio Queiroga, Thiago Queiroga, Rodolfo Maia e Aluisio Dutra, que tipicamente eram oposição na cidade, porém, estavam sem muita representatividade, porém, dadas as circunstancias do desgaste natural da atual administração de Rivelino Câmara essas forças podem se unir para tentar uma composição para disputar as eleições de 2020. Fica a pergunta. Reunião, Encontro informal, valorização(para um possível acordo com Rivelino) ou fortalecimento da oposição?

Em Breve traremos mais informações, dessa vez de bastidores da política patuense. 

Aguardemos....

O município de Brumadinho (MG) foi palco, do que caminha para ser, a maior tragédia de proporções ambientais do Brasil. Durante o desastre muitas pessoas perderam suas casas e tudo que pertenciam. Para ajudar os desabrigados uma corrente de solidariedade vem se formando pelo país. O governo de Minas Gerais enviou uma nota afirmando que já atingiu recordes de arrecadações e chama a atenção da população para não cair no golpe de doações falsas. 

Em Natal, o vereador Ney Lopes Júnior, integrante da Comissão de Defesa do Consumidor da Câmara Municipal, lamenta o fato e alerta a população sobre o assunto. "O espírito solidário do brasileiro é muito forte nesses momentos, mas é importante a população ficar atenta para não cair nos golpes. A primeira atitude é ter certeza de que as doações estão sendo realizadas com instituições sérias", afirmou o vereador.

O parlamentar também destaca a importância do cuidado com as mensagens enviadas pela internet "Não repassem mensagens com contas desconhecidas, ou pedidos, sem confirmar as fontes. Muitos golpistas usam a rede como forma de se aproveitar da boa fé da população", explicou.

Tropas Israelenses

No domingo (27), o vereador participou de um evento no Centro Israelita do Rio Grande do Norte. O parlamentar apresentou na Câmara Municipal voto de agradecimento ao Estado de Israel pelo envio de tropas militares e equipamentos de última geração para ajudar nas buscas. O documento será enviado à embaixada de Israel e aos órgãos e instituições israelitas de Natal e do Rio Grande do Norte.

"A chegada dos militares de Israel, com sua tecnologia, pode aumentar as chances de encontrar sobreviventes. Eles estão dando um exemplo de solidariedade para todos nós", disse.


Resultado de imagem para fátima bezerra
Imagem: blog do João Marcolino

O Governo do Estado garantiu às entidades sindicais e associativas que representam os servidores públicos do Rio Grande do Norte o pagamento do mês de janeiro de todo o funcionalismo estadual até o dia 31. No encontro com o Comitê Estadual de Negociação Coletiva ficou acertada ainda a revogação do decreto que suspendeu o gozo e pagamento de licença-prêmio devido à crise financeira do Estado. O acordo foi realizado hoje em reunião no Gabinete Civil, quando o secretário-chefe Raimundo Alves se comprometeu a buscar uma alternativa para que não haja descontinuidade nos serviços de alguns setores do serviço público sem a necessidade de contratação de terceirizados, o que oneraria os cofres do Estado.


Além desse ponto, os servidores queriam a garantia de que o Governo não vai parcelar os salários atrasados e de que cumprirá com o acordo de finalizar o pagamento do salário de janeiro no próximo dia 31. "Nós não temos essa intenção de fazer o pagamento em parcelas. Desde o início das conversas nós deixamos claro que todo recurso extra será para quitar esse passivo", afirmou Raimundo Alves. "Nossa intenção também é pagar os salários sempre dentro do mês trabalhado".

O presidente do Sindicato dos Auditores Fiscais do RN (Sindifern), Fernando Freitas, considerou positiva a reunião e disse que o Governo se mostra aberto ao diálogo. "Temos um debate franco com o Governo e estamos satisfeitos com a previsibilidade do cumprimento do pagamento de janeiro no último dia do mês como ficou acordado na reunião anterior e a revogação do decreto. Só esperamos agora que seja feito um calendário de pagamento para este ano", afirmou.

Na reunião, que teve a presença de representantes de 10 entidades sindicais, ficou agendado outro encontro para a próxima quarta-feira (30), às 15h.

Fotos: Demis Roussos


Imagem relacionada
novacruzoficialrn.com.br

O Edital 43/2018, da Pró-Reitoria de Ensino (Proen) do Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN), divulgado em 7/12, tornou públicas as inscrições para os cursos superiores de Graduação ofertados pelo instituto. A Seleção, via Sistema de Seleção Unificada (Sisu), tem prazo final essa sexta (25) às 23h59, de acordo com o horário oficial de Brasília/DF, exclusivamente no Portal do SiSU. Caso o candidato não tenha acesso à internet, a inscrição poderá ser realizada presencialmente em qualquer um dos campi do IFRN, seguindo os horários pré-estabelecidos no Edital.

O documento traz os detalhes da seleção para as 366 vagas para os cursos de licenciatura (disponíveis em dez dos campi do Instituto), as 626 vagas para cursos de tecnologia (ofertadas em 12 campi), além das 40 vagas para o curso de Engenharia de Energias, no Campus Natal-Central. O edital completo (anexo) está disponível abaixo.

Nota final

Para efeito de cálculo da nota final do candidato serão utilizadas as notas obtidas nas avaliações de cada uma das áreas de conhecimento do Enem 2018 (Linguagens, Códigos e suas Tecnologias; Matemática e suas Tecnologias; Ciências Humanas e suas Tecnologias; Ciências da Natureza e suas Tecnologias; e Redação), não sendo atribuídos pesos diferenciados. O candidato que desejar participar da lista de espera deverá obrigatoriamente confirmar no Portal da Seleção Unificada o interesse na(s) vaga(s) durante o período especificado pelo Ministério da Educação, no Edital nº 83/2018. O processo seletivo do Sisu referente à primeira edição de 2019 será constituído de 1 (uma) única chamada regular, que será divulgada no dia 28 de janeiro de 2019.

Acesse



Como falámos aqui em novembro, a MP 846/18 foi mesmo aprovada, resultando na criação de um regime de apostas esportivas que deverá ser regulado pela Fazenda em um prazo máximo de quatro anos. Essa foi uma das primeiras medidas em que se fez sentir o peso político do novo presidente Jair Bolsonaro, que apelou a sua aprovação antes até de tomar posse como presidente. Que mais mudanças favoráveis ao jogo poderá Bolsonaro trazer? 

Aqui no Notícias do RN já sabe que pode contar com nossa informação e intervenção sempre que um determinado tema nacional tenha uma influência direta nas vidas de nossos leitores, e por isso acompanhamos o tema dos jogos (como jogar na Mega Sena, apostas, cassinos, etc.), não só pelo jogo em si mesmo mas pelos vários efeitos econômicos que poderá ter no Rio Grande do Norte. 

PL 186/14 

A propósito disso mesmo, o setor turístico potiguar estará olhando com atenção a forma como o novo presidente está encarando esse tema. As discussões sobre os jogos de azar vêm se focando no projeto de lei 186/14, que previa a criação de grandes cassinos-resort com grande vocação turística, e em número limitado por cada estado. Estados com menos de 15 milhões de habitantes receberiam um cassino; entre 15 e 25 milhões, dois; e os estados com mais de 25 milhões de habitantes poderiam ver nascer três cassinos desse formato, de acordo com o resultado de um concurso público. 

Um cassino em Natal seria visto como um estímulo à economia local ou uma ameaça às famílias? 

Rio de Janeiro parte na ofensiva 

Entretanto, parece que o Rio de Janeiro, o grande polo turístico do Brasil, está se tentando adiantar nesta matéria. Marcelo Crivella, o prefeito da Universal, vem se reunindo com o maior empresário de cassinos de Las Vegas, Sheldon Adelson, faz tempo. E se antes Crivella ainda mantinha alguma discrição sobre as intenções de Adelson, agora ele é bem claro. Pretende negociar diretamente com o empresário americano, criar 50.000 empregos no Rio através de um cassino para combater a pobreza, e até já revelou qual a área do Rio que convenceu Adelson a investir: o Porto Maravilha. 

Alguma mídia aponta que eventuais ligações entre Adelson e a campanha de Bolsonaro (dada a proximidade política entre ambos, e que estaria incentivando a deslocação da embaixada brasileira em Israel para Jerusalém) poderão facilitar o processo. 

E os outros estados? 

Será isto o fim do PL 186/14? Poderá o presidente Bolsonaro “entregar” o monopólio dos cassinos no Rio a Adelson? Talvez, mas isso seria especulação de nossa parte que não queremos promover. Até porque seria fácil, certamente, para Adelson vencer o concurso e ocupar uma das duas vagas que o PL 186/14 prevê para o Rio. Afinal, seu currículo (cassinos em Las Vegas, Cingapura, etc.) e meios financeiros são imbatíveis, em qualquer concurso legítimo. 

Mas o resto do Brasil também está interessado em ter cassinos geradores de emprego, como o Rio. Aqui no Notícias do RN estaremos atentos a novidades nessa matéria.
Resultado de imagem para Fátima Bezerra
Senado Federal


Rápida:


Blog do Diário


O período de transição realizado pela equipe da Governadora Fátima Bezerra ao que se observa não foi suficiente para conseguir traçar uma estratégia em que resolvesse o grave problema dos pagamentos dos servidores ativos e inativos. Mesmo a mídia oficial divulgando um recente "acordo" entre os sindicatos e o governo é notória a dificuldade em que atual equipe realize um trabalho diferente do Governo Robinson. A população esperava que, logo ao entrar no comando do estado a governadora fosse realizar os pagamentos ou trazer uma solução diferente do seu antecessor, no entanto, as estratégias e soluções estão sendo praticamente as mesmas, sem muitas novidades e deixando a entender que as críticas feitas por Fátima à gestão Robinson e as promessas de soluções rápidas podem não chegar no tempo esperado.

Aguardemos....


Suspensão tem validade até o dia 10 de abril de 2019

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli, suspendeu a decisão do ministro Marco Aurélio que determinou a soltura de todos os presos que tiveram a condenação confirmada pela segunda instância da Justiça. 

O ministro atendeu a um pedido de suspensão liminar feito pela procuradora-geral da República, Raquel Dodge. 

Com a decisão, a liminar (decisão provisória) de Toffoli terá validade até o dia 10 de abril de 2019, quando o plenário do STF deve julgar novamente a questão da validade da prisão após o fim dos recursos na segunda instância.

 
Dias Toffoli suspendeu decisão de Marco Aurélio que mandou soltar todos os presos condenados em 2ª instância - Marcelo Camargo/Agência Brasil

O julgamento foi marcado antes da decisão de ontem (19) do ministro Marco Aurélio. 

Ao justificar a suspensão da decisão, Toffoli disse que Marco Aurélio contrariou "decisão soberana" do plenário que, em 2016, autorizou a prisão após segunda instância. "A decisão já tomada pela maioria dos membros da Corte deve ser prestigiada pela presidência", decidiu Toffoli. 

O entendimento atual do Supremo permite a prisão após condenação em segunda instância, mesmo que ainda seja possível recorrer a instâncias superiores. Essa compreensão foi estabelecida em 2016 de modo provisório, com apertado placar de 6 a 5. Na ocasião, foi modificada jurisprudência que vinha sendo adotada desde 2009. 

O assunto voltará ao plenário da Corte, em 2019, quando os ministros irão analisar o mérito da questão.

Por André Richter | Agência Brasil


Na tarde desta quarta-feira (19), durante sessão solene realizada pelo Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte (TRE-RN), no Teatro Riachuelo, a deputada federal e Senadora eleita Zenaide Maia foi diplomada para assumir o cargo no Senado Federal. A parlamentar recebeu o diploma das mãos do seu esposo Jaime Calado. A cerimônia reuniu 1.300 convidados, entre políticos eleitos nas Eleições 2018 e convidados.

Para Zenaide, a diplomação foi um momento de muita alegria e de reafirmação do seu compromisso com seus eleitores e com o seu Estado. "Me sinto feliz, grata pela confiança e certa que irei honrar os votos recebidos", disse Zenaide.

A diplomação confirma que os escolhidos pelos eleitores cumpriram todas as formalidades previstas na legislação eleitoral e estão aptos a tomar posse nos mandatos para os quais foram eleitos.


Arquivo de Notícias