Top Ad 728x90

Últimas Notícias

24 de julho de 2020

Bizarro: Dodô, do Pixote, deixa catarro “escapar” ao vivo no programa “Encontro”, com Fátima Bernardes





Dodô, vocalista da banda Pixote, participou do Encontro com Fátima Bernardes nesta quinta-feira (23/7) e protagonizou momentos de muita emoção com histórias de sua vida. Acontece que a emoção foi tanta, que o catarro do cantor também quis participar e acabou roubando a cena de todo o programa.

Enquanto limpava as lágrimas, Dodô deixou “escapar” um catarro do nariz. Ao vivo, Fátima Bernardes tentou manter a naturalidade, mas sua feição entregou o incômodo.

O assunto, claro, logo foi parar nos mais comentados do Twitter. “Dodô do pixote catarrando ao vivo, gente como a gente”, escreveu um fã do programa, dando risada. “A cara da Fátima vendo o catarro saindo do nariz do Dodô foi de morrer kkkkk”, brincou um seguidor.

Além da participação especial do catarro, a feição de Fátima também virou assunto no Twitter: “Eu sou a Fátima Bernardes todinha nessa cena do Dodô”, riu um seguidor.

Seridó 360

Assassino do ator Rafael Miguel está na lista dos mais procurados



Foragido há um ano, Paulo Cupertino matou o ator e os pais do jovem ao chegar em casa. Ele era contra o relacionamento do rapaz com sua filha/Reprodução

Foragido mais de um ano após matar o ator Rafael Miguel e os pais do jovem, o empresário Paulo Cupertino, de 49 anos, foi incluído na lista dos criminosos mais procurados da Polícia Civil do Estado de São Paulo. Cupertino não aceitava o namoro do rapaz com sua filha e cometeu o triplo homicídio ao chegar em casa, armado, ao encontrar as vítimas no portão. 

Cupertino foi denunciado pelo MP-SP (Ministério Público de São Paulo) em junho deste ano. Em setembro de 2019, a Secretaria de Segurança Pública afirmou que Cupertino também foi incluído lista de procurados pela Interpol.

Segundo a investigação, Cupertino teria passado por mais de 300 endereços em 10 estados e dois países da América do Sul. O delegado Bruno Tessari, que investiga o caso, pediu a prisão preventiva de Cupertino no dia 3 de junho deste ano, após interrogar dois amigos do suspeito, que contaram como ajudaram o homem a fugir de São Paulo logo depois do crime. A dupla também foi denunciada pelo MP.

O caso

O ator Rafael Henrique Miguel, de 22 anos, e os pais do rapaz, João Alcisio Miguel, de 52 anos, e Miriam Selma Miguel, de 50 anos, morreram baleados no dia 9 de junho do ano passado na Estrada do Alvarenga, na região de Pedreira, zona sul de São Paulo. O jovem era conhecido por ter interpretado o personagem Paçoca na novela Chiquititas.

Rafael, acompanhado dos pais dele, foi até a casa de sua namorada, Isabela Tibcherani, conversar com o pai dela, Paulo Cupertino, sobre o namoro. A família foi recebida pela jovem e pela mãe dela. Quando Cupertino chegou ao local, armado, atirou nas três vítimas que estavam no portão da casa. 

Cupertino disparou 13 vezes contra a família do namorado da filha. Sete acertaram Rafael. O pai do rapaz foi atingido 4 vezes e a mãe foi baleada no peito e no ombro. Os três morreram no local.

Por: R7

Fiscalização é reforçada nas praias de Natal e mais 22 municípios

Uma reunião na manhã desta quinta-feira(23), no quartel do comando da Polícia Militar do Rio Grande do Norte com representantes da prefeitura de Natal definiu a atuação conjunta na fiscalização do cumprimento das medidas de proteção no enfrentamento à Covid-19 na orla marítima no trecho entre as praias de Ponta Negra e Redinha, onde, no último final de semana, ocorreram grandes aglomerações e desrespeito às regras de distanciamento social e uso de máscara.



O secretário de Gestão de Projetos e Metas, coordenador do programa Governo Cidadão e do Pacto Pela Vida, Fernando Mineiro, explicou o assunto na entrevista coletiva de prestação de contas das ações do Governo e atualização dos dados da pandemia: "Iniciamos hoje uma ação concreta e integrada do Estado com município de Natal para conter o avanço da pandemia. Agradeço em nome da governadora Fátima Bezerra e do vice-governador Antenor Roberto o entendimento que vai proteger e salvar vidas, que é função de cada instância da gestão pública".

Mineiro informou também que as ações conjuntas ocorrerão nos outros 22 municípios da região litorânea. "A partir da convocação da governadora foi possível traçar um conjunto de ações com os municípios que terão o apoio dos órgãos do sistema de segurança do Estado, Polícias Militar e Civil, Corpo de Bombeiros e da Defesa Civil. Faremos ações em todas essas cidades, e é fundamental que a população se some aos esforços na contenção da pandemia", afirmou.

Ele lembrou que as 23 cidades praianas têm quase metade da população do Estado e concentram a maior incidência de contaminações e mortes - 65% e 70%, respectivamente. "É preciso atenção especial. As ações já estão ocorrendo e serão reforçadas nos finais de semana, de Tibau, na região Oeste a Baía Formosa, na região Agreste. É um grande esforço conjunto do Estado e municípios, pessoal da saúde e da segurança que estão colocando em risco suas próprias vidas para conter a pandemia e proteger a população".

RETOMADA

O cenário da Covid no RN continua apresentando tendência de redução. Isto se deve aos esforços do Governo estadual que adotou uma política de abertura de leitos exclusivos para assistência aos pacientes. Atualmente, o RN tem o terceiro maior percentual de leitos Covid no Brasil. "Isto é resultado de um esforço imenso para superar a falta de estrutura e tem consequências altamente positivas como a proteção à vida e permitir as condições para a continuidade do Plano de Retomada Gradual das Atividades Econômicas", afirmou Mineiro.

"O cronograma do Plano continua. O próximo passo é a retomada, dia 29, da abertura dos templos religiosos para reuniões com até 100 pessoas. Nos próximos dias o Governo editará decreto com a regulamentação", anunciou. O secretário destacou que é preciso continuar contando com o alinhamento entre as decisões do Estado e dos municípios para evitar divergências que poderão comprometer o resultado das medidas de proteção à população. “Contamos com as prefeituras, com o conjunto da população e agradecemos a dedicação especial dos profissionais da saúde e da segurança pública", acrescentou.

FISCALIZAÇÃO EM TRÊS TURNOS

O secretário estadual de Segurança Pública e Defesa Social (Sesed), coronel Francisco Araújo, informou que as ações integradas na fiscalização da orla marítima em Natal vão acontecer nos três turnos - manhã, tarde e noite.

"Vamos fazer o controle dos acessos aos estacionamentos na orla marítima, exigir o uso de máscara e não é permitido o consumo de bebida alcoólica, aglomeração de pessoas, a prática de esportes coletivos e paredões de som”, destacou ao dizer que o policiamento normal, das polícias civil e militar, continua e será acrescido por efetivo recebendo diária operacional.

“Agentes, escrivães e delegados da Polícia Civil e oficiais e praças da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros estão nas ruas para fazer cumprir as regras dos decretos de combate à Covid, inclusive em veículos descaracterizados. Nos outros 22 municípios com orla marítima também acontece a fiscalização", afirmou Araújo.

DADOS

Os dados epidemiológicos da Covid-19 mantêm maior incidência na região Metropolitana de Natal, Oeste e Vale do Assu. A taxa geral de ocupação de leitos hoje no RN é de 83%. O percentual por região é:

Oeste - 80%

Metropolitana de Natal - 84%

Pau dos Ferros - 100%

Mato Grande - 80%

Seridó - 80%.

Nas redes de hospitais públicos, privados e filantrópicos, há 519 pessoas internadas - 278 em leitos críticos e 241 em leitos clínicos. A fila de regulação tem 6 pacientes para leitos críticos, 3 para leitos clínicos e 15 aguardando transporte sanitário.

Os casos confirmados são 46.056, casos suspeitos 57.908, descartados 71.311. As mortes confirmadas chegam a 1.650 (11 nas últimas 24 horas) e há outras 200 em investigação. O indicador de isolamento social registra 39,2%.

O Governo do RN, através da secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap), continua monitorando e buscando identificar casos precoces. A subcoordenadora de Vigilância Epidemiológica da Sesap, Alessandra Luchesi informou que a partir desta sexta-feira, 24, por orientação do Ministério da Saúde, será ampliada a testagem do tipo RT-PCR para todas as pessoas que apresentarem síndrome gripal do primeiro até o sétimo dia do início dos sintomas. Antes o RT-PCR era destinado apenas para pessoal da saúde, segurança, idosos e pessoas com comorbidade. "Agora todos os pacientes poderão fazer o exame através do Lacen/RN", declarou.

FOTOS: ELISA ELSIE

22 de julho de 2020

Atividades presenciais religiosas serão retomadas no próximo dia 29

Imagem: Agência Brasil


Em reunião, por videoconferência, na tarde desta quarta-feira (22), com representantes de instituições religiosas e da Assembleia Legislativa, a Governadora Fátima Bezerra anunciou a retomada das atividades presenciais religiosa para o dia 29 de julho. Até esta data, o Governo do RN vai publicar uma portaria, no Diário Oficial do RN, tratando da regulamentação da realização de cultos presenciais em locais abertos, sem uso de ar condicionado, para um público de até 100 pessoas, ampliando a portaria nº 004/2020-GAC/SESAP que regulamentou em 23 de maio, o funcionamento de igrejas, templos, espaços religiosos e estabelecimentos similares conforme recomendações sanitárias de que trata o § 1º do art. 7º do Decreto Estadual nº 29.583, de 1º de abril de 2020. Já era permitido, dentre outras medidas, o acesso aos templos para orações individuais com distanciamento mínimo entre os frequentadores para evitar aglomerações.

Ao mesmo tempo em que agradeceu a paciência e a compreensão pela espera do anúncio, Fátima reiterou a necessidade de atenção constante à avaliação técnica da pandemia feita pelo Comitê Científico Estadual, bem como da adoção de todos os protocolos sanitários essenciais para uma retomada segura da atividade para toda a população. “Agora chegou a hora da retomada das atividades religiosas presenciais. Entendemos completamente o desejo do disciplinamento da atividade que, sobretudo durante a atual pandemia, é algo de grande importância. Importante pontuar que a pandemia não acabou ainda, a Covid não foi vencida. Como não temos a vacina, a vacina é o respeito às avaliações e aos protocolos recomendados pelo Comitê Científico Estadual”, destacou.

Sobre a realização de ações com público superior a 100 pessoas, o secretário chefe do Gabinete Civil, Raimundo Alves, enfatizou que em uma segunda fase é que será possível pensar em um público superior a 100 pessoas, mas limitado a 1 pessoa a cada 5m². “A cada semana fazemos uma avaliação da pandemia no RN com o Comitê tomada de decisões”, disse.

Para atender ao público considerado do grupo de risco, seja pela faixa etária ou a presença de alguma comorbidade, o padre Henrique, um dos representantes da Arquidiocese de Natal, informou que as missas continuarão sendo realizadas online em diversas paróquias do estado. “A preocupação da Igreja casa com a preocupação do Governo, em proteger a população e os seus fiéis. As missas online vão continuar e assim levar a palavra para os que preferirem ficar em casa”, considerou.

A reunião atendeu ao pleito apresentado pelo deputado estadual, Alberto Dickson, que encaminhou à secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) uma sugestão de Plano de Retomada das Atividades Presenciais Religiosas. “Em nome da bancada estadual, parabenizo a governadora Fátima Bezerra pela atuação do Governo na pandemia que nos últimos dias tem mostrado que o RN, em âmbito nacional, é um dos estados com casos do novo coronavírus em queda devido às medidas adotadas”, enfatizou.

Além dos já citados, participaram da reunião Petrônio Spinelli (secretário Adjunto de Saúde/RN); Samanda Alves (secretária adjunta do GAC); Altair Rocha Filho (assessor jurídico do GAC); bispo Francisco de Assis, padre Valdir Cândido e padre Paulo Henrique (representantes da Arquidiocese de Natal); pastor Miguel Arcanjo (presidente da Ordem dos Pastores de Natal) e pastor Manuel Messias.

10 de julho de 2020

Bancada do PV apresenta moção de repúdio contra vetos e política indigenista de Bolsonaro

Deputados alertam para o fato de que pandemia do novo coronavírus pode dizimar povos indígenas brasileiros.


Bolsonaro autoriza envio das Forças Armadas para o Ceará | Agência ...

A bancada do Partido Verde na Câmara dos Deputados protocolou, nesta quarta-feira (8), moção de repúdio aos vetos de Jair Bolsonaro à Lei 14.021/2020, que prevê ações emergenciais contra a COVID-19 nos territórios indígenas. O Planalto alegou que o texto cria despesa obrigatória sem demonstrar o “respectivo impacto orçamentário e financeiro”.

A lei em questão foi construída após inúmeras e profundas discussões no Congresso Nacional, visando a efetivação das medidas de proteção social para prevenção do contágio e da disseminação da Covid-19 nos territórios indígenas, além de estipular medidas de apoio às comunidades quilombolas, aos pescadores artesanais e aos demais povos e comunidades tradicionais para o enfrentamento ao coronavírus.

Segundo especialistas, a COVID-19 pode dizimar populações tradicionais, especialmente sem a devida atenção dos governantes. Assinam a moção de repúdio os deputados Célio Studart (PV/CE), Enrico Misasi (PV/SP), Leandre (PV/PR) e Professor Israel Batista (PV/DF). O vírus já atingiu 111 povos de várias etnias, sendo o total de infectados de 7.753 e o de mortes, de 349 indígenas. 

Para exemplificar a delicada situação em que se encontra esta parcela da população, a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e o Instituto Socioambiental (ISA) divulgaram trabalho em que se estima que a presença de cerca de 20 mil garimpeiros na Terra Indígena Yanomami, durante a pandemia do novo coronavírus, bem como a frágil assistência de saúde no território, ameaçam fazer com que até 40% dos indígenas que moram perto das minas ilegais se infectem com a doença. 

Nos vetos, a Presidência da República alega que o texto criava despesa obrigatória sem demonstrar o “respectivo impacto orçamentário e financeiro, o que seria inconstitucional”. Vale lembrar ainda que todo o país passa por um estado de calamidade pública e que esforços estão sendo concentrados para resguardar a vida de todos os brasileiros.

No documento protocolado, a bancada do Partido Verde destaca ainda que, em termos de política indigenista, o governo Bolsonaro tem se destacado em ações voltadas ao enfraquecimento da fiscalização ambiental; a edição de inúmeras normas infralegais e proposições voltadas, única e exclusivamente, para facilitar a exploração de seus recursos ambientais por não índios e a criação de dificuldades para o reconhecimento legal de suas áreas; culminando com a recente e irresponsável distribuição de 66 mil comprimidos de cloroquina para a população Yanomami, contra as recomendações da OMS.

O Partido Verde reafirma ainda seu compromisso de trabalhar para que estes vetos sejam derrubados no Congresso. A 56º legislatura da Câmara dos Deputados é recordista de vetos derrubados desde a redemocratização.

Outras medidas

No último mês, outros requerimentos de informações foram protocolados pelos verdes. Célio Studart (PV/CE) questionou os ministérios da Saúde e da Justiça sobre as ações efetivas para punir e retirar invasores, madeireiros e garimpeiros do interior das terras indígenas, sobre o atendimento das comunidades afetadas, o valor orçamentário destinado à estas ações, dentre outras.

7 de julho de 2020

Deputado critica ações da gestão municipal durante a pandemia

Foto: João Gilberto

O deputado Sandro Pimentel (PSDOL) utilizou seu tempo no grande expediente da sessão remota desta terça-feira (7), na Assembleia Legislativa, para fazer críticas à gestão do Município de Natal. Sandro relatou problemas na área de Saúde da capital, durante a pandemia do novo coronavírus.

“O prefeito anunciou a abertura do Hospital de Campanha que não passou de uma enganação”, disse Sandro, se referindo a problemas que surgiram desde que foi aberto. “Agora o Ministério Público Federal e o Ministério Público Estadual mostraram a Prefeitura furando a fila de espera por motivos políticos, com fins eleitorais”, relatou. Me parece que a Prefeitura não sabe a importância da regulação”, disse.

O deputado Sandro também comentou denúncia feita em grupos de médicos no whatsapp e divulgada na imprensa, onde profissionais de saúde que atuam no Hospital de Campanha, teriam relatado que algumas mortes teriam ocorrido por “erros de procedimento e desorganização na UTI”.

3 de julho de 2020

Terra volta a tremer no RN

Nesta sexta-feira (03), a rede sismográfica RSISNE integrada a RSBR registrou mais um novo tremor de terra na região de Caraúbas RN, o mesmo ocorreu as 05:32 h UTC (02:32 h hora local), a magnitude preliminar foi de 1.9 mR (Escala Richter). 


Ate o momento desta publicação não temos informação de que este evento tenha sido sentido na região, o mesmo apresenta a intensidade baixa. O LABSIS informou às autoridades competentes do município em pauta.

Esses tremores de terra em Caraúbas tem se tornado frequentes.

Epicentro do tremor.

Blog do João Marcolino

Top Ad 728x90

Top Ad 728x90