Micarla não acerta os ponteiros e procura candidato a prefeito

Em meio a um turbilhão de bombas, que não são de São João, e sim da oposição, a prefeita Micarla de Sousa mostra total desarticulação em não ter preparado um sucessor capaz de agregar, conquistar, unir e que estivesse pronto para se candidatar no caso dela não "aguentar" mais o rojão(de pólvora) e desistir da reeleição. 

Pior que isso é não ter preparado nem respaldado seus correligionários e apoiadores na última campanha.


Apoiadores e correligionários "na mão"

Todos se lembram que, em meio a tantos nomes do PV e de outros partidos da base aliada, ela fixou o seu empenho em apoiar sua irmã à Federal e seu próprio Marido a estadual. Não deu outra. Insatisfação dos seus, e derrota. 

O Ex-Deputado Luiz Almir(PV), por exemplo, hoje amarga um insucesso obviamente proveniente da não preocupação de Micarla com o seu grupo e apoiadores. Quem estava fragilizado politicamente não teve respaldo.

Com essas atitudes a prefeita criou uma imagem ruim interna, no seu grupo, e externa, com a população. Não conseguiu "dançar conforme a música" da política do RN e se "deu mal".

Política é feita com união, agregação, conversa e jogo de cintura. Agindo dessa forma ela desuniu seu grupo, desagregou, não quis conversar e não teve jogo de cintura.

Á procura de um prefeito

Com a negativa do convite feito ao Ex-Deputado Luiz Almir em ser candidato a prefeito, Micarla se encontra numa situação difícil. Sem apoio, sem rumo, sem candidato e sem convite de outros grupos.

Os correligionários estão fugindo da "responsabilidade" provavelmente devido á prova de falta de lealdade, pois, se no momento mais difícil, que era a frágil candidatura de Luiz Almir em 2010, ela resolveu investir no marido, agora está recebendo na mesma moeda, Luiz está investindo nele e, segundo suas palavras, tentará uma vaga no legislativo municipal.

NOTICIAS DO RN

Autor & Editor

Somos a Agência de Notícias que há mais de uma década traz as principais Notícias do Rio Grande do Norte, Brasil e Mundo

0 comentários:

Postar um comentário

 
biz.