Top Ad 728x90

13 de maio de 2020

, ,

Descaso: Até oxímetro falta em posto de saúde de Parnamirim


Recebemos uma denúncia muito grave vinda de Parnamirim. Pelo menos um posto de Saúde, em Nova Parnamirim, a Unidade Básica de Saúde João Dias da Costa além de estar passando aparentemente por uma reforma e diversas infiltrações no local, com móveis espalhados na recepção(no dia da realização da denúncia), falta um componente muito básico e extremamente importante para o diagnóstico e estabelecimento de critério de gravidade para o Coronavírus. Um oxímetro.

No Protocolo de saúde para o Covid-19 criado pelo Ministério da Saúde em diversos momentos estabelece que a oximetria deve ser verificada, porém, sem esse equipamento(oxímetro) não existe outra forma de realizar essa avaliação, deixando os usuários e pacientes da referida UBS sem condições de saber se realmente aquela falta de ar, por exemplo, está se transformando em algo mais sério ou prejudicando a oxigenação sanguínea para ser encaminhada. Não só nos protocolos existe essa indicação, como também nas fichas/guias de preenchimento emitidas pelo Ministério da Saúde e a Unidade Básica não está realizando.

A nossa equipe falou com o responsável que entrou em contato com a assessoria da prefeitura de Parnamirim e a resposta foi desanimadora.  



Segundo repassou a assessoria da prefeitura, a Secretaria Municipal de Saúde de Parnamirim (SESAD), ao que se entendeu, não tem previsão de receber oxímetro e ainda argumentou que o processo de compra é demorado. 

O "x" da questão. O problema não é só a pandemia. 

Na verdade o que mais preocupa não é o fato de que em período de pandemia esteja faltando o referido equipamento, no entanto, o grave da questão é que este oxímetro é um componente importantíssimo em qualquer triagem sendo, inclusive, algo básico e que a referida UBS deveria dispor mesmo fora da pandemia, o que deixa a mensagem de que estamos muito aquém de uma saúde de qualidade no município, onde, até em época de pandemia não temos um simples oxímetro para verificar a saturação do oxigênio no sangue. Isso é Grave. 

Reenviamos uma mensagem para a assessoria de imprensa indagando sobre a compra do oxímetro mas até o fechamento dessa matéria não obtivemos resposta.

Veja a nota da Prefeitura na íntegra

"Bom dia! Recebemos a reposta da Sesad. Segundo a secretaria já foram feitos os pedidos de oxímetros para todas as unidades de saúde - pedidos esses que, como o amigo sabe, no poder público devem ser feitos através de processo licitatório, diferentemente da iniciativa privada. Atualmente um dos maiores entraves está nos prazos que os fornecedores de materiais estão pedindo para entregar os insumos, alguns chegam a até 180 dias, para se ter uma ideia! A Sesad finaliza dizendo que os oxímetros, semelhante a máscaras e respiradores, que passam pela mesma dificuldade na entrega, já foram adquiridos e solicitados. A secretaria aguarda a chegada do material para encaminhamento não só à UBS em questão, como a todas as demais."

O Notícias do RN é um veículo de imprensa que sempre defendeu a população e por esse motivo continua sua luta para transformar e melhorar o Rio Grande do Norte através de um jornalismo investigativo e sério. Estamos no aguardo dessa resolução. 

0 Comentários:

Postar um comentário

Top Ad 728x90