Top Ad 728x90

25 de janeiro de 2011

, , , ,

Ceará-Mirim: Ministra da Pesca visita projeto de tilapicultura

             Após cumprir agenda administrativa ao lado da governadora Rosalba Ciarlini, na manhã dessa segunda-feira (24), a ministra da Pesca e Aquicultura, Ideli Salvatti, seguiu para o município de Ceará-Mirim, onde visitou o Assentamento Residencial Agrícola de Canudos.

Lá, Ideli foi recebida pelos integrantes do projeto de tilapicultura (criação de tilápia em viveiros) e fruticultura do assentamento. Ao final da apresentação feita por uma das coordenadoras da Agência Regional de Comercialização do Mato Grande – Arco, Livânia Frison, a ministra se disse emocionada com o trabalho desenvolvido no assentamento, realizado de forma integrada e possível graças à união de esforços de Ministérios, Secretarias, universidades e instituições financeiras.


Livânia Frison agradeceu a presença da ministra na comunidade e ressaltou as melhorias recentes conseguidas junto ao Ministério da Pesca e Aquicultura para os atuais 54 viveiros, que têm produção media anual de 183 toneladas. De acordo com Livânia, atualmente 16 municípios estão envolvidos na atividade de tilapicultura e fruticultura. A coordenadora da Arco também apresentou projetos de beneficiamento de couro de tilápia. "Já estamos pensando no benefício para possibilitar aumento de renda e gerar, através do artesanato, oportunidade de trabalho para as mulheres da comunidade", disse.

O secretário de Estado da Agricultura, da Pecuária e da Pesca, Betinho Rosado, acompanhou a ministra e se pronunciou sobre as ações desenvolvidas na comunidade. "Queremos consolidar através das ações da Secretaria o compromisso assumido por Rosalba Ciarlini de continuar com propostas onde o fator econômico se volte também para o social", frisou.

Após a visita ao assentamento em Ceara-Mirim, a ministra Ideli Salvatti se dirigiu ao Porto de Natal, onde foi recebida por diretores e técnicos da Codern para visitação a um navio de bandeira japonesa que está atracado no local. A embarcação é uma das 16 da frota arrendada pelo Governo Federal no intuito de garantir o fechamento da cota pesqueira a qual o Brasil tem direito.

Na ocasião, a ministra reiterou o compromisso firmado na manhã de hoje com a governadora Rosalba Ciarlini de entregar o mais breve possível o Terminal Pesqueiro de Natal e disse aos tripulantes da embarcação que todas as medidas para a conclusão da obra serão tomadas. "O que eu quero é que esse Terminal já esteja pronto quando vocês voltarem", disse Ideli à tripulação que segue para alto-mar na próxima sexta-feira.

A embarcação é semelhante aos outros cinco navios que ainda chegarão ao Rio Grande do Norte. Eles têm, em média, 50m de comprimento por 9m de largura, capacidade para 600 toneladas de combustível e 300 toneladas de pescado armazenado nas câmaras frigorificas, que operam em temperatura de -60°C.

De acordo com o coordenador de Análise de Perigos e Pontos Críticos de Controle (APPCC), Uilians Ruivo, estão sendo feitos os registros necessários junto ao Ministério da Agricultura para que seja autorizado o SIF – Serviço de Inspeção Federal. Ainda segundo Uilians, as embarcações já contam com regulamentação perante a União Europeia para operar, também, naquelas águas.


1 Comentários:

  1. Nós temos as condições e a técnica para transformarmos o País num dos maiores e melhores produtores no setor da pesca e aquicultura do mundo, o que nos faltava era a seriedade e o comprometimento do Governo o que agora teremos com a nova gestão que se iniciou em 2011, participativa e atuante buscando sempre o desenvolvimento sustentável, a organização administrativa combinada com as melhores técnicas de governança, sempre na busca de alcançarmos os patamares ideais de qualidade e tecnológicos. Alexandre Uriel (Conselheiro da FIESP e Vice-Presidente do IRB-Instituto Recupera Brasil)

    ResponderExcluir

Top Ad 728x90