Notícias do RN

Polícia

Video News

Natal ganhará mais 25 mil novos hidrômetros

Por Agência RN
Natal recebeu somente este ano 16 mil novos hidrômetros para evitar perdas de água e garantir que os usuários paguem pelo que consumir. A Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) já substituiu outros três mil hidrômetros que apresentavam defeitos, somando 19 mil novos medidores instalados somente em 2010 na capital potiguar. Segundo informações da Gerência Comercial da empresa, até o final do ano devem ser instalados mais seis mil hidrômetros em diversos bairros, totalizando 25 mil novos medidores.

Atualmente, os bairros que estão recebendo os novos hidrômetros são Tirol, Ribeira, Mãe Luiza, Cidade Nova, Cidade da Esperança e Felipe Camarão. Na Zona Norte de Natal, a instalação está ocorrendo no Vale Dourado. Existe a previsão de que a instalação comece em Capim Macio ainda este mês. No ano passado, a Caern substituiu e instalou mais de oito mil hidrômetros em Natal.

Na Zona Norte, ainda ocorrerá instalação em Nova Natal, Paraíso, Novo Horizonte, Santarém, Parque das Dunas e Igapó. Em Mãe Luiza, por exemplo, a instalação prossegue até abril do próximo ano. Também há instalação prevista para o Barro Vermelho e Bom Pastor. O trabalho é feito pelas empresas terceirizadas Inco e Enops, mas todos os funcionários possuem crachá com identificação que está a serviço da Caern, além de adesivagem dos veículos. Após a finalização do trabalho em Natal, o contrato prevê a instalação de hidrômetros em Parnamirim e Mossoró.

A Caern vem trabalhando em áreas que possuem maior carência de hidrômetros. Em Mãe Luiza, por exemplo, a falta de medidores estava gerando problemas como desabastecimento. Isto porque quando se paga uma tarifa média em razão da inexistência do hidrômetro, o consumidor acaba desperdiçando o produto.

De acordo com o assessor comercial da Caern, José Dantas, o hidrômetro é um instrumento importante porque conscientiza sobre o consumo real do usuário. "Com o hidrômetro, o cliente paga o que consome realmente e não uma média estimada, independente do consumo", informa José Dantas. Ele lembra ainda que, embora seja feito um trabalho de esclarecimento do consumidor, a instalação do hidrômetro é um direito da Caern e está prevista na legislação de saneamento.

O alto consumo se dá pela falta de medição. A Caern conscientiza sobre a necessidade dos usuários permitirem a instalação de hidrômetros na primeira vez, apesar de existir uma resistência estimada de 15%. Por este motivo, a equipe da Caern está treinada para orientar as pessoas sobre a importância de instalação do hidrômetro com o objetivo de distribuir água igualitariamente. Com os hidrômetros, o consumidor se conscientiza, adota medidas de redução do desperdício e passa a consumir o que realmente precisa.


Unknown

Somos a Agência de Notícias que há mais de uma década traz as principais Notícias do Rio Grande do Norte, Brasil e Mundo.

Nenhum comentário:

Deixe o seu comentário

Jornais do RN

Arquivo de Notícias