Top Ad 728x90

21 de novembro de 2009

PATU: NOVO CAPÍTULO DA NOVELA POLÍTICA DO MUNICÍPIO



Esta semana a cidade de Patu começou a presenciar mais um capítulo de sua história política.
Na votação da Lei de Diretrizes Orçamentárias- LDO, ocorrida no último dia 17/11 e que foi encaminhada somente agora para votação no legislativo, o vereador Alexandrino Suassuna (PMDB), presidente da casa, transferiu a presidência para a vereadora Lourdes Leão, para garantir a aprovação da lei.
Até aí nada de novo, haja vista que esta transferência não é novidade no legislativo brasileiro. O que estranha é o fato de que Alexandrino Suassuna o Xanxan, até março do corrente ano, era opositor ferrenho do grupo de situação, inclusive disputou o cargo de prefeito do município com a atual gestora Evilásia Gildênia (PSB).
Pode-se argumentar que por ser matéria importante para o município o Xanxan tenha deixado as diferenças políticas de lado e tomado posição para benefício do município. Pode ser, esta hipótese não está descartada. Mas, quem acompanha a política da cidade e conhece suas entrelinhas já começa a enxergar um distanciamento dos vereadores de oposição.
Logo após a votação, um vereador de oposição, que até segunda feira 16/11/2009, se dizia liderado de Xanxan, publicou uma nota em seu blog onde se diz surpreso com a transferência da conta corrente da Câmara Municipal daquele município para agência do Banco do Brasil de Umarizal, ainda mais que na cidade há também uma agência do Banco do Brasil, esta, vizinho a Casa Legislativa.
Pelo que está se desenhando nos quadros políticos da cidade, é bem provável que o grupo de oposição tenha mais esta baixa.
Digo isto porque o PMDB, partido liderando por Alexandrino, estará em 2010 no mesmo palanque do PSB partido da Prefeita Evilásia.
É só aguardar.
Aí vem a pergunta. Quem será o líder da oposição? Será que em Patu, após a concretização das alianças ainda terá oposição?
Fiquem de olho.           

0 Comentários:

Postar um comentário

Top Ad 728x90