Top Ad 728x90

30 de dezembro de 2008

PREFEITA ELEITA DIZ QUE NÚMEROS ENVIADOS PELO EXECUTIVO SÃO INVERÍDICOS

A prefeita eleita de Natal Micarla de Sousa acusa a atual gestão de não repassar os números reais da administração. Segundo ela, pela falta dos dados "verídicos" foi necessário fazer um “freio de arrumação” na reforma administrativa que está sendo planejada.

“Recebemos informação, logo nos primeiros dias, que mostravam 750 cargos comissionados e 750 funções comissionadas. O número de cargos comissionados fica nisso, o problema são as funções. Em 30 de junho a administração sancionou lei criando 2.221 funções gratificadas só para a área da Saúde. Quando nos deparamos com isso eu dei uma parada na reforma administrativa, porque não adianta fazer uma reforma com dados que não são verdadeiros”, comentou a prefeita eleita.

Micarla de Sousa disse que a reforma administrativa já está 90% pronta, mas não tem como ser feita sem que ela tenha acessoa aos dados reais da Prefeitura. “Dei um freio para que possamos definir a reforma após o dia 2 quando a gente sentar lá e ver que números são esses. A Prefeitura disse que terceirizados são 1.500, mas temos dados de que chegam a 6 mil cargos”, ressaltou a prefeita, durante entrevista a um programa de emissora local.

0 Comentários:

Postar um comentário

Top Ad 728x90