Pinterest

Advertise

Notícias do RN

Eleições: Em PATU, Rivelino se intitula "Maior liderança Política da cidade" e anuncia apoio a velhos nomes da política e investigados



Rivelino - Raimundo Fernandes e Walter Alves 

Esta semana em Patu, cidade localizada no oeste Potiguar, circulou na imprensa local a declaração do Prefeito Rivelino Câmara (MDB) sobre os nomes que irá apoiar para o Senado, Assembleia Legislativa e Câmara Federal.


Seria mais um anúncio, se não fosse por duas situações que, para o leitor não muito atento, poderia passar despercebido.

O primeiro fato recai sobre os nomes anunciados pelo prefeito, que na verdade, não passam de nomes já bastante conhecidos do povo do Estado do Rio Grande do Norte. 

Para o Senado, Câmara anunciou o apoio a Garibaldi Alves Filho (MDB) e José Agripino Maia (DEM), estes investigados pela Operação Lava Jato por corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Maia por sinal, além de ser o mais rejeitado pelo eleitor, segundo recente pesquisa realizada, também se encontra ameaçado de não se reeleger. 

Já para Câmara Federal o Chefe do Executivo Patuense anunciou que apoiará o emedebista Walter Alves, filho de Garibaldi Alves e Sobrinho de Henrique Alves, este último, preso desde julho passado por Corrupção. Walter, diga-se de Passagem, também é investigado na Operação Lava Jato. 


Na corrida para uma vaga na Assembleia Legislativa quem ganhou o apoio do Prefeito foi o “nobre” deputado Raimundo Fernandes (PSDB) que é investigado no caso da Dama de Espada, investigação esta de revelou um milionário esquema de desvio de verba pública no âmbito da Assembleia Legislativa. 

Como se não bastasse, o “nobre” deputado foi flagrado recentemente em uma cena inusitada no Plenário da AL. O parlamentar visivelmente descontrolado “deu o dedo” aos servidores públicos que se encontravam reivindicando seus direitos na Casa do Povo.

O Descontrole do Deputado a servidores do Estado 


O segundo fato, que chama atenção para a notícia é que Rivelino ao anunciar os apoios portou-se como o líder do grupo que venceu as eleições em 2016.



Naquela época Rivelino atribuía esta liderança ao então Secretário de Saúde e ex-prefeito de Patu Ednardo Moura (MDB), hoje a história não é mais a mesma. Veja link de uma matéria antes da eleição: http://comunicadorefectivo.blogspot.com.br/2016/03/em-brasilia-pre-candidato-rivelino.html.

Fontes ligadas ao blog informaram que Ednardo tem dito - a quem lhe procura para intermediar qualquer assunto com o chefe do executivo– que não tem o mesmo acesso de outrora e que, atualmente, não teria força para com o prefeito. “para você ter uma ideia, não faço parte nem da administração, me chamam somente para os eventos.”, teria ele confidenciado a nossa fonte. 

A mesma reportagem cita uma pesquisa de opinião em que supostamente estaria com 75% de aprovação de seu mandato. 

Acreditamos que a sondagem não foi qualitativa e, o anúncio não observou o anseio da população que quer o novo na política, tanto é que os caciques estão cada vez mais perdendo espaço para o “efeito Dória” como ocorreu na cidade de São Paulo e, como vem ocorrendo no pais onde Bolsonaro aparece em 2º lugar para a corrida presidencial. 

Ao contrário do que destaca a publicação que apregoa  a união do grupo de Rivelino, onde afirmam que 06 (seis) vereadores acompanham seu projeto, na verdade, 02(dois) dos seis vereadores que formam a base aliada do prefeito, já declararam apoio a outros nomes, o que se refuta a tese de “União” do grupo de situação Patu/RN. 

Assim, perdeu o prefeito de ser realmente “espetacular” e não midiático, como já vem sendo chamado, de tentar transformar a política. Optou pela velha que certamente já esta com seus dias contados. Na UTI certamente!

NOTICIAS DO RN

Somos a Agência de Notícias que há mais de uma década traz as principais Notícias do Rio Grande do Norte, Brasil e Mundo.

Nenhum comentário:

Deixe o seu comentário

Arquivo de Notícias