Recuperação do calçadão não resolve o problema de Ponta Negra



Apesar da prefeitura ter anunciado o início das obras de recuperação do calçadão de Ponta Negra para abril, essa situação é apenas a "Ponta do IceBerg" de um problema que vem se perpetuando há anos que são os efeitos da maré sobre esse passeio público. 

O prefeito Carlos Eduardo esteve em Brasília, nesta quinta-feira (21), conforme foi noticiado, se reunindo com o Ministro da Integração Nacional e com o secretário nacional de Defesa Civil, onde, na ocasião conseguiu garantir a liberação dos R$ 5,3 milhões que faltavam para iniciar a reconstrução do calçadão. 

A liberação de recursos apenas para a recuperação(primeira etapa) não deve ser motivo de comemoração, pois ainda há uma situação bem mais desafiadora a ser resolvida.

Dessa forma, nesta sexta-feira(22), o prefeito volta a se reunir com o secretário nacional de Defesa Civil para pleitear a liberação dos R$ 17 milhões orçados para essa outra etapa do projeto. “Estamos otimistas de conseguir também esses recursos”, disse Carlos Eduardo.

A segunda etapa envolve uma questão complexa e cara que é a engorda da faixa de areia e a realização de obras definitivas que minimizem a força das ondas sobre a orla, inclusive, conforme informou a assessoria de imprensa, não está descartada a construção de um “espigão” semelhante aos instalados nas praias de Areia Preta e da Redinha. Novos estudos serão feitos para orientar essa fase da obra.

NOTICIAS DO RN

Autor & Editor

Somos a Agência de Notícias que há mais de uma década traz as principais Notícias do Rio Grande do Norte, Brasil e Mundo

0 comentários:

Postar um comentário

 
biz.