Recuperação do calçadão não resolve o problema de Ponta Negra



Apesar da prefeitura ter anunciado o início das obras de recuperação do calçadão de Ponta Negra para abril, essa situação é apenas a "Ponta do IceBerg" de um problema que vem se perpetuando há anos que são os efeitos da maré sobre esse passeio público. 

O prefeito Carlos Eduardo esteve em Brasília, nesta quinta-feira (21), conforme foi noticiado, se reunindo com o Ministro da Integração Nacional e com o secretário nacional de Defesa Civil, onde, na ocasião conseguiu garantir a liberação dos R$ 5,3 milhões que faltavam para iniciar a reconstrução do calçadão. 

A liberação de recursos apenas para a recuperação(primeira etapa) não deve ser motivo de comemoração, pois ainda há uma situação bem mais desafiadora a ser resolvida.

Dessa forma, nesta sexta-feira(22), o prefeito volta a se reunir com o secretário nacional de Defesa Civil para pleitear a liberação dos R$ 17 milhões orçados para essa outra etapa do projeto. “Estamos otimistas de conseguir também esses recursos”, disse Carlos Eduardo.

A segunda etapa envolve uma questão complexa e cara que é a engorda da faixa de areia e a realização de obras definitivas que minimizem a força das ondas sobre a orla, inclusive, conforme informou a assessoria de imprensa, não está descartada a construção de um “espigão” semelhante aos instalados nas praias de Areia Preta e da Redinha. Novos estudos serão feitos para orientar essa fase da obra.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Estudantes reclamam de erro na página do FIES da Caixa Econômica

LEITOR MANDA ARTIGO RELATANDO SUA EXPERIÊNCIA NO EXAME DE ORDEM 2009.2