Deputado do RN entra com projeto de lei para incluir tipo de sangue em Indentidades

Saber o tipo de sangue e o fator RH de uma vítima de qualquer tipo de acidente, na maioria das vezes leva um certo tempo para equipes de resgate que trabalham para salvar vidas ou amenizar o sofrimentos das pessoas. Pensando em otimizar esse tempo, o deputado estadual, Walter Alves deu entrada hoje (05), num Projeto de Lei que caso aprovado pela Assembleia Legislativa e sancionado pelo Governo do Estado do RN, o ITEP, órgão responsável por emitir carteiras de identidade terá que colocar no documento de identidade, RG, o tipo de sangue e o fator RH de quem for emitir o documento.  O projeto do parlamentar, Walter Alves prevê que a informação sobre o tipo de sangue e fator RH é facultativa e tem finalidade de facilitar o trabalho das equi­pes de salvamento e as emergências dos hospitais em atendimento de toda natureza.  O objetivo principal do PL é facilitar e ampliar o trabalho das equipes de resgate, bem como os serviços de emer­gência dos hospitais.
"As ocorrências emergenciais, advindas muitas vezes de acidentes, tendem a provocar ferimentos que ocasionam perda de sangue por cortes, fraturas ou hemor­ragias, sendo imprescindível muitas vezes a realização emergencial de transfusões. Com um documento oficial fornecido pelos órgãos oficiais, médicos, paramédicos e enfermeiros ganharão tempo e poderão realizar o proce­dimento com segurança, aumentando a probabilidade de salvamento, ou seja, as equipes de salvamento terão dados mais precisos para o primeiro atendimento que, muitas vezes, é fundamental para salvar a vida da vítima", esclarece Walter.

NOTICIAS DO RN

Autor & Editor

Somos a Agência de Notícias que há mais de uma década traz as principais Notícias do Rio Grande do Norte, Brasil e Mundo

0 comentários:

Postar um comentário

 
biz.