"Boa Notícia": Traficante FB será transferido para presídio federal de Mossoró

Os traficantes Fábio Atanásio da Silva, o FB, e Luiz Claudio Serrat Correa, o Claudinho CL, serão transferidos para o presídio federal de Mossoró (RN). 
 No mesmo Presídio está preso o mega traficante Fernandinho Beira - Mar 

Reprodução
Fabiano Atanázio da Silva em cartaz do Disque-Denúncia
Fabiano Atanázio da Silva em cartaz do Disque-Denúncia
Divulgação/Seap
Fabiano Atanazio da Silva, o FB, teve os cabelos cortados no complexo penitenciário de Gericinó, em Bangu (zona oeste do Rio)
FB com os cabelos cortados no complexo de Gericinó, no Rio
O pedido de transferência foi feito nesta segunda-feira pela Secretaria de Segurança do Estado ao Tribunal de Justiça. Segundo o TJ, os dois serão transferidos nesta terça-feira, em um voo de carreira.
FB e Claudinho CL foram presos na noite de sexta-feira (27) em uma casa de luxo em Campos do Jordão (181 km de SP).
FB está preso no complexo penitenciário de Gericinó, em Bangu, na zona oeste do Rio.
Ele é um dos líderes da principal facção criminosa que atua no Rio, o Comando Vermelho, é ex-chefe do tráfico da Vila Cruzeiro, no Complexo do Alemão, antes da ocupação da polícia e teria sido responsável pela queda de um helicóptero da Polícia Militar em outubro de 2009, quando dois policiais morreram.


Segundo a polícia, ele teria confessado ao delegado Antenor Lopes, titular da 25ª DP (Engenho Novo) que comandou a fuga de traficantes do Complexo do Alemão durante a ocupação daquela comunidade.
Contra ele, havia sete mandados de prisão pelos crimes de tráfico de drogas, homicídio, sequestro, assalto a mão armada e porte ilegal de arma de fogo.
Na casa onde FB foi encontrado, estavam ainda dois filhos dele e uma babá. A casa de luxo no bairro de Alto Capivari, em Campos do Jordão, foi alugada por R$ 18 mil reais, por intermédio de um suposto traficante de São Paulo também preso. Na garagem do imóvel havia uma BMW e uma moto R1.
No mesmo imóvel os policiais prenderam o traficante Luis Cláudio Serrat Correa, o "Claudinho CL" ou "Claudinho do Dona Marta", chefe do tráfico dos Morros do Cajueiro e Congonhas (zona norte do Rio).
Claudinho é acusado de ter assassinado em 2008 o diretor do presídio de Bangu 3, o tenente coronel José Roberto do Amaral Lourenço. Contra ele havia seis mandados de prisão pelos crimes de tráfico de drogas, roubo, latrocínio e homicídio.
A chefe da Polícia Civil do Rio, Martha Rocha, afirmou que o governador Sérgio Cabral (PMDB) cedeu um jato para a transferência do traficante de São Paulo para o Rio. "Quero agradecer o governador Sérgio Cabral que entendeu a importância dessa prisão", disse a delegada.
Segundo Martha Rocha, a prisão de FB representa mais um baque para o tráfico de drogas do Rio de Janeiro "Ao longo desses 11 meses a Polícia Civil prendeu 20 importante traficantes, sendo sete do Complexo do Alemão, fora o FB. "Hoje a gente faz essa importante prisão, não só pelo que ele representa dentro do Complexo do Alemão, mas por que estamos tirando de circulação alguém com alto poder de articulação ", ressaltou a delegada.

NOTICIAS DO RN

Autor & Editor

Somos a Agência de Notícias que há mais de uma década traz as principais Notícias do Rio Grande do Norte, Brasil e Mundo

0 comentários:

Postar um comentário

 
biz.