Pinterest

Advertise

Notícias do RN

Agricultores de Ceará Mirim e região recebem capacitação para cultivo de mangaba e goiaba


Ação é uma parceria do Governo do Estado com o Projeto Governo Cidadão, como parte do compromisso de salvaguardas ambientais

Agricultores de Ceará Mirim, João Câmara, São Gonçalo do Amarante, Rio do Fogo, Touros, Maxaranguape, Taipu e Natal, além de técnicos do Instituto de Assistência Técnica e Extensão Rural do RN (Emater-RN), participaram, nesta quinta-feira (17), da 4ª Jornada de Manejo Integrado de Cultivos (MIC). A atividade aconteceu no Assentamento Santa Águeda, em Ceará Mirim, quando foram promovidas capacitações focadas na cultura da mangaba e da goiaba. A ação é uma parceria do Governo do Estado com o Projeto Governo Cidadão, como parte do compromisso de salvaguardas ambientais, no âmbito do acordo de empréstimo com o Banco Mundial.

Durante as explanações feitas pelos engenheiros agrônomos e pesquisadores da Empresa Estadual de Pesquisa Agropecuária da Paraíba (Emepa-PB) e da Embrapa Tabuleiros Costeiros (SE), Edvaldo Galdino Ferreira e Marcos Moreira, respectivamente, foram pontuadas estratégias de gestão da produção da mangabeira e goiabeira, de maneira a minimizar o uso de agrotóxicos e dos nutrientes do solo e da água, destacando a importância da avaliação prévia das necessidades do cultivo.

"É importante ainda que, antes de se começar a produção, o produtor respeite a genética da cultura, identificando se o solo disponível é compatível com a frutífera em questão, como o mesmo pode e deve ser preparado, além das técnicas a serem utilizadas, desde a plantação até a colheita", disse Marcos Moreira, ressaltando que também é objetivo dessas qualificações, mostrar que é possível manter uma atividade sustentável e que não comprometa a qualidade e a disponibilidade de recursos. 

Tomando nota de todo o conteúdo explanado, o agricultor de Ceará Mirim, Otaviano Medeiros, de 72 anos, diz que há muitas décadas produz hortaliças e que está animado para entrar no ramo das frutas. "Nunca pensei que me interessaria pelo cultivo das frutas, porque não é fácil lidar com cultivo do que quer que seja. Quando se compra o produto pronto, embalado, os clientes nem imaginam o que o produtor passou até ali. Mas com todas essas aulas sobre semeio, irrigação, manejo de pragas e colheita, a gente fica mesmo é balançado a tentar", disse em meio a risos, completando: "Sem falar que vou poder produzir a fruta que tem o melhor suco do mundo, que é a mangaba", finalizou.

Este 4º ciclo de capacitações está acontecendo durante toda a semana, ao longo do RN. Na terça-feira (15), a jornada ocorreu no Campus da UERN (Assu); na quarta-feira (16), no Assentamento Oziel Alves (Mossoró); e nesta sexta-feira (18) será no Assentamento Nova Vida II (Maxaranguape).

Foto: João Vital

Editor

Somos a Agência de Notícias que há mais de uma década traz as principais Notícias do Rio Grande do Norte, Brasil e Mundo.

Nenhum comentário:

Deixe o seu comentário

Arquivo de Notícias