Top Ad 728x90

7 de março de 2013

, ,

Ex-mulher de Chorão é acusada por familiares em velório


  • Fábio Braga / Folhapress
    O guitarrista Marcão, do Charlie Brown Jr., se despede de Chorão em velório em Santos
Sob aplausos dos fãs e protestos de sua irmã, o corpo do cantor Chorão começou velado nesta quarta (6), em São Paulo, com uma bandeira do Santos cobrindo seu caixão.

O velório começou as 23h20 e ficou fechado por cerca de uma hora e meia para a família, para só depois ser aberto ao público. Os primeiros amigos a chegarem ao velório foram os integrantes do Charlie Brown Jr.
Ex-mulher do cantor causa tensão na família
A chegada da ex-mulher do cantor, Graziela Gonçalves, causou tensão no velório. A estilista chegou discretamente e ficou em um lugar separado. Ela se aproximou do caixão apenas por breves momentos.
Pouco antes da chegada de Graziela, a irmã de Chorão, Tania Wilma Abrão, afirmou aos gritos que a ex-mulher era a culpada pela morte de seu irmão. A família acredita que a separação foi a responsável pela depressão que levou Chorão a morte. Mais cedo, no IML de São Paulo, o irmão do vocalista, Ricardo Abrão, já havia se desentendido com Graziela. 
O apartamento do cantor, na zona oeste da capital paulista, seria o reduto de Chorão para o consumo de drogas, o que incomodava Graziela, casada com Chorão havia 15 anos. Eles estavam separados desde o final de 2012, mas ainda não tinham oficializado o divórcio. "A droga afastou muito os dois, mas eles tinham muito carinho um pelo outro. Ela era a família dele", contou a amiga da família.

Top Ad 728x90