Notícias do RN

Polícia

Video News

Editoria

Bugueiros conversam com a prefeita sobre prejuízos no setor

"Nossa missão é defender os veículos que sejam legalizados". A declaração da prefeita do Natal, Micarla de Sousa, foi dada na tarde desta quinta-feira (11), na Secretaria Municipal de Turismo e Desenvolvimento Econômico (Seturde), aos presidentes do Sindicato dos Bugueiros Profissionais do RN (Sindbuggy/RN), Paulo Henrique Severo, e do Sindicato dos Condutores Autônomos de Veículos Rodoviários e Taxis do RN (SCAVRRN), Alex Manguinho.
A pauta da audiência foi o problema da atuação de veículos não legalizados que atuam fazendo os mesmos serviços dos taxistas de Natal e bugueiros do Estado. A chefe do executivo municipal natalense determinou à secretária municipal de Mobilidade Urbana (Semob), Elizabeth Thé, também presente à reunião, que se reúna com os dois representantes sindicais para discutir as estratégias de como resolver esta situação.

Uma das medidas que necessitam ser implementadas de forma urgente, segundo os presidentes do Sindbuggy/RN e SCAVRRN, é intensificar a fiscalização através dos agentes de trânsito da Semob, junto aos transportes clandestinos. "Entretanto, em um primeiro momento, deveremos fazer um trabalho de conscientização", disse a prefeita Micarla de Sousa.
A chefe do executivo municipal voltou a afirmar que sua gestão está totalmente voltada para ser parceira das duas entidades no sentido de resolver o problema e dessa forma prestar um serviço de qualidade para a população natalense e para os turistas que visitam a cidade.
Prejuízos
O presidente do Sindbuggy/RN, Paulo Henrique, disse que nos últimos dois anos o problema da ação dos veículos clandestinos junto aos táxis e bugues tem se intensificado, ao ponto de prejudicar a qualidade do serviço, como também a renda dos profissionais legalizados. "O mais grave é que muitas pessoas que realizam este serviço de forma não legalizada não estão preparados e podem provocar acidentes graves aos passageiros, como, por exemplo, se for um bugueiro num passeio nas dunas de Genipabu", alertou o presidente Paulo Henrique.
"Os clandestinos agora estão disputando diretamente os passageiros nos pontos de táxis e bugues, o que tem gerado conflitos preocupantes com os profissionais que são legalizados e se sentem prejudicados, inclusive na diminuição do número de viagens realizadas", informou o presidente Alex Manguinho.
Os dois representantes sindicais entregaram à prefeita Micarla de Sousa uma lista com o tipo e placas de cerca de 20 veículos já identificados fazendo este serviço de forma clandestina. "Vou me reunir com os presidentes do Sindbuggy/RN e SCAVRRN para traçar as metas de atuação conjunta, no sentido de resolver esta situação, que não é boa para a cidade, principalmente porque estamos nos preparando para ser uma das sedes da Copa do Mundo de Futebol, quando receberemos visitantes de vários lugares do mundo", ressaltou a titular da Semob, Elizabeth Thé.

Unknown

Somos a Agência de Notícias que há mais de uma década traz as principais Notícias do Rio Grande do Norte, Brasil e Mundo.

Nenhum comentário:

Deixe o seu comentário

Jornais do RN

Arquivo de Notícias