Deputados se reúnem para discutir sobre Barragem de Oiticica

O deputado estadual Nelter Queiroz (PMDB) foi recebido em audiência no final da manhã desta terça-feira (12), em Brasília, pelo presidente da Câmara Federal, deputado federal Henrique Eduardo Alves, para tratar de diversos pleitos para os municípios do Seridó e Vale do Açú.

O principal tema da audiência entre os dois aliados políticos foi a discussão em torno da construção da Barragem de Oiticica, importante obra hídrica que vai solucionar o problema da falta de água nas Regiões do Seridó e Vale do Açú.
Henrique garantiu a Nelter que já na próxima segunda-feira (18), estará sendo assinado o convênio entre DNOCS e Governo do Estado, para no máximo em 90 dias ser dada a ordem de serviço da obra, que teve novo projeto elaborado pela Secretaria Estadual de Recursos Hídricos, e já tem os recursos assegurados através do PAC 2. "O deputado Henrique nos garantiu que o início das obras de construção da Barragem de Oiticica ocorrerá o mais rápido possível, acredito eu, que até julho", afirmou Nelter ao término da audiência.

O deputado Nelter Queiroz ainda aproveitou a audiência com o presidente da Câmara Federal, para expor a realidade de todos os municípios do Seridó, e já fez alguns pleitos que ele considera importante, como a construção de um abatedouro público para o município de Cruzeta, a construção da estrada ligando Florânia a Serra do Cajueiro, o complemento da estrada ligando São Vicente a Serra de Santana, a construção de um Teatro no município de Jucurutu e a reforma da Praça Janúncio Afonso, onde acontece a tradicional Festa do Natal. "Ao chegar de Brasília, vou procurar os prefeitos, para elaborarem projetos e até o final do ano termos o início das referidas obras", disse Queiroz.

Ao final do encontro, Henrique encarregou Nelter de pedir a cada prefeito do Seridó, um pleito, para se lutar por sua concretização.

ASSESSORIA

NOTICIAS DO RN

Autor & Editor

Somos a Agência de Notícias que há mais de uma década traz as principais Notícias do Rio Grande do Norte, Brasil e Mundo

0 comentários:

Postar um comentário

 
biz.