Gilson Moura X Maurício Marques: A "caixa de pandora" foi aberta

Imagem: Divulgação
Escrito por Oliveira (e-mail)
Campanha tímida e tranquila, sem acusações, sem controvérsias. Essa era a realidade de Parnamirim logo no início da corrida eleitoral. 

O que era tímido, porém, cedeu lugar a ousadia, o que era tranquilo se fez agitado e o que não acusava passou, então, a tagarelar pelos quatro cantos da cidade os diversos erros, acertos, deslizes, verdades e inverdades dos candidatos.

Nos últimos dias observamos uma série de acontecimentos que simplesmente estão sendo recorrentes na campanha, as acusações.

Os principais oponentes na busca pela administração de Parnamirim, Gilson Moura e Mauricio Marques travam uma verdadeira batalha, um acusando o outro.

O prefeito Maurício Marques acusa o Deputado Gilson Moura de não ter elaborado nenhum projeto que beneficiasse Parnamirim, como resposta o grupo do Deputado diz, nos comícios e caminhadas, que a responsabilidade de Parnamirim é principalmente do prefeito e ainda cita Agnelo Alves como um Deputado que se elegeu com os votos dos eleitores da cidade mas que até agora também não elaborou nenhum projeto para Parnamirim. Ainda como defesa o grupo de Gilson destaca que o parlamentar conseguiu, juntamente com a ex-governadora Wilma de Faria, através de requerimento, um restaurante popular e aumentou a frota de motos para policiamento, Mauricio rebate.

A "Caixa de Pandora" foi aberta 

Assim que Gilson foi alfinetado por Maurício eis que cuidou de abrir a "Caixa de Pandora" e começou a revelar algumas coisas sobre o prefeito Maurício Marques. O primeiro "Mal" (ler rodapé) que foi revelado ao povo de Parnamirim foram os 68 processos que Marques responde na justiça e que rendeu o "título" de prefeito mais processado do RN segundo o Jornal de Hoje, onde 57 tramitam em primeira instância e os 11 restantes já em grau de recurso em segunda instância. Dessa lista, 15 processos são de ações por improbidade administrativa, por violação dos princípios administrativos e ainda constam ações penais.

A oposição usa esses processos para mostrar que o prefeito não é Ficha Limpa, porém, devido a morosidade dessas ações ainda não houve condenação.

Como resposta, a equipe de Maurício espalhou uma mensagem fazendo uma associação entre a administração Micarla como um possível modelo para a gestão de seu oponente. Como o candidato do PV não recuou, Maurício começou a endurecer o tom das críticas ao Deputado e lançou em seus carros de Som uma gravação abrindo a caixa de Pandora mais uma vez para insinuar um possível envolvimento do Deputado com um indicado.

Além dos carros de som falando dos supostos "males" do Deputado, o Jornal Tribuna do Norte traz, durante os últimos dias, praticamente uma cobertura sobre os últimos eventos de uma operação e um processo da Justiça Federal onde se tenta fazer, mais uma vez  associação com o Deputado Estadual, mas que, para a oposição, é apenas uma estratégia para tentar reavivar na memória da população um evento sem fundamento e tentar imputar um processo contra Gilson, que não existe.

Como represália à atitude de Marques, segundo informações ainda não confirmadas, a caixa de Pandora possivelmente será aberta novamente e, dessa vez, o alvo poderá ser o ex-prefeito Agnelo Alves. Vamos aguardar.

O que é a Caixa de Pandora?
Segundo o site Wikipedia a Caixa de Pandora é um artefato da mitologia grega, tirada do mito da criação de Pandora, que foi a primeira mulher criada por Zeus. A "caixa" era na verdade um grande jarro dado a Pandora, que continha todos os males do mundo


Então Pandora, com sua curiosidade ,abriu o frasco, todo o seu conteúdo, exceto um item, foi liberado para o mundo. O item remanescente foi a esperança.

Hoje em dia, abrir uma "caixa de Pandora" significa criar um mal que não pode ser desfeito.

NOTICIAS DO RN

Autor & Editor

Somos a Agência de Notícias que há mais de uma década traz as principais Notícias do Rio Grande do Norte, Brasil e Mundo

1 comentários:

  1. Eles trocando acusações e a cidade como é que fica. Um caos

    ResponderExcluir

 
biz.