Top Ad 728x90

31 de janeiro de 2021

MG: Dependente químico é libertado após ser mantido acorrentado

 Um homem, de 32 anos, foi libertado pela Polícia Civil na última sexta-feira (29), após ter sido mantido acorrentado em cárcere privado e ter sofrido maus tratos, por cerca de cinco dias, em um sítio na zona rural de Juiz de Fora, em Minas Gerais.

Segundo a polícia, o homem apresentava lesões por todo o corpo e, após ser encaminhado para o Hospital de Pronto Socorro da cidade, foi constatado que estava com um braço quebrado.

As autoridades chegaram ao local depois de receber uma denúncia. No sítio, dois homens, de 20 e 35 anos, foram presos em flagrante. 

Segundo Rogério Woyame, delegado titular da Delegacia Especializada de Repressão a Roubos, os suspeitos são funcionários do local e têm como responsabilidade cuidar da vítima, além de manter os serviços com a criação de gado e cavalos do local.

Top Ad 728x90