Top Ad 728x90

4 de abril de 2020

Natal:Quatro bairros da zona norte sem água, entenda

Chuvas interferem na substituição de registros na Zona Norte, que afeta quatro bairros 


As equipes de operação da Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) trabalham incansavelmente desde quinta-feira (02), incluindo a madrugada de sexta-feira (03), para substituir dois registros de grande porte que apresentaram vazamento na Zona Norte, cada peça pesa aproximadamente 1 tonelada.

O serviço está provocando o desabastecimento dos bairros de Lagoa Azul, Potengi, Redinha e conjunto Pajuçara. Porém, as fortes chuvas da noite passada atrapalharam a execução do serviço realizado pela Caern.

A previsão de conclusão, que era o último dia (02), passou a para este sábado (04). Porém, após religado o sistema, serão necessárias até 72 horas para que a rede seja totalmente pressurizada para atender a todos os imóveis, ou seja, até terça (07).

O motivo é que os locais onde os registros estão sendo substituídos são profundos e recebem grande volume de água de chuva, que desemboca na rede de drenagem, e também possuem postes de energia elétrica. Ou seja, além de deixar a região úmida e escorregadia, representando um risco para as equipes, tendo que ser feito um escoramento para continuidade do trabalho, também foi necessário acionar a concessionária de energia elétrica para dar suporte no local.

Estes vazamentos inesperados, necessitaram da intervenção urgente, e para isso foram paradas a zona 16 o reservatório – 8, que abastecem os quatro bairros citados. Todos os esforços estão sendo envidados para que o trabalho seja concluído o quanto antes, pois a Companhia entende a importância, mais do que nunca, de manter o abastecimento para todos.

Porém, tecnicamente não há outra alternativa que não seja substituir os registros e evitar novos vazamentos nestes mesmos locais. As equipes estão dedicadas e cientes da importância de solucionar o problema no menor prazo possível.

COMPLEXIDADE

Para se ter uma ideia da complexidade dos registros, são redes de 400 mm e 500 mm, respectivamente, muito pesados e envolvem corte de tubulações de grande diâmetro, a montagem e a instalação desses registros no local do anterior.

“Toda intervenção desse porte é muito complexa. Tecnicamente não dá para acontecer com rapidez, pode levar mais de um dia, principalmente, com a mudança de condições climáticas”, explica o gerente de manutenção de água da região norte, Leonardo Figueiredo. “É fundamental o apoio da população, a equipe está toda comprometida para solucionar”, complementa. Neste sentido, a Caern também tem mantido contato com os líderes comunitários das regiões afetadas, explicando a situação e pedindo o apoio para compreensão da população. 



REDAÇÃO CAERN

0 Comentários:

Postar um comentário

Top Ad 728x90