Cobrança no circular da UFRN poderá gerar protesto

Publicidade:

O circular da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, que transporta alunos e servidores até o campus da instituição, deve deixar de ser operado pelas empresas de transporte coletivo de Natal. O Sindicato das Empresas de Transportes Urbanos de Passageiros (Seturn) afirma estar tendo prejuízo com o serviço e sugere a cobrança de passagem para arcar com as despesas. Caso contrário, o Sindicato pretende deixar com a Prefeitura a responsabilidade do transporte dos universitários.(G1)




O anúncio da possível cobrança no Circular gerou uma grande polêmica entre os estudantes e servidores e pela qual, segundo informações, está sendo organizado um protesto para a quinta-feira contra essa iniciativa.

Os estudantes já haviam sido prejudicados anteriormente devido a algumas mudanças no serviço. Um exemplo é que estaria havendo 25 minutos sem ônibus passar pelo terminal. A linha 66 que ligava UFRN à alguns bairros da Zona Sul também foi afetada.

Esse tema ainda poderá gerar muita polêmica pois o circular transporta, por mês, aproximadamente 200 mil pessoas.

Editor

Autor & Editor

Somos a Agência de Notícias que há mais de uma década traz as principais Notícias do Rio Grande do Norte, Brasil e Mundo

0 comentários:

Postar um comentário

 
biz.