Eike é obrigado a injetar US$ 1 bilhão para tentar salvar empresa


O empresário Eike Batista anunciou nesta sexta-feira (6) que começou a injetar US$ 1 bilhão (cerca de R$ 2,31 bilhões) na petroleira OGX (OGXP3) por meio de subscrição de ações, cumprindo uma promessa feita no ano passado. 

O empresário vai desembolsar US$ 100 milhões imediatamente, e o restante da quantia vai ser usado conforme as necessidades de caixa adicional pela companhia, segundo determinação da administração da empresa.
Esse tipo de garantia é chamado de "put" no mercado.
Pelo acordo, Eike avalia as ações da empresa em R$ 6,30 --mais de 15 vezes o valor de fechamento da ação na véspera. Na quinta, o papel fechou cotado em R$ 0,41.
A diretoria da petrolífera, além de exercer sua opção, informou que pedirá em reunião do conselho a convocação de uma assembleia geral extraordinária para que os acionistas possam decidir sobre o aumento de capital imediato de US$ 100 milhões.

Acordo bilionário foi feito em outubro

Eike concedeu em outubro de 2012 o direito à OGX de exigir a subscrição de ações da companhia até o limite máximo equivalente a US$ 1 bilhão.
Na época, Eike disse que a opção concedida era um sinal de confiança nos ativos da companhia, "bem como nas novas oportunidades que o setor de óleo e gás oferece à OGX".
As empresas do bilionário enfrentam uma séria crise de confiança no mercado e grandes perdas na Bolsa de Valores

Leia a íntegra do comunicado ao mercado:

A OGX Petróleo e Gás Participações S.A. comunica ao mercado que a Diretoria da Companhia, por decisão unânime, exerceu opção em face de seu acionista controlador, Sr. Eike Fuhrken Batista, conforme Instrumento Particular de Outorga de Opção de Subscrição de Ações e Outras Avenças, celebrado em 24 de outubro de 2012 e divulgado ao mercado naquela mesma data, para que venha a subscrever novas ações ordinárias de emissão da Companhia, ao preço de exercício de R$6,30 (seis reais e trinta centavos) por ação, no valor equivalente a US$1.000.000.000,00 (hum bilhão de dólares dos Estados Unidos da América) ("Put" ou "Opção"), com o imediato desembolso de US$100.000.000,00 (cem milhões de dólares dos Estados Unidos da América) e o saldo de forma modulada diante da necessidade de caixa adicional pela Companhia, conforme determinação de sua administração.
A Diretoria proporá uma reunião extraordinária do Conselho de Administração para a convocação de Assembleia Geral destinada a aprovar o imediato aumento de capital social no valor de US$100.000.000,00 (cem milhões de dólares dos Estados Unidos da América).
UOL
(Com Reuters e Valor)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Mortos em Alcaçuz pode superar Manaus

Morte trágica em Macau