Internacional: EUA ordenam saída de funcionários de consulado no Paquistão

ISLAMABAD, 9 Ago (Reuters) - O governo dos Estados Unidos ordenou a retirada de funcionários não essenciais do consulado dos EUA na cidade paquistanesa de Lahore, nesta sexta-feira, devido à ameaça de um ataque, e o Departamento de Estado também alertou cidadãos norte-americanos a não viajarem para Paquistão.

"O Departamento de Estado ordenou esta retirada devido a ameaças específicas relativas ao consulado dos EUA em Lahore", disse um alerta de viagem publicado no site do Departamento de Estado dos EUA, na quinta-feira.
O alerta sobre Lahore, perto da fronteira do Paquistão com a Índia, acontece dois dias depois de Washington ter retirado alguns diplomatas do Iêmen e alertado seus cidadãos a deixarem o país imediatamente.
Os Estados Unidos fecharam quase duas dezenas de missões diplomáticas em todo o Oriente Médio depois de um alerta mundial, em 2 de agosto, avisando norte-americanos que a Al Qaeda poderia estar planejando ataques em agosto, especialmente no Oriente Médio e Norte da África.
O aviso de Lahore observou que "vários grupos terroristas estrangeiros e nativos representam um perigo potencial para cidadãos norte-americanos em todo o Paquistão".
As tensões também aumentaram na região esta semana devido à morte de soldados indianos na Caxemira, uma região disputada entre Índia e Paquistão.
(Por Katharine Houreld, com reportagem adicional de Paul Eckert em Washington)
REUTEURS

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Mortos em Alcaçuz pode superar Manaus

Morte trágica em Macau