Assalto e ameaça de bomba interditam lojas de shopping

Relevante....

Uma ação ousada de um trio de assaltantes levou pânico ao maior shopping da cidade, o Midway Mall, no fim da tarde de ontem. Duas mulheres de aparência bastante jovem e um homem – todos ainda sem identificação – assaltaram uma joalheria localizada no terceiro andar do shopping. O trio deixou uma caixa de sapato contendo artefato parecido com uma bomba. Até o fechamento desta edição, ninguém havia sido preso.
(Júnior Santos) Após o assalto, a Polícia Militar fez buscas pelo shopping
As três pessoas chegaram na loja se passando por clientes e anunciaram o assalto em seguida. Uma delas estava vestida com o uniforme de uma escola pública de Natal. No momento do assalto, apenas uma cliente estava na loja. Ninguém foi ferido. O crime ocorreu por volta das 17h30 e levou pânico aos clientes de outras lojas. 

De acordo com o major Marlon de Gois, a polícia foi comunicada sobre o assalto e, logo em seguida, equipes do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) esteve no local para recolher a caixa de sapato com a suposta bomba. “Segundo informações das testemunhas, a ação foi rápida. O trio chegou e anunciou o assalto ameaçando com a suposta bomba”, disse. Parte do terceiro andar do local foi isolado para retirada do artefato.

O crime será investigado pela Polícia Civil. Apesar de procurado pela reportagem, ninguém da administração do shopping quis comentar sobre o assunto. A loja estava fechada e nenhum funcionário quis falar com a imprensa. Imagens do circuito interno de TV devem ser usadas na investigação do caso.

Não é a primeira vez que bandidos utilizam supostas bombas para assaltar joalherias. No dia 30 de outubro do ano passado, uma ameaça de bomba causou tumulto no Shopping Via Direta. A Polícia Militar foi ao local e detonou o artefato em local isolado. A bomba foi deixada por um casal de criminosos em uma loja do shopping, logo após um assalto.

Naquela ocasião, segundo informações do Bope, um casal assaltou uma joalheria no shopping por volta da 20h30. Eles renderam os funcionários e deixaram uma caixa de sapatos afirmando que nela estava uma bomba, ameaçando os trabalhadores e os clientes da loja de que explodiriam o artefato.

Após os bandidos conseguirem fugir, os funcionários acionaram a Polícia Militar para averiguarem a caixa. Quando uma equipe da PM especializada em artefatos explosivos chegou ao local, a bomba foi retirada de dentro da loja e levada para uma área externa, onde os policiais desarmariam a bomba.

TRIBUNA DO NORTE

Comentários

Popular Posts

Mortos em Alcaçuz pode superar Manaus

Morte trágica em Macau