Governadora prestigia abertura oficial da Casa Cor


Em sua primeira edição no Rio Grande do Norte, foi aberta na noite desta terça-feira (16) a Casa Cor, um dos maiores eventos na área de arquitetura, paisagismo e decoração. O evento acontece na antiga Fábrica SAM’s em Lagoa Nova e se estende até o dia 30 de Novembro, reunindo arte, decoração, paisagismo, turismo e gastronomia, com caráter comercial, cultural e social, direcionado ao público em geral.

“Não é a toa que a Casa Cor Rio Grande do Norte está sendo realizada num espaço tão importante como é este prédio da Fábrica SAM’s”, disse a governadora Rosalba Ciarlini, ao prestigiar a abertura do evento, lembrando da história de uma das mais importantes fábricas do Estado. A Governadora visitou todos os ambientes montados nas dependências da antiga fábrica, criados por talentosos profissionais potiguares.


A governadora Rosalba Ciarlini falou também que o Governo do Estado se solidariza com todas as ações do evento, porque acredita que o desenvolvimento do Rio Grande do Norte depende exclusivamente do talento e da capacidade de trabalho de sua gente. “Aqui na casa cor vamos poder mostrar que o rio RN vive, de fato, um acelerado desenvolvimento econômico e social e está demonstrando um grande potencial para se tornar cada vez maior e melhor”, finalizou a Governadora.

A Governadora foi recepcionada pelos promotores do evento Cesar Revoredo e Nereide Figueiredo. Também estiveram presentes na solenidade oficial de abertura o empresário Eduardo Simas, presidente da Simas S/A e Ângelo Derenze, presidente da Casa Cor.

A Casa Cor também tem um forte trabalho social.  As telas de artistas plásticos potiguares que ficarão expostas durante os 45 dias do evento serão leiloadas, tendo toda a renda revertida para o LEAN - Lar Espírita Alvorada Nova. A Casa Cor também contribuirá com a HATMO-RN. A instituição será alvo de ações junto a empresários locais e o público em geral. Durante a o evento, os visitantes terão a oportunidade de assistir a apresentação do Coral de Crianças e a comercialização dos produtos produzidos pelo Núcleo de Amparo ao Menor (NAM).


Segundo os organizadores do evento, durante os 45 dias de funcionamento da Casa Cor serão oferecidas oportunidades e visibilidade para profissionais e fornecedores, além da geração de 1.500 empregos diretos e indiretos. A estimativa de público é de 30 mil visitantes.

NOTICIAS DO RN

Autor & Editor

Somos a Agência de Notícias que há mais de uma década traz as principais Notícias do Rio Grande do Norte, Brasil e Mundo

0 comentários:

Postar um comentário

 
biz.