Polícia: Dois mortos e um PM ferido em assalto


Uma tentativa de assalto ocorrida ontem, 13, por volta de 11h, em uma loja de roupas localizada na Rua Delfim Moreira, bairro Bom Jardim em Mossoró, terminou com um Policial Militar gravemente ferido e dois adolescentes mortos. Segundo informações de testemunhas, quando os assaltantes perceberam a presença do PM atiraram contra ele, que caiu ferido. Com a morte dos adolescentes, somente na manhã de ontem, em Mossoró, foram registradas três mortes violentas provocadas por arma de fogo. A primeira morte foi registrada nas primeiras horas da manhã na Favela do Velho (ver matéria nesta edição).  

Em seguida, os adolescentes investiram em fuga e a Polícia Militar foi acionada. Em poucos minutos, foi iniciada uma caçada policial envolvendo várias viaturas da PM sob o comando do major Correia Lima, comandante do 2º Batalhão de Polícia Militar (2º BPM). Os adolescentes foram localizados por volta de 11h30 e, ao perceberem a aproximação dos policiais, atiraram contra a polícia. Houve um confronto e os adolescentes foram feridos e socorridos pela própria polícia, mas não resistiram aos ferimentos e morreram antes de dar entrada no Hospital Regional Tarcísio Maia (HRTM).


O policial ferido na ação foi o PM Fredson Medeiros de Souza, 33, casado e pai de uma filha de seis anos. O PM está a sete anos na Polícia Militar de Mossoró. Os adolescentes que morreram no confronto foram Joel Lemos Alves, 15, que residia na Rua Marechal Hermes, bairro Barrocas e Rondney Victor Leal da Fonseca, 15, residente na Rua Melo Franco, bairro Santo Antônio. 

COMO FOI A AÇÃO

De acordo com o relato da vítima (proprietário da loja) e testemunhas, a dupla chegou ao local de bicicleta cada um portando uma arma, depois identificadas pela polícia como dois revólveres de calibres 22 e 38 municiados. Os dois chegaram a anunciar o assalto, porém perceberam a presença do PM Fredson e atiraram contra, fugindo em seguida. As armas utilizadas pelos adolescentes foram recuperadas pela polícia e apresentadas na Delegacia Especializada em Furtos e Roubos (DEFUR), onde o caso foi registrado. 

O PM Fredson permanece internado no Hospital Tarcísio Maia, onde se encontra em recuperação após cirurgia. Segundo informações do pai da vítima, Francisco Sabino de Souza, 60, o estado do filho é estável, porém, ele teve a perda de um rim e o tiro também perfurou o fígado, causando greve hemorragia, que já foi contida. "Meu filho agora está bem, mas ainda não pode receber visitas, mas, se Deus quiser, vai ficar bom", declarou. 

Os corpos dos adolescentes permaneceram no Instituto Técnico-Científico de Polícia (ITEP) de Mossoró até o início da noite de ontem, dependendo de documentação para serem liberados para velório e sepultamento. 

Fonte: Gazeta do Oeste

NOTICIAS DO RN

Autor & Editor

Somos a Agência de Notícias que há mais de uma década traz as principais Notícias do Rio Grande do Norte, Brasil e Mundo

0 comentários:

Postar um comentário

 
biz.