Tomba Farias denuncia crise em adutora

Abrindo o espaço dos oradores inscritos na Sessão Plenária desta quarta (09), o deputado Tomba Farias (PSB) denunciou, em sua fala, a crise por que passa a Adutora Monsenhor Expedito, que leva água a 160 mil potiguares em 22 cidades nas regiões Agreste, Trairi e Potengi. Ele disse ainda que a falta de água impediu a instalação de empresas na cidade de Santa Cruz, uma das maiores por onde passa a adutora, e comprometeu-se a elaborar um Requerimento ao Governo do Estado cobrando à Caern que informe o que está sendo feito para solucionar o problema. Segundo ele, a falta de manutenção da rede hidráulica está causando a escassez de água. 


Sua fala recebeu o apoio dos deputados Poti Junior (PMDB), Vivaldo Costa (PR) e Fernando Mineiro (PT). Este último reforçou o apelo dos deputados para que o governo apresente soluções para o problema da precariedade do abastecimento nas três regiões potiguares. “Queremos evitar um colapso nessas cidades”, advertiu Tomba Farias.

Encerrando a fala do primeiro orador, o parlamentar Getúlio Rego (DEM) prometeu relatar o problema aos órgãos competentes.

NOTICIAS DO RN

Autor & Editor

Somos a Agência de Notícias que há mais de uma década traz as principais Notícias do Rio Grande do Norte, Brasil e Mundo

0 comentários:

Postar um comentário

 
biz.