Enem tem vazamento de informações novamente

A Polícia Federal vai investigar o possível vazamento da prova no Exame Nacional de Ensino Médio (Enem) 2011. Acionada pelo Ministério da Educação, a PF vai apurar o índice de fraude no certame que surgiu após a divulgação de questões aplicadas em um simulado de uma escola de Fortaleza (CE). As perguntas foram divulgadas na internet por um aluno da instituição, e são semelhantes às contidas na prova do Exame.


O MEC estuda a possibilidade de cancelar o teste aplicado aos estudantes do Colégio Christus, de Fortaleza (CE), onde houve o vazamento de informações. Para o professor de Física, Carlos André, do Overdose Colégio e Curso, a questão é muito complicada de ser resolvida. "O certo seria encontrar uma forma de indagar todos os alunos participantes do Enem, sobre o que eles querem que seja feito", disse Carlos André. Para o professor, os estudantes deveriam ser os responsáveis por escolher se o Exame seria completamente anulado, ou se seriam excluídos apenas os concorrentes do Colégio Christus.

Todavia o físico acredita que, do ponto de vista pedagógico, a forma mais adequada de se resolver o problema seria a anulação do Enem 2011, e a aplicação de uma nova prova. "Da mesma maneira que as pessoas do colégio cearense podem ter conseguido o acesso à prova, outros professores de outras instituições também podem tê-lo feito", argumentou o professor.

NOTICIAS DO RN

Autor & Editor

Somos a Agência de Notícias que há mais de uma década traz as principais Notícias do Rio Grande do Norte, Brasil e Mundo

0 comentários:

Postar um comentário

 
biz.