Três corpos são encontrados em mata ao lado de presídio em Manaus

Uma semana após o massacre que deixou 56 mortos no Complexo Penitenciário Anisio Jobim (Compaj), três corpos foram encontrados em uma mata ao lado do presídio, em Manaus. Caso sejam de presos do Compaj – o que ainda não é possível dizer, mas é a principal hipótese do governo -, chegará a 100 o número de mortos em presídios da Região Norte desde o primeiro dia do ano.
Além dos mortos no Compaj, houve quatro mortes na Unidade Prisional de Puraquequara, também no primeiro dia do ano, e outras quatro na Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, na madrugada deste domingo. Na sexta-feira, mais 33 presos foram assassinados na Penitenciária Agrícola de Monte Cristo em Boa Vista, capital de Roraima.
Segundo Jefferson Mendes, diretor-geral de perícia do Instituto Médico Legal (IML) de Manaus, os três corpos encontrados em área ao lado do Compaj estavam sendo resgatados pelos bombeiros nesta tarde de domingo – a localização das vítimas ocorreu por volta das 10h. De acordo com ele, não era possível ainda associar os corpos ao massacre ocorrido no Compaj.
Veja

Comentários

Popular Articles

Mortos em Alcaçuz pode superar Manaus

Morte trágica em Macau