Policial é linchado no Rio Grande do Norte

POLICIAL CIVIL É LINCHADO E OUTRO TEM A ARMA ROUBADA EM CONFUSÃO DE FESTA EM CRUZETA


A festa de padroeiro na cidade de Cruzeta na noite dessa sexta feira, 21 de outubro, foi marcada por uma ocorrência bem atípica àquelas que somos acostumados a narrar aqui. De acordo com o comandante do Destacamento Policial da cidade, Sargento Marcone, um fato registrado nessa madrugada envolve dois policiais civis da cidade de Acari.
O militar contou que inicialmente a PM foi chamada no clube (festa com Pedrinho Pegação) porque perceberam dois homens armados no local, ao abordarem os possíveis suspeitos, os militares perceberam tratar-se de dois policiais civis, que concordaram com a PM em sair da festa para não causar constrangimentos alheios, mas o pior estava por vir.
Publicidade:


Por volta das 4 horas da manhã de hoje, 22, novamente a PM foi acionada, e dessa vez por populares que presenciaram o espancamento de um dos policial civis. Os envolvidos na ocorrência disseram que o policial teria sacado a arma e atirado de forma direcional, foi contido e espancado, sofrendo vários hematomas no corpo e visivelmente no rosto.

O segundo policial civil também se envolveu na ocorrência. Para não ver o amigo morrer espancado, o companheiro sacou a arma (pistola) e disparou para o alto para dispersar os revoltosos, ele conseguiu, mas quando colocou a arma na cintura, um velho conhecido da polícia cruzetense, com larga ficha na polícia, tomou a arma do policial e fugiu.

"Os policiais estavam em um local ermo, fora da nossa visão (PM's de outras cidades davam reforço), por isso não podemos dizer exatamente o que aconteceu lá, mas o policial espancado saiu desacordado, bastante ferido, ainda tivemos que fazer diligências para tentar reaver a arma e prender o acusado que a roubou", disse o Sargento.

Por questão de segurança, o estado de saúde do policial não foi informado e nem para qual unidade de saúde ele foi levado, mas de acordo com testemunhas, a vítima espancada sofreu também um tiro em uma das pernas e um profundo corte na face do rosto. A Polícia Civil vai dar andamento nas investigações.

Até a finalização dessa matéria não nos foi informado se a arma foi localizada com o suspeito que a roubou, apesar que a polícia já tem sua identificação.

Jair Sampaio e Na ficha da Polícia

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Mortos em Alcaçuz pode superar Manaus

Morte trágica em Macau