DIÁRIO POTIGUAR: Prefeito de Espírito Santo RN não paga professores e funcionários há quatro meses

Chico Araújo (Prefeito). Ezequiel Ferreira e Vice-Prefeito 

Uma situação de total descaso. É assim que se define a situação dos funcionários e contratados da Prefeitura de Espírito Santo/RN. Eles estão a praticamente 4 meses sem receber seus salários. 


Os funcionários públicos efetivos e contratados da prefeitura, motoristas, vigias, conselho tutelar, merendeiras e principalmente professores, segundo informações, estão sem receber seus vencimentos há pelo menos uns 4 meses.

Escolas paradas, professores em greve

Imagem: ESO em Foco
A falta de pagamento fez com os funcionários iniciassem uma greve e, em decorrência disso, escolas do município estão praticamente paradas e alunos sendo prejudicados. “A situação é complicada, tenho que alimentar minha família”, lamentou um professor ao Diário Potiguar. 

Um efetivo do quadro de pessoal da prefeitura está enfrentando situações muito difíceis por causa desse atraso. 

Um outro professor contratado nos mostrou, inclusive, o contrato e os extratos comprovando a ausência do pagamento por pelo menos 4 meses.
Prefeito Chico Araújo

A situação é caótica demanda uma resposta rápida por parte do prefeito Chico Araújo.

Resultado de imagem
Santinho da Campanha de 2012
Chico e Fernando
(que é atual candidato a prefeito)
Segundo informações, dezenas de funcionários procuraram a promotoria de justiça em Goianinha-RN para denunciar a falta de pagamento.

Fernando Teixeira (atual vice e candidato à prefeito)

O mais interessante nessa história é que a campanha de Fernando Teixeira, atual vice-prefeito de Espírito Santo/RN, está fluindo e ele evita sempre falar sobre o assunto o que é errado haja visto que a situação não pode continuar da maneira como está e os funcionários precisam de seus pagamentos para saldar seus compromissos e para manutenção de vida e das suas famílias. 


Tentamos entrar em contato com o prefeito Chico Araújo e com a Secretaria de Educação, e até o fechamento dessa matéria, não houve resposta.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Mortos em Alcaçuz pode superar Manaus

Morte trágica em Macau