Som sem Plugs volta a Natal após incursão pela região do Seridó

Som sem Plugs volta a Natal após incursão pela região do Seridó Todo o resultado dessa viagem será divulgado, em breve, no site e nas redes sociais do projeto Após a incursão pela região do Seridó, do dia 19 ao dia 22 de deste mês, a equipe do Som sem Plugs volta a Natal com a 'mala cheia' de musicalidade, artes, cores, paisagens e depoimentos especiais. Durante os quatro dias de viagem a equipe contou com a presença de artistas plásticos, músicos e personagens importantes na disseminação cultural e musical do estado do Rio Grande do Norte.

No primeiro desembarque na cidade de Currais Novos, o Som sem Plugs produziu com o artista plástico Assis Costa, que participa da segunda edição do Som na Tela (onde mostra processo criativo de artistas plásticos e sua relação com a música). No segundo dia, a equipe visitou a Casa de Cultura Popular da cidade, para um bate-papo com o agente de cultura, Francinaldo Moura. A instituição é vinculada a Fundação José Augusto do Governo do Estado e é um polo de promoção cultural na cidade há dez anos. Nas palavras e experiências de Francinaldo, "a cidade é muito bem servida de artistas e é uma das que mais aprova projetos de captação e financiamento cultural". Outro personagem importante da cultura currraisnovense é o artista plástico, João Antônio. Em conversa com o Som sem Plugs, no Centro Avoante de Cultura, espaço construído pelo João durante duas décadas, além de conversar sobre o centro, João também contou sobre sua arte, sua compreensão sobre cultura e sua história de vida. Já em Caicó, o primeiro ponto visitado foi a Casa de Cultural Popular, que 'carrega em suas paredes', histórias e ensinamentos desde o século XIX. No local, o encontro marcado era com a agente de cultura da Casa, Anailza Viola, onde falou das ações desenvolvidas, que envolvem pintura, coral, capoeira, concertos e saraus. Outra agente de cultural da Casa, Dodora Cardoso, que foi uma das primeiras artistas a participar do Som sem Plugs, também fez parte do encontro. No SESC Seridó, a conversa fluiu com o produtor cultural Edvanio Santos. Para encerrar a estadia em Caicó, foi realizada a produção com o músico Marcus Vinícius, no Rancho da Bonita. No último dia da viagem, em retorno a cidade de Currais Novos, o Som sem Plugs gravou com Jubileu Filho e Chico Bethoven, na Pedra do Cruzeiro. Os músicos retornaram a cidade natal, exclusivamente, para participação no projeto. Ficou na curiosidade? Então, para ver os depoimentos na íntegra, conferir as belas imagens e assistir os clipes, fique de olho no site do Som sem Plugs www.somsemplugs.com.br ou nas redes sociais do projeto, onde será divulgado, em breve, todo o resultado dessa viagem a Região do Seridó. 

O Som sem Plugs conta com o patrocínio da Cosern – Grupo Neoenergia através da Fundação José Augusto e a Lei Câmara Cascudo de Incentivo à Cultura do Governo do Estado do Rio Grande do Norte e tem novamente sua logística de transporte realizada pela Locarx Aluguel de Carros. Nos apoios locais: Prefeito José Vilton da Cunha, Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo de Currais Novos e Fundação Cultural José Bezerra Gomes, Restaurante Brilhante, SESC RN, SESC Seridó e Rancho da Bonita.

Veja mais imagens:





Fotos e informações: Assessoria

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Mortos em Alcaçuz pode superar Manaus

Morte trágica em Macau