População Ielmomarinhense realiza manifestação pela permanência do Prefeito Francenilson Alexandre


População ielmomarinhense realiza hoje (23) o manifesto "Deixa o homem trabalhar" contra os vereadores da cidade, que desde a saída do Prefeito Bruno Patriota, tentam de forma incansável cassar também o atual Prefeito Francenilson Alexandre.

            A população critica as falhas e contradições na abertura do processo de impeachment. Situação essa, que mostra nitidamente má fé e uma tentativa de manipulação dos vereadores para ocupar o executivo a todo custo.

Pelas redes sociais, os munícipes combinaram ato de repúdio a partir das 8h em frente à Escola Municipal Jessé Pinto Freire, além disso, publicaram inúmeros dizeres de insatisfação contra as atitudes dos vereadores.

Um dos líderes do movimento, Reginaldo Paiva afirmou que o movimento vem para questionar os vereadores o porquê de tanta obsessão da Câmara Municipal em querer "cassar" a todo custo o atual prefeito. "Depois que tomamos conhecimento do acordo realizado entre os vereadores para benefícios futuros e passamos um pente fino na trajetória política de cada um, descobrimos um histórico de corrupção. É necessário emitir nossa opinião, que vai totalmente contra essa atitude, principalmente pela situação que passa a cidade. Os vereadores simplesmente querem passar por cima da vontade do povo, mas não vão passar. A Câmara Municipal não nos representa", justificou Reginaldo.

Francisco de Assis cobrou responsabilidade da Câmara, tecendo duras críticas. "A cidade está se transformando e a população vem aprovando o trabalho do Prefeito. Muito me admirou os oposicionistas, que sempre fizeram parte do outro governo com vários cargos, com nepotismo, cargos fantasmas e influência direta na gestão, agora criticam a situação, e se unem para conseguir benefício próprio", declarou.

Ainda segundo Francisco de Assis "ao invés desse desespero todo, os vereadores deveriam explicar algumas questões que estão pendentes. Como por exemplo: por que o legislativo 'tão preocupado com o bem estar da população de Ielmo Marinho' levou 3 anos para descobrir todos os erros da administração municipal anterior? Ficaram fazendo o que nesses 3 anos? Será que esqueceram de cumprir seu papel durante esse período e só se deram conta disso agora?", indagou Francisco.

O mais interessante de tudo para Reginaldo Paiva, é que o movimento acontece a menos de um ano das eleições. "O povo irá tomar uma atitude. Basta de corrupção e manipulação! O povo acordou. O que vamos fazer é um ato sem bagunça ou algazarra. Algo, como virar as costas aos vereadores, para que haja uma sensibilização e coerência, em relação à atitude que estão tomando", justificou.

Segue o link do vídeo produzido por uma dos líderes do movimento convocando a população a participar do ato.

Comentários

Popular Posts

Mortos em Alcaçuz pode superar Manaus

Morte trágica em Macau