Polícia Civil prende estrangeiro e brasileiro acusados de aliciarem menores no Fifa Fan Fest

Alexandro Paulo da Silva,  43 anos e o ganês Theophilus Aboagye, 27 anos foram autuados em flagrante pela Polícia Civil, na noite deste domingo (22), durante a Fifa Fan Fest, que acontece em Natal. Os dois são acusados de aliciarem menores de idade no evento.
O brasileiro foi visto fazendo abordagens a mulheres na área da festa e distribuindo o seu cartão dizendo ser protético. Uma das abordagens foi a uma adolescente de 15 anos de idade, a quem ele disse que tinha um trabalho para ela fazer e que ela ganharia quinhentos reais. Um dos rapazes que estava com a vítima acionou a Polícia Civil, que encontrou os dois homens e deu voz de prisão.
Em depoimento uma das vítimas, que estava na companhia da adolescente de 15 anos, contou à polícia que Alexandro as abordou dizendo que era “gay” e que havia conhecido um rapaz de Gana, o qual estava afim de fazer amizades e apontou de longe para o estrangeiro. O brasileiro chegou a oferecer, segundo a vítima, bebida alcoólica e convidou para irem a um forró assim que acabasse o jogo, tendo elas negado o convite.
Os acusados foram conduzidos até a Delegacia Móvel e posteriormente a 2ª DP para lavratura do flagrante. A ação contou com o apoio de policiais da Força Nacional. Eles foram atuados pelo artigo 218-B, do Código Penal brasileiro (“Submeter, induzir ou atrair à prostituição ou outra forma de exploração sexual alguém menor de 18 (dezoito) anos ou que, por enfermidade ou deficiência mental, não tem o necessário discernimento para a prática do ato, facilitá-la, impedir ou dificultar que a abandone - Pena - reclusão, de 4 (quatro) a 10 (dez) anos”)
Na unidade policial, Alexandro negou que estivesse  assediando mulheres na festa para que eles fizessem programas, alegando que apenas estava tentando ser gentil com as mulheres e com o ganês.

Comentários

Popular Articles

Mortos em Alcaçuz pode superar Manaus

Morte trágica em Macau