É Hoje! Jorge e Mateus sobem ao palco da Vila Folia

O sábado (30) será de música sertaneja e muita animação na Vila Folia. A casa será palco do evento "A Hora é Agora Natal" com um time de grandes atrações do cenário da música sertaneja no Brasil. A dupla Jorge e Mateus, o cantor Israel Novaes, a banda Forró Pegado e o paraibano Luan Estilizado são os escalados para subir no palco e garantir a animação da noite. A programação terá início às 17h com a abertura dos portões. Os ingressos estão à venda nas lojas On Line For Men do Via Direta, do Hiper da Prudente e do Norte Shopping e na Central do Carnatal, no Natal Shopping. Mais informações no (84) 3620-5262.

Considerados uma das maiores duplas sertanejas do Brasil, Jorge & Mateus apresentarão em Natal o show da sua nova turnê. No repertório, os grandes sucessos que marcaram a trajetória nesses sete anos de carreira como "Pode Chorar", "De Tanto Te Querer", "Voa Beija Flor", "Querendo Te Amar", "Amo Noite E Dia", e canções do recente trabalho, como "Eu Quero Só Você (Be With You)", "Enquanto Houver Razões" "Duas Metades" além do hit "Flor", música de trabalho que já possui mais de um milhão de acessos no YouTube.

A dupla goiana, responsável por alguns dos sucessos mais animados do sertanejo universitário, promete agitar a capital potiguar. O cantor Israel Novaes, traz para Natal a mistura de sucesso do sertanejo com arrocha. Com uma carreira recente, mas já com visibilidade em todo o país, o cantor promete uma super apresentação para os fãs potiguares. A Vila Folia receberá uma super estrutura para a festa. Além de um enorme palco, o espaço terá pista, área vip e camarote com acesso exclusivo e boate com animação de DJ´s.

Serviço:
Atrações: Jorge e Mateus, Israel Novaes, Forró Pegado e Luan Estilizado
Dia e horário: 30 de novembro (sábado) | 17h
Local: Vila Folia
Vendas: On Line for Men (Via Direta, Hiper Prudente e Norte Shopping) e Central do Carnatal (Natal Shopping).
Informações: (84) 3620-5262.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Mortos em Alcaçuz pode superar Manaus

Morte trágica em Macau