Prefeito solicita autorização à CMN para contrair empréstimo para obras de mobilidade


O prefeito de Natal, Carlos Eduardo, esteve na tarde desta quinta-feira (05), na Câmara Municipal para solicitar aos vereadores a permissão para o poder executivo contrair um empréstimo na ordem de R$ 104 milhões, junto a Caixa Econômica Federal. Esses recursos servirão para o pagamento das contrapartidas municipais relativas às obras de mobilidade urbana para a Copa do Mundo de 2014, e para o financiamento que vai permitir a Prefeitura do Natal aderir ao Programa de Modernização da Administração Tributária e da Gestão dos Setores Sociais (PMAT). Este programa vai permitir o incremento das receitas municipais.
Carlos Eduardo foi conduzido ao plenário da Câmara Municipal pelo presidente da casa, Alberto Dickson. Em seu pronunciamento aos parlamentares natalenses, o chefe do executivo municipal destacou a importância da aprovação desse empréstimo, sob pena das obras de mobilidade da Copa não saírem do papel. Ele lembrou que ao assumir a gestão municipal, Natal estava ameaçada de ser excluída da competição, e foi preciso muito esforço e dedicação da equipe de governo para que isso não ocorresse e os contratos para iniciar as intervenções foram assinados, por meio de liminares obtidas na justiça.

O prefeito enfatizou que das quatro obras de mobilidade da matriz de responsabilidade do município uma já foi iniciada, o Túnel de Drenagem da Arena das Dunas, obra que vai solucionar o problema de 33 pontos de alagamento. A ordem de serviço da obra de padronização de 55 quilômetros de calçadas, construção de 300 abrigos de passageiros de ônibus e plantio de 6.000 árvores, foi assinada, aguardando a expedição das licenças para iniciar. As outras duas obras que prevêem a construção de túneis e pontes, além da instalação de sinalização binária por toda a cidade devem ter as ordens de serviço assinadas nos próximos dias.

O chefe do executivo municipal destacou a importância da Copa do Mundo para a cidade, ressaltando que a escolha da capital potiguar como uma das sedes da competição permitiu a atração desses investimentos, e que o evento vai promover Natal para o mundo. Em um gesto de sensibilidade e para dá mais transparência a esse processo, Carlos Eduardo solicitou que a mesa diretora do legislativo natalense designasse uma comissão de vereadores para participar do Fórum Permanente de Debates sobre as Obras da Copa do Mundo, comandado pela Prefeitura do Natal e que reúne a Caixa Econômica Federal, empresas vencedoras dos certames licitatórios e secretários municipais: "Faço esse convite para que esta casa fiscalizadora participe desse fórum para legitimar ainda mais nossas ações", disse o prefeito.

Carlos Eduardo encerrou a sua explanação agradecendo a recepção dos parlamentares e reforçando a importância da aprovação do empréstimo e determinou que os auxiliares municipais, das secretarias envolvidas nas obras atendam todas as solicitações feitas pelos vereadores: "Deixo a Câmara Municipal com a certeza de que os membros desta casa irão votar a favor do desenvolvimento da cidade, aprovando esse empréstimo", finalizou.

O presidente da Câmara Municipal, Alberto Dickson, disse que a visita do prefeito mostra a disposição do poder executivo municipal de manter aberto o diálogo com os vereadores da cidade, situação que só traz benefícios nesse processo de recuperação, pelo qual Natal está passando. O prefeito solicitou regime de urgência para o projeto que será apreciado pelos parlamentares em 40 dias para posteriormente ir à votação em plenário.

ASSESSORIA

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Mortos em Alcaçuz pode superar Manaus

Morte trágica em Macau