Vaticano e o Relatório Secreto sobre corrupção


Cardeais que participam das reuniões a portas fechadas que antecedem ao conclave querem receber informações sobre um relatório secreto sobre um escândalo de corrupção e disputa de poder no Vaticano, disse uma fonte sênior nesta segunda-feira (4).
Mais de 140 cardeais iniciaram reuniões preliminares para traçar o perfil do futuro papa, depois da surpreendente abdicação de Bento 16 em fevereiro. Todos os cardeais podem participar dessas reuniões, chamadas "congregações gerais", mas só os que têm menos de 80 anos poderão entrar no conclave, que é o processo de escolha do papa.
A fonte, um prelado com mais de 80, disse à Reuters que o relatório foi tema das discussões matinais, mas não deixou claro se o pedido de acesso às informações foi apresentado formalmente, nas conversas informais do café, ou em ambos os momentos.
"Eles querem ser informados sobre o relatório", disse o cardeal, que falou sob anonimato. "Mas é um relatório longuíssimo, e tecnicamente ele é secreto."
REUTERS


NOTICIAS DO RN

Autor & Editor

Somos a Agência de Notícias que há mais de uma década traz as principais Notícias do Rio Grande do Norte, Brasil e Mundo

0 comentários:

Postar um comentário

 
biz.