Sobe para 240 o total de mortos por incêndio em Santa Maria

Morreu neste sábado(02) em Porto Alegre a 240ª vítima do incêndio na boate Kiss, ocorrido em janeiro em Santa Maria (RS).
Pedro Falcão Pinheiro tinha 25 anos e estava internado na capital gaúcha, no Hospital Cristo Redentor, que confirmou a morte ocorrida no final da manhã. Ele era de Santana do Livramento, onde deve ser enterrado.

Na sexta-feira, os dois sócios da boate e dois músicos, que já estavam em prisão temporária, tiveram prisão preventiva decretada. A polícia civil ainda não concluiu o inquérito da tragédia na cidade gaúcha.

O incêndio na boate Kiss começou por volta das 3h de 27 de janeiro quando, segundo a polícia, faíscas de um artefato pirotécnico acionado por um integrante da banda Gurizada Fandangueira, que tocava no local, entraram em contato com o revestimento acústico que estava no teto da casa.

A fumaça da queima do material liberou um gás tóxico que provocou a maioria das 240 mortes por asfixia. Um laudo técnico mostrou, no corpo das vítimas, a presença de cianeto, que teria sido liberado com a queima da espuma.

(Reportagem de Ana Flor)

REUTERS

NOTICIAS DO RN

Autor & Editor

Somos a Agência de Notícias que há mais de uma década traz as principais Notícias do Rio Grande do Norte, Brasil e Mundo

0 comentários:

Postar um comentário

 
biz.