Por causa de Chávez, Brasil terá Luto Oficial de 03 dias

A edição do "Diário Oficial da União" desta quarta-feira (6) publicou decreto de luto oficial de três dias declarado pela presidente Dilma Rousseff por causa da morte do presidente da Venezuela, Hugo Chávez. O luto vai até o próximo sábado (8), período no qual a bandeira nacional deve ser hasteada a meio mastro nas repartições públicas, estabelecimentos de ensino e sindicatos.


Chávez morreu na tarde desta terça-feira (5), aos 58 anos, na capital Caracas, após mais de um ano e meio de luta contra o câncer. A morte ocorreu às 16h25 locais (17h55 de Brasília), segundo o vice-presidente Nicolás Maduro, herdeiro político de Chávez, que fez o anúncio em um pronunciamento ao vivo na TV.

Ainda na noite desta terça, durante evento da Confederação dos Trabalhadores da Agricultura, em Brasília, Dilma lamentou a morte do colega e pediu um minuto de silêncio. Durante o discurso, ela disse que a morte de Chávez "deve encher de tristeza todos os latino-americanos" e que a perda é "irreparável".

"Essa morte deve encher de tristeza todos os latino-americanos e centro-americanos. O presidente Chávez foi, sem dúvida, uma liderança comprometida com o seu país e com o desenvolvimento dos povos da América Latina", afirmou.

Noutro momento, após reconhecer que nem sempre o governo brasileiro concordava com o governo venezuelano, ela disse que Chávez, ela disse que Chávez era um amigo do povo brasileiro. "Hoje, como sempre, nós reconhecemos nele uma grande liderança, uma perda irreparável de, sobretudo, um amigo do Brasil, um amigo do povo brasileiro."

Após o anúncio da morte do venezuelano, Dilma decidiu cancelar a viagem que faria de quinta-feira (7) a sábado (9) para a Argentina, onde teria reuniões bilaterais com a presidente Cristina Kirchner.



G1


NOTICIAS DO RN

Autor & Editor

Somos a Agência de Notícias que há mais de uma década traz as principais Notícias do Rio Grande do Norte, Brasil e Mundo

0 comentários:

Postar um comentário

 
biz.