Fatalidade: No Facebook, torcedores do San Jose chamam corintianos de "assassinos"


Rojão que matou jovem boliviano gerou diversos protestos de bolivianos contra torcedores do Corinthians, que foram à Bolívia Foto: Reuters
Rojão que matou jovem boliviano gerou diversos protestos de bolivianos contra torcedores do Corinthians, que foram à BolíviaFoto: Reuters



A revolta com a morte do jovem torcedor Kevin Douglas Beltran Espada, 14 anos, tomou conta das redes sociais, minutos depois do fim do empate por 1 a 1, entre San Jose e Corinthians, em Oruro, na Bolívia. O garoto teve o olho direito alvejado e, segundo informações da estatal Agencia Boliviana de Información, chegou a perder massa encefálica no ataque. Logo após o jogo, a página oficial do clube boliviano no Facebookpublicou que Saucedo, autor do gol da equipe do San Jose, "mandou condolências à criança que morreu" e que ainda não se sabia quem era o responsável pelo artefato que vitimou o garoto.

A mensagem foi o estopim para os torcedores do San Jose mostrarem sua indignação com o incidente, que chegaram a chamar os brasileiros de "assassinos". A maioria deles pedia que fosse feita justiça e que impeddisem que os torcedores corintianos detidos deixassem a Bolívia, mesmo ainda não sendo confirmado que sejam eles os culpados pela morte de Kevin Douglas.
"Não os deixem sair de Oruro", disse o torcedor KJ Salgueiro. "Não deveríamos deixar que saia nenhum vivo", complementou Gustavo Gotia. "O único culpado é quem lançou o artefato, mas se os detidos não falam quem foi, que pena, que todos então sofram as consequências! Isto não pode sair impune! Não podemos permitir que gente de fora venha a cometer delitos no nosso país e na nossa cidade! Exigimos justiça de verdade", afirmou a torcedora Adri Nava.
Alguns fãs do San Jose se exaltaram um pouco mais na postagem feita pela página oficial do clube no Facebook. O torcedor Juan Marcelo Lafuente chamou os presos de assassinos e relembrou o episódio ocorrido no final do ano, na final da Sul-Americana entre Tigre e São Paulo, em que os jogadores do time argentino abandonaram a partida, acusando seguranças tricolores de agressão. 
"Assassinos brasileiros!!! Poderia acontecer com qualquer um dos que estavam ali, foi algo premeditado...Estes malditos se acham no direito de machucar qualquer um, já aconteceu com os argentinos de Tigre contra o São Paulo. Que eles tenham a punição, as outras torcidas não podem ficar à mercê destes delinquentes...Passemos isso adiante a todos os torcedores das outras equipes que enfrentarem esses brasileiros de merda. Justiça", afirmou Lafuente.
O torcedor Gerson Gomez Chavez questionou como será a Copa do Mundo em solo brasileiro. Para ele, o episódio mostra a violência do torcedor brasileiro. "O próximo Mundial de futebol será no Brasil. Que garantias existem com este tipo de gente? A Fifa deve tomar nota. Assassinos, filhos da p...". 
Houve também quem relatasse acontecimentos de dentro do estádio. Segundo o torcedor Ruben Rios, o socorro demorou a chegar e pode ter prejudicado ainda mais o estado de Kevin Douglas Beltran. "Estava a alguns metros do ocorrido. Demoraram a auxiliá-lo".  Depois da manifestação dos torcedores bolivianos, a página do San José virou um fórum para troca de ofensas entre torcedores corintianos e de equipes rivais, como São Paulo e Palmeiras, que dominaram o perfil do clube boliviano.
TERRA


NOTICIAS DO RN

Autor & Editor

Somos a Agência de Notícias que há mais de uma década traz as principais Notícias do Rio Grande do Norte, Brasil e Mundo

0 comentários:

Postar um comentário

 
biz.