Cão perdido é localizado após 2 anos a 3 mil km de distância nos EUA


Animal foi identificado após 20 meses vivendo a 3 mil km de onde havia fugido
Animal Allies Humane Society/BBC
Um casal da Flórida, no sul dos Estados Unidos, foi surpreendido nesta semana com a notícia de que seu animal de estimação, um cachorro da raça mastim napolitano, foi encontrado no Wisconsin, no norte do país, a quase 3.000 quilômetros de distância, após ficar quase dois anos desaparecido.

O cão Endo, de mais de 50 quilos, foi identificado por uma ONG de proteção aos animais graças a um chip eletrônico instalado embaixo de sua pele. Os donos de Endo já o davam como morto havia muito tempo.

Os funcionários da organização Animal Allies Humane Society na cidade de Superior, no Wisconsin, se disseram surpresos ao descobrir o histórico do cachorro.

Os donos do animal, Denise e Tom Hartzog, da cidade de Cape Coral, na Flórida, tinham obtido o cachorro no final de 2010, após responder a um anúncio de uma família do Kentucky, no centro-leste do país, oferecendo um animal de graça.

UOL

NOTICIAS DO RN

Autor & Editor

Somos a Agência de Notícias que há mais de uma década traz as principais Notícias do Rio Grande do Norte, Brasil e Mundo

0 comentários:

Postar um comentário

 
biz.