Dupla invade casa e obriga dono a sacar R$ 50 mil na Zona Sul

Por volta das 7h da manhã desta segunda-feira (15), dois jovens invadiram uma residência no bairro Capim Macio, Zona Sul de Natal, para realizar um assalto. A dupla rendeu a esposa, sogra e dois caseiros do dono da casa e exigiu que ele fosse ao banco para fazer um saque no valor de R$ 50 mil, ameaçando matar a todos caso ele acionasse a polícia. Mesmo assim a vítima acionou o comando, que fez o cerco do local. Segundo informações do Tenente Egnefran Almeida, do 5º Batalhão, que coordenou a operação, o assalto foi realizado por dois menores de 17 e 15 anos.

Após chegar ao local, o tenente conta que interfonou para a residência e quem atendeu foi uma senhora. “Ela disse que estava tudo bem, mas nós notamos que ela estava com uma alteração na voz e pedimos que ela saísse. Ela se aproximou do portão, e a gente solicitou novamente que ela saísse. Enquanto isso, mandei um dos policiais tentar entrar na casa e, quando ele tentou entrar pelo muro, percebeu os dois lá dentro”, explicou.


Após quase 20 minutos tentando uma negociação, os dois menores pegaram o carro da vítima, um Celta preto, colocaram a esposa como refém no banco do passageiro, arrombaram o portão e saíram em disparada atirando contra as viaturas. “Nisso a gente foi acompanhando e conseguimos efetuar um disparo num dos pneus do carro. Eles saíram caminhando e nós o capturamos”.


Egnefran conta que após saírem da casa, o carro com os menores cruzou com uma Saveiro, de cor preta, dirigida por um jornalista potiguar. “Eles meio que foram surpreendidos e fecharam o carro, aí um dos assaltantes atirou contra o veículo deles”, contou. Segundo o tenente, um dos jovens estava com uma pistola com capacidade para 20 disparos, e usou 19 deles.

Além da arma, foram apreendidos cinco celulares, dois relógios, um par de brincos e R$ 15, além do veículo da vítima. O menor que estava com a pistola chegou a ser atingido com um disparo na perna durante o confronto com a polícia. Ele foi encaminhado para o Pronto-Socorro Clóvis Sarinho e, após o atendimento, encaminhado com o colega para a Delegacia Especializada no Atendimento ao Menor Infrator (DEA).


Por Larissa Moura  - DN On line 
 

NOTICIAS DO RN

Autor & Editor

Somos a Agência de Notícias que há mais de uma década traz as principais Notícias do Rio Grande do Norte, Brasil e Mundo

0 comentários:

Postar um comentário

 
biz.