Patu: Oposição está preparando estratégia para vencer as eleições

Notícia de bastidores dão conta de que o grupo da oposição em Patu, liderado pelos ex-prefeitos Possidônio Queiroga e Lair Solano Vale, que lançaram respectivamente a irmã, Remédios, e a esposa, Magnólia Solano, estão preparando uma estratégia para vencer as eleições deste ano.
Magnólia Solano e Dr. Lair Vale (imagem: Divulgação)


Ao que se escuta é que Lair estaria mais interessado em 2016, devido à dificuldade de enfrentar a atual prefeita da cidade, Evilásia Gildênia, que está com uma aprovação de quase 80% da sua administração, no entanto, as últimas informações dão conta de que o grupo está enxergando a possibilidade de vencer ainda este ano, o que desarticularia o grupo de Gildênia.

Processos e prisão de Popó ainda são empecilho

Apesar de terem a possibilidade de vitória ainda este ano, o grande empecilho para o êxito do grupo da oposição são os processos na justiça e a mancha negativa da prisão de Popó  pela Polícia Federal onde é acusado de desvio de verbas públicas.

Entenda o caso

O principal opositor da prefeita Evilásia, o ex-prefeito e contador, Possidônio Queiroga, que tinha como vice há época(2000) Magnólia Solano, foi preso pela Polícia Federal em 2010 na operação denominada "Deus dos Mares" em uma alusão ao Deus Poseidon. Ele era acusado de desvio de verbas públicas através de um convênio firmado em dezembro de 2007, entre o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação-FNDE e o município de Patu e que visava a construção de uma creche pré-escolar para atendimento de até 112 crianças em tempo integral, ou de 224 crianças em funcionamento de dois turnos. O montante repassado pela União na época foi de R$ 700 mil reais.que foi impedido de disputar a eleição.

NOTICIAS DO RN

Autor & Editor

Somos a Agência de Notícias que há mais de uma década traz as principais Notícias do Rio Grande do Norte, Brasil e Mundo

0 comentários:

Postar um comentário

 
biz.