Vidraças do STF são quebradas após passagem de aviões da FAB

Imagem: Divulgação
Um fato bastante inusitado aconteceu neste domingo(1º). Dois caças Mirage da Força Aérea Brasileira (FAB) passaram em um voo rasante próximo ao prédio do Superior Tribunal Federal (STF) e tudo indica que foi responsável pela quebra de muitas vidraças.

O Centro de Comunicação  Social da Aeronáutica informou, em nota, que já iniciou a apuração das causas da quebra das vidraças do prédio do Supremo Tribunal Federal (STF) depois do voo rasante de dois caças mirage da Força Aérea Brasileira (FAB). Segundo a Aeronáutica, no momento da passagem das aeronaves houve uma "onda de choque", e os danos serão ressarcidos. As aeronaves faziam demonstrações durante a troca da Bandeira Nacional, na manhã de hoje (1º).
O prédio do STF teve cerca de 40 janelas quebradas (17 só na parte da frente) e, quando o caça passou sobre o prédio, foi ouvido um estrondo. O outro mirage fez voo no sentido da Esplanada dos Ministérios.
De acordo com informações da Agência Brasil, na tarde de hoje, brigadistas que trabalham na sede do STF faziam a retirada de restos dos vidros das janelas que quebraram. O prédio está isolado, mas como o STF está em recesso não ocorrem as visitas do público ao Supremo.

NOTICIAS DO RN

Autor & Editor

Somos a Agência de Notícias que há mais de uma década traz as principais Notícias do Rio Grande do Norte, Brasil e Mundo

0 comentários:

Postar um comentário

 
biz.