Buracos de Parnamirim: “São muitos os buracos no meio do caminho”

Imagem: Divulgação
Imagens enviadas por um leitor do Notícias do RN com verdadeiras crateras abertas em Nova Parnamirim trouxeram a tona uma situação que é preocupante e frequente na cidade, os Buracos.

Quem imagina que apenas Natal enfrenta uma situação de precariedade nas principais ruas, como foi veiculado pelo Jornal Tribuna do Norte em “São muitos buracos no meio do caminho” está enganado. Isso não é apenas “privilégio” da capital.

Para se ter uma ideia o leitor registrou diversos buracos que oferecem risco aos motoristas e aos pedestres pois são necessárias várias manobras para desviar dos “vulcões” abertos.
Prefeitura de Parnamirim não faz recuperação de Malha viária

O leitor havia informado há algum tempo e as imagens enviadas, há época, eram antigas, porém, a pedido do Notícias do RN, elas foram tiradas novamente. O nosso intuito era prever o tempo necessário para que a prefeitura, por si só, descobrisse e resolvesse a questão dos buracos. Esse plano de deixar o serviço a cargo da Prefeitura de Parnamirim não deu certo e durante pelo menos 3 meses os buracos continuam aumentando e não são tapados.

Buraco na Av. Ayrton Senna
Na Av. Ayrton Senna, na altura do Colégio Salesiano, bem no cruzamento com a nova avenida asfaltada Anibal Brandão, existe um buraco que já tem até apelido e está trazendo diversos transtornos aos motoristas, oferecendo riscos aos pedestres e estudantes. O que acontece é que o buraco fica no cruzamento e os motoristas que estão na Av. Ayrton Senna, levam um verdadeiro susto ao tentar entrar na rua do Salesiano, a Anibal Brandão. Muitos deles, ao tentar desviar, acabam quase colidindo com os carros da outra faixa e a maioria literalmente, para evitar a colisão, caem no buraco.

Outra verdadeira cratera está localizada na Avenida Maria Lacerda Montenegro, no cruzamento com a rua Carmindo Quadros e que causa transtornos pois os motoristas precisam invadir a outra faixa para conseguir desviar. Recentemente foi colocado um pneu de caminhão para alertar os motoristas sobre a presença do grande buraco. Um proprietário de estabelecimento da região identificado por quinho, informou ao Notícias do RN que são constantes os acidentes no local devido ao buraco e principalmente muitos carros, ao cairem na cratera, "furam os pneus e ficam no prego", completou. 

Havia um buraco no meio do caminho

Buraco na Av. Ayrton Senna com Anibal Brandão
Conforme foi veiculado na matéria da TN, a buraqueira tem reduzido de seis para três meses  o intervalo entre as revisões dos veículos e alterado a rotina em oficinas e borracharias da cidade, que segundo os proprietários, tem um incremento de 30% no movimento. "Clientes que antes vinham aqui fazer a revisão semestral tem que aumentar  os cuidados devido os problemas causados", diz o mecânico e dono de oficina de balanceamento e alinhamento Tayrone Barreto. Os principais problemas são amortecedores e sistema de suspensão danificados, bandeja e rodas empenadas e pneus furados. 

O Buraco que sai caro.

A revisão de um carro em Natal varia de R$ 200 a R$ 400, dependendo do modelo. E assegura maior desempenho do veículo. "Por isso a necessidade de reforçar esse cuidado com a cidade neste estado", analisa o mecânico Gilson Olivera, de uma oficina na avenida Leão Veloso (antiga Av. 5), em Natal, que orienta: reduzir a velocidade, evitar ingestão de álcool e redobrar a atenção pode minimizar as despesas com oficina.

O perigo dos Buracos


Já foi mencionado o grande perigo dos buracos em ocasionar acidentes envolvendo carros, porém, o mais grave é que os ciclistas, pedestres e estudantes não estão ausentes da lista de possíveis vítimas dos buracos de Parnamirim. Qualquer mudança de rota de um veículo, ao tentar desviar das “crateras”, pode ocasionar um acidente mais grave, mediante a perda de controle do carro, atingindo um pedestre ou ciclista ou, pior ainda, acertar em cheio uma criança.


Temos que evitar os buracos em Parnamirim, mas como?

Ainda de acordo com a matéria da TN, os especialistas em conserto são unânimes: "para evitar ou reduzir prejuízos só não caindo nos buracos". Mas eis uma pergunta que não quer calar: Como podemos evitar um buraco que é praticamente inevitável?

Buraco sem jeito

Ao contrário de capital, ao que se vê, o município de Parnamirim não tem nenhuma operação, mesmo que precária, de tapa buracos.


Dessa forma utilizamos esse espaço jornalístico para reivindicar da prefeitura uma operação de tapa buracos que consiga resolver o problema dos moradores e evitar, assim, mais acidentes e transtornos.

NOTICIAS DO RN

Autor & Editor

Somos a Agência de Notícias que há mais de uma década traz as principais Notícias do Rio Grande do Norte, Brasil e Mundo

0 comentários:

Postar um comentário

 
biz.