Pinterest

Advertise

Notícias do RN

Editoria
, Unlabelled

Procurador do Trabalho pede prisão do presidente do Sintro

O procurador regional do Trabalho, José Diniz de Morais vai solicitar ao desembargador José do Rêgo Júnior, vice-presidente do Tribunal Regional do Trabalho que determine o retorno imediato dos rodoviários ao trabalho, aumente de R$ 25mil para R$ 50 mil o valor da multa diária aplicada ao Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários no Estado do Rio Grande do Norte (Sintro/RN) e a decretação da prisão do presidente do Sindicato, Nastagnam Batista, em caso de descumprimento. 


A multa é pelo descumprimento da liminar que determinou que seja colocada em circulação 70% da frota nos horários de pico. O vice-presidente do TRT determinou na tarde desta terça-feira (16), o bloqueio das contas do sindicato dos motoristas para o pagamento das multas. 

As medidas foram anunciadas durante reunião de conciliação realizada a partir do final da tarde de hoje, 15, na Procuradoria Regional do Trabalho (PRT), com o procurador Regional do Trabalho, José Diniz de Morais, entre presidente do Seturn, Agnelo Cândido, presidente do Setrans, Eudo Laranjeiras, o presidente do Sintro, Nastagnam Batista e a presença, como mediadores, do secretário municipal de Mobilidade Urbana, Márcio Sá, procurador do Município Substituto, Geraldo Lopes. 

O procurador do Trabalho defendeu reajuste de 6% que foi aceita pelos empresários, mas não foi acatada pelos rodoviários, que pleiteiam reajuste de acima de 8%. O reajuste acima de 8%, na opinião dos empresários só seria possível com o reajuste das tarifas dos transportes coletivos.

Até as 21h00, a reunião ainda prosseguia na sede da Procuradoria Regional do Trabalho.


Com informações da Assessoria de Imprensa

NOTICIAS DO RN

Somos a Agência de Notícias que há mais de uma década traz as principais Notícias do Rio Grande do Norte, Brasil e Mundo.

Nenhum comentário:

Deixe o seu comentário

Arquivo de Notícias