Secretaria de Segurança irá investigar de onde partiu denúncia contra delegados


A SESED emitiu nota sobre a matéria da Tribuna do Norte denunciando supostos crimes de delegados do RN.

Veja a Nota de Esclarecimento:

NOTA

A Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social do Rio Grande do Norte (Sesed), diante de matéria publicada pelo jornal Tribuna do Norte, neste domingo, intitulada "Polícia Civil na mira de investigação", esclarece à sociedade:

1) a denúncia foi feita de forma criminosa, pois o "denunciante" identificou-se como sendo Sinpol, e o próprio Sindicato dos Policiais Civis do RN já declarou não ter sido autor do relato que aponta o suposto envolvimento de servidores públicos com irregularidades;
2) mudanças que ocorreram, no ano passado, em cargos na Delegacia Geral de Polícia Civil (Degepol), podem ter desagrado algumas pessoas, que teriam ficado chateadas, passando a promover tais "denúncias", com o intuito de causar tumulto na instituição;

3) o subsecretário da Sesed, delegado de Polícia Federal aposentado Airton de Sá Ferraz, citado equivocadamente na reportagem como
secretário-adjunto, não tem nenhuma sobrinha morando em Natal;

4) a origem do documento será investigada;

5) o caso está sendo investigado por meio de processo administrativo e de inquérito policial e, caso seja comprovada alguma prática ilegal
por parte de servidores, que terão assegurado o amplo direito de defesa, esses serão penalizados, de acordo com a legislação em vigor.

A Sesed reforça seu compromisso de continuar trabalhando em prol dos potiguares, sempre respeitando o direito dos cidadãos e combatendo a criminalidade.


ALDAIR DA ROCHA
Secretário de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social

NOTICIAS DO RN

Autor & Editor

Somos a Agência de Notícias que há mais de uma década traz as principais Notícias do Rio Grande do Norte, Brasil e Mundo

0 comentários:

Postar um comentário

 
biz.