"Deus dos Mares": Ex-prefeito Popó não poderá ser candidato por ter "ficha suja"



O sonho acabou. O ex-prefeito do município de Patu (Oeste potiguar), Possidônio Queiroga, não poderá se candidatar a prefeito nas eleições de 2012. Ele foi pego pela decisão do TSF sobre a "Lei da Ficha Limpa".


De acordo com decisão do Supremo Federal, a "Ficha Limpa" é constitucional e valerá já nas eleições deste ano. Dessa forma, políticos condenados em órgãos colegiados não poderão se candidatar este ano.


É o caso de Popó Queiroga, que no ano de 2010 foi condenado pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE-RN) sob acusação de "despesas não comprovadas", ou seja, desvio de verbas públicas. 


Ainda em novembro de 2010, Possidônio Queiroga foi preso pela Polícia Federal por reter documentos da aplicação de R$ 700 mil do FNDE.


O ex-prefeito é acusado de ter desviado o dinheiro, já que há evidências de irregularidades na apliacão dos recursos, através da contratação de uma empresa "fantasma" para execução do serviço, a construtora Construções e Serviços de Limpeza Oliveira Ltda.


Detalhe: A operação que recebeu o nome "Deus dos Mares", segundo o delegado, em alusão à origem grega do nome do investigado, Possidônio, que na mitologia grega é conhecido como o deus supremo do mar.
Nota do Blog: Uma fonte ligada ao blog revelou que o ex-prefeito também não apoiará a candidatura do bancário Atimar Godeiro - PT, que recentemente declarou sua saída do grupo do Secretário Municipal de Saúde Ednardo Moura. 
Por Gutemberg Moura - Blog    

NOTICIAS DO RN

Autor & Editor

Somos a Agência de Notícias que há mais de uma década traz as principais Notícias do Rio Grande do Norte, Brasil e Mundo

0 comentários:

Postar um comentário

 
biz.