Setur assina contrato para elaboração do projeto executivo do Complexo Turístico do Cajueiro de Pirangi

Hoje o secretario de Turismo do Rio Grande do Norte e presidente da Emprotur, Ramzi Elali, reuniu representantes da empresa Cunha Lanfermann Engenharia e Urbanismo e a equipe da Setur, responsável pelo Prodetur, para assinar a ordem inicial de serviços para elaboração de estudos de concepção, projetos básico e executivo de engenharia do Complexo Turístico do Cajueiro de Pirangi, em Parnamirim.



       Os recursos para elaboração do projeto são da ordem de R$ 275.441,60 oriundos do Prodetur Nacional e o prazo para execução dos trabalhos será de seis meses. "Os investimentos para elaboração deste projeto são do Ministério de Turismo com uma contrapartida estadual. Após sua implantação, o Cajueiro de Parnamirim poderá crescer 30% da sua área atual em direção de onde hoje se encontram as lojas. Uma vez que estas lojas serão construídas na parte superior da copa da árvore, de acordo com o projeto", explicou a subsecretária de turismo do RN, Sânzia Cavalcanti.

       O projeto propõe a criação de um conjunto arquitetônico aéreo, elevado a 10,50 metros do nível do solo construído em madeira de reflorestamento, constituído por módulos apoiados em torres interligadas por passarelas, que definem um percurso sobre a copa do Cajueiro criando um grande mirante que irá possibilitar ao visitante admirar todo o Complexo e o seu entorno.

O diretor da Cunha Lanfermann, Marcelo Figueiredo, juntamente com sua equipe e arquitetos da Setur, já realizaram hoje a tarde uma visita técnica ao local. A visita também teve a participação da Amopin.

O maior cajueiro do mundo está localizado à 25 km de Natal, rumo ao litoral sul na rota do sol (RN 063), na praia de Pirangi, Município de Parnamirim. Foi plantado em 1888 pelo pescador Luiz Inácio de Oliveira. O Cajueiro atualmente ocupa uma área de 8.500 m², correspondente à superfície de mais de 70 árvores de porte normal, podendo dar aproximadamente 80.000 frutos entre os meses de novembro e janeiro. Ele é visitado diariamente por turistas do mundo inteiro. A construção do Complexo Turístico do Cajueiro de Pirangi é necessária para promover o uso turístico sustentável deste importante espécime.

Com informações da Assessoria de Imprensa

NOTICIAS DO RN

Autor & Editor

Somos a Agência de Notícias que há mais de uma década traz as principais Notícias do Rio Grande do Norte, Brasil e Mundo

0 comentários:

Postar um comentário

 
biz.