Portal do Jiqui: Ministério Público não responde à Imprensa

O Notícias do RN informa aos seus leitores que tentou quatro vezes entrar em contato com o Ministério Público e, inclusive, ligando para a assessoria de imprensa, para obter uma resposta sobre a denúncia realizada pelos moradores do Portal do Jiqui II, em Nova Parnamirim, sobre o não calçamento da pequena comunidade que está esquecida pelo poder público municipal.

Entramos em contato duas vezes com o MP de Natal, e mais duas em Parnamirim, porém, todas as vezes fomos informados que entrariam em contato conosco para esclarecer a denúncia do morador, porém, até o presente momento não recebemos nenhuma comunicação.


Vale salientar que a Assessoria de Imprensa, em Natal, nos atendeu muito bem e a impressão dada era que certamente retornariam, porém, mesmo com esse bom tratamento não recebemos nenhuma comunicação por email, nem por telefone.

Entenda o Caso

http://arquivos.tribunadonorte.com.br/fotos/86720.jpgA operação de Combate às drogas realizada no dia 06 de dezembro pela Polícia Militar e Civil que prendeu 4 pessoas na comunidade do Portal do Jiqui II, conhecida como “Toca da Raposa”, alavancou uma série de questionamentos sobre a atual situação da pequena área que é considerada como a “ferida” de Nova Parnamirim.
A Toca da Raposa é uma comunidade que ficou sufocada pelo desenvolvimento do bairro logo que as grandes empresas começaram a investir na construção de imóveis de alto e médio padrão.
Uma moradora relata que conversou com um funcionário da prefeitura e o mesmo disse que o motivo de não ter calçamento era o fato de que havia muitas casas de posse na região, porém, o Notícias do RN apurou algumas informações que comprovam que até a penúltima rua da toca da raposa, a rua Pedro Gomes, há imóveis legalizados e registrados para pagamento de IPTU. Existe uma lei municipal onde aduz que 30% do arrecadado pelo imposto devem ser revertidos em benefício para o bairro.
http://3.bp.blogspot.com/-lC_zQKGO0Oc/TcV49u93ipI/AAAAAAAAAoM/SzN8BUrEMLo/s1600/P5070018.JPG

Um morador identificado por Antônio também falou ao Notícias do RN que o presidente da Associação de moradores procurou o prefeito, porém, segundo informações, foi atendido por um assessor que afirmou que as obras de calçamento e drenagem da região não saiam do papel por causa do Ministério Público que “não deixa”. Na mesma ocasião houve um questionamento sobre essa afirmação, porém o assessor não entrou em detalhes.

Para os moradores esse é mais um jogo de empurra que a prefeitura está fazendo com o MP pois o MP não dá informações, não acata as denúncias, não convoca e nem, ao que parece, analisa as reivindicações.

NOTICIAS DO RN

Autor & Editor

Somos a Agência de Notícias que há mais de uma década traz as principais Notícias do Rio Grande do Norte, Brasil e Mundo

2 comentários:

  1. UM DESCASO. Me diga quando é que o MP responde? nunca mesmo. Estranho é o MP ser rápido para umas coisas e TOTALMENTE lento para outras.

    Sou morador do Portal do Jiqui e pago em dia meus tributos e QUERO MELHORIAS PARA O BAIRRO. AQUI NÃO É FAVELA MAS ESTAMOS SENDO TRATADOS COMO TAL.

    CARLOS

    ResponderExcluir
  2. Junto-me ao coro que clama por mudanças nessa comunidade. Infelizmente assim como os nobres colegas do Notícias do RN tentei entrar em contato com o MP mas não obtive êxito na resposta. Eles fizeram a mesma coisa. pegaram meu telefone e disseram que iriam passar para a procuradora e depois retornar, porém, nada até agora.

    ResponderExcluir

 
biz.